BUSCA PELA CATEGORIA "BAHIA"

  • Governo da Bahia prepara decreto de emergência para municípios atingidos por manchas de óleo

    Um Decreto Estadual de Emergência será assinado na próxima segunda-feira (14) pelo Governo da Bahia para liberação de recursos para os municípios atingidos por manchas de óleo no litoral. A informação foi dada neste sábado (12) pelo governador da Bahia em exercício, João Leão, durante a primeira reunião do Comando Unificado de Incidentes, na sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em Salvador.

    O Comando esclarece para a sociedade que a suspeita da mancha de óleo de 21km quadrados, que estaria a 100km da costa de Alagoas, não foi confirmada, a partir do monitoramento aéreo realizado no sobrevoo pelas equipes do Petrobras, tão pouco pelas imagens de satélites do Ibama.

    Ficou definido pelo Comando, que o Ibama e Instituto do Meio Ambiente E Recursos Hídricos (Inema), irão elaborar um documento de orientação de limpeza de praia, que será disponibilizado para as prefeituras afetadas, incluindo informações importantes para destinação correta dos resíduos coletados.







  • Bahia: Cresce exportação de cargas em aeroporto regional no último trimestre

    A Bahia é o segundo maior exportador de lagosta do nordeste brasileiro, atrás apenas do Ceará. Na região da Costa do Descobrimento, o aeroporto de Porto Seguro, sob responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), vem contribuindo para o transporte internacional do produto para destinos como os Estados Unidos e a China. No último mês de setembro, mais uma empresa aérea passou a realizar a exportação de lagostas vivas saindo do extremo sul baiano.

    O território baiano exportou 745 toneladas do fruto do mar em 2017, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Em Porto Seguro, a exportação do produto foi iniciada em dezembro do ano passado, com três operações no mês. Em 2019, a média de movimentações de carga passou para 12 mensais.







  • Carreta carregada com ácido sulfúrico pega fogo na BR-101 e motorista escapa ileso

    Foto: Reprodução

    Um motorista escapou ileso após uma carreta que transportava carga de ácido sulfúrico pegar fogo na BR-101, altura de Eunápolis, cidade do sul da Bahia, na noite de quinta-feira (10).

    Ainda conforme a PRF, o caso ocorreu no Km-728, por volta das 22h. Ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do acidente. Após perceber o início das chamas, o motorista tentou apagar o fogo, mas por causa do tamanho do incêndio, precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros de Porto Seguro. A cabine do veículo ficou totalmente destruída.







  • Manchas de óleo chegam a Capital e número de cidades atingidas sobe para 8 na Bahia

    As manchas de óleo que atingem o Nordeste do Brasil desde setembro chegaram à praia de Piatã, em Salvador. A informação foi confirmada pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão ligado ao governo do estado. Com isso, o número de cidades baianas atingidas subiu para oito. As demais são Lauro de Freitas, Camaçari, Mata de São João, Entre Rios, Esplanada, Conde e Jandaíra. (G1 BA)







  • Polícia Civil investiga ligação de ataques com grupo que convocou greve

    Foto: Reprodução

    A Polícia Civil já iniciou as investigações sobre ataques a estabelecimentos comerciais cometidos horas após um grupo anunciar paralisação. Indícios apontam que as ações foram coordenadas para gerar sensação de insegurança. Já foram solicitadas perícias nas munições encontradas, imagens de câmeras da SSP e de segurança privadas.

    Equipes dos departamentos de Polícia Metropolitana (Depom) e de Inteligência Policial (DIP) também buscam testemunhas das ações de vandalismo.
    "Não temos ocorrências desta natureza e, esta coincidência com os acontecimentos, logo depois do anúncio de greve, é determinante para o início das apurações", explicou o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito. (Secom)

     







  • Operação da PF contra fraudes no INSS cumpre mandados de prisão e busca e apreensão na Bahia

    Três mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Federal (PF) em Salvador e Camaçari, na região metropolitana, além de Aracaju (SE), na manhã desta quarta-feira (9). A operação é para desarticular uma quadrilha especializada em fraudes contra o INSS.

    A estimativa da PF é de que as fraudes tenham gerado prejuízo de mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos. A Polícia Federal detalhou que foram constatados pelo menos 140 benefícios fraudados. O número pode aumentar à medida que as investigações avancem.



  • Mais de 30 pessoas tentam furtar lojas em Cosme de Farias e são detidas pela PM

    Trinta e uma pessoas foram detidas, na noite de terça-feira (8), após tentativa de furto contra duas lojas em Salvador. 

    O flagrante aconteceu após acionamento via 190 e as chegadas de equipes da 58ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Cosme de Farias) e das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico. Os militares faziam ações de rotina, em Cosme de Farias, quando foram acionados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom). No final de linha do bairro encontraram o grupo de 31 pessoas tentando furtar produtos de duas lojas.

    Os criminosos (homens e mulheres), que alegaram serem moradores do bairro, acabaram cercados e detidos. O grupo foi apresentado na Central de Flagrantes para adoção das medidas cabíveis.(BahiaNotícias)



  • Pescadores apostam em nova moeda para aumentar a renda no sul da Bahia

    A cidade de Canavieiras, no litoral sul da Bahia, terá mais uma moeda circulando no comércio local, além do real, a partir de 2020: é a moex, uma moeda criada por pescadores e marisqueiros que vivem na Reserva Extrativista (Resex) de Canavieiras - uma unidade de conservação federal - e que promete gerar mais renda.

    A moex segue o modelo de moedas sociais que existem no Brasil desde a criação do Banco Palmas (no Ceará, em 1998), pioneiro no sistema de bancos comunitários no país e autorizado pelo Banco Central do Brasil (BC). Em Canavieiras, a instituição financeira responsável pela moex, cujo valor é equiparado ao do real, é o Bamex, que também tem autorização do BC. (Correio)







  • Sefaz apreende caminhão com etanol irregular

    Um novo caminhão-tanque foi apreendido pela Operação Na Trilha do Álcool por transportar 15 mil litros de etanol irregular. A apreensão ocorreu na BA-093, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), no último fim de semana, e soma-se a outras duas ocorridas na semana passada na BR-242, perto da divisa com Goiás. Ao todo, já são 99 mil litros de etanol apreendidos pela operação nas rodovias baianas. 

    A operação tem como objetivo reforçar o controle do fisco estadual sobre a entrada do produto no território baiano. Desta vez, os fiscais da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), com apoio da Polícia Militar, constataram fraudes tanto na mercadoria quanto nos lacres obrigatórios encontrados no caminhão: ambos divergiam do que estava descrito na nota fiscal. De acordo com a nota, o caminhão estaria carregado com dez mil litros de gasolina aditivada e cinco mil de etanol. Os lacres falsos, por outro lado, evidenciam a procedência duvidosa de toda a carga de etanol. 

    A Sefaz-BA analisa ainda se a nota fiscal foi reutilizada, o que também configura fraude. O motorista foi conduzido à delegacia de Simões Filho, onde foi ouvido para apuração no âmbito criminal. O etanol apreendido ficará sob a guarda de fiel depositário até a conclusão das investigações. (Secom)



  • Comerciante é morta após ser esfaqueada dentro de casa em Feira de Santana

    Foto: Reprodução

    Depois de ser esfaqueada em casa, na cidade de Feira de Santana, uma comerciante de 41 anos morreu, na quarta-feira (2). Segundo Roberto Leal, coordenador de polícia da cidade, os criminosos roubaram uma quantia de dinheiro antes de fugir do local.

    O crime ocorreu na Rua Caixa D'Água, que fica no distrito Governador João Durval, por volta de 12h. Juciene de Oliveira Santos Mascarenhas estava sozinha dentro de casa. Não há informações sobre autoria.

    O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios de Feira de Santana.



  • Anagé: Polícia cumpre mandados de prisão, busca e apreensão

    Nesta sexta-feira (04) equipes do DRACO, 10ª. Coorpin/VC e da DT de Anagé deram cumprimento em mandados de busca expedidos pela Comarca de Anagé, em Operação Policial voltada para combater o tráfico de drogas na cidade e região. Foram realizadas buscas em dois endereços autorizados judicialmente, onde foram localizadas três armas de fogo (dois revólveres e uma pistola), cocaína, maconha, dinheiro do tráfico e material para embalar drogas, além de um veículo Fiat/Uno, de cor vermelha, utilizado no transporte da droga. Foram presos André pereira Rocha e Roberta Oliveira Santos.
    André, homicida confesso, já é conhecido da Polícia Civil e esteve preso até quatro meses atrás por Extorsão Mediante Seqüestro, ao filho do Gerente do Banco do Brasil de Itapé em 2013, além de ser irmão de Júlio Carlos Pereira Rocha, indiciado por tentativa do mesmo crime em 2018 na cidade de Barra da Estiva, e suspeito da participação na morte do DPC Marco Torres, tendo sido preso no estado de São Paulo por Policiais Civis da Bahia.

     

    Roberta é companheira de André e manteve o comércio de drogas na cidade de Anagé e região durante o tempo em que o companheiro permaneceu preso.

    As investigações mostram que o casal liderava a comercialização de entorpecentes na região, ordenavam homicídios de rivais e roubos de cargas em rodovia.

    Os presos foram encaminhados ao Conjunto Penal de Vitória da Conquista e Presídio Nilton Gonçalves e o material apreendido foi apresentado à justiça local.

    CONTINUE LENDO






  • Bahia é o estado com maior geração de energia eólica no país

    Líder nacional no número de parques, com 160 em operação, e na comercialização de projetos, a geração de energia eólica na Bahia cresceu 49,9% no primeiro semestre de 2019, quando comparado ao mesmo período do ano passado. A produção, entre janeiro e junho deste ano, foi de 7.262 Gigawatt/hora (GW/h), enquanto no mesmo período de 2018 foi de 4.844,2 GW/h. Além de registrar a maior taxa de crescimento, graças aos novos parques em funcionamento, os números fizeram o estado liderar nacionalmente na produção energética.

    Segundo o Panorama de Energias Renováveis de setembro, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), a geração de energia produzida no primeiro semestre deste ano, no estado, pode abastecer 9,6 milhões de residências/mês e até 28,8 milhões de habitantes. (Secom)

     



  • Carga de celulares avaliada em quase cem mil reais é apreendida pela PRF em Feira de Santana

    Foto: Divulgação I PRF

    A Polícia Rodoviária Federal deteve um homem de 45 anos por descaminho, crime que consiste em importar produtos sem o pagamento dos respectivos impostos, cuja pena prevista no Código Penal varia de um a quatro anos de prisão. Ele foi flagrado pela equipe com 73 aparelhos celulares, na tarde de terça-feira (01).

    Durante fiscalização rodoviária realizada no KM 429 da BR 116, os agentes federais abordaram um caminhão para verificação e, no decorrer dos procedimentos, encontraram na cabine do veículo a carga citada. Entre os eletrônicos estavam 30 aparelhos aparentando ser modelo Moto G6 Plus e 43 Samsung A9 Lite, além de carregadores e fones de ouvido. Nenhuma mercadoria possuía nota fiscal.

    Questionado, o motorista relatou que adquiriu os celulares em São Paulo (SP) para entregá-los no município baiano de Feira de Santana, onde seriam revendidos em uma suposta feira da região.

    O condutor e a mercadoria foram encaminhados para a Receita Federal local para adoção das medidas cabíveis.







  • Desenbahia amplia limite de microcrédito para R$ 21 mil

    A Agência de Fomento do Estado (Desenbahia) tem adotado novas condições para dar mais oportunidades a pequenas empresas. Uma delas é o limite de contratação do Programa de Microcrédito do Estado (CrediBahia), que foi ampliado de R$ 10 mil para R$ 20 mil. A iniciativa tem como foco a inclusão socioprodutiva, permitindo a manutenção e a ampliação das alternativas de trabalho para a parcela da população que encontra dificuldades de acesso ao crédito. 

    A gerente de Microfinanças da Desenbahia, Márcia Fonseca, explica que “o limite foi ampliado com o objetivo de melhorar os índices de desemprego e dar uma força maior para o empreendedorismo no nosso estado. É um crédito voltado a pequenos empreendimentos, sejam eles formalizados ou não”.

     

    O comerciante Robson Barreto conseguiu financiamento do CrediBahia para a loja de materiais elétricos que abriu quando ainda estava na universidade. Com o financiamento, o negócio cresceu. “Esse crédito ajuda muito o microempresário com capital de giro para comprar e casar o ciclo de compra com o de venda. O valor nos dá chance de sonhar um pouco mais alto, de pensar em novos produtos com valor agregado mais caro e evoluir”, afirma. 

    Cadastro

    A contratação pode ser feita nos postos de atendimento do CrediBahia. A expectativa da Desenbahia é aplicar R$ 56 milhões em volume de empréstimos na modalidade até o fim de 2019. “Os empreendedores podem procurar as unidades que estão disponíveis nos municípios ou as prefeituras para tomar conhecimento do local. É preciso apresentar documento de identificação ao agente de crédito, que irá visitar o empreendimento para levantar as informações e encaminhar a proposta para a sede, em Salvador", acrescenta Márcia Fonseca.

     

    Crédito

    Atualmente, o CrediBahia mantém na carteira ativa 12,5 mil contratos e já liberou, desde 2002, mais de R$ 500 milhões. O programa de microcrédito financia capital de giro para compra de mercadorias e matérias-primas; investimentos fixos para aquisição ou conserto de máquinas ou equipamentos; reforma ou ampliação de instalações. A taxa de juros é de 2% ao mês, com prazo de até 24 meses para investimentos fixo ou misto. Mais informações estão disponíveis no site da Desenbahia. (Secom)

    CONTINUE LENDO


  • Academias são fechadas após fiscalização em Jaguaquara

    Foto: Reprodução

    Em Jaguaquara, Maracás e Planaltino academias foram fechadas após operação de fiscalização feita em conjunto entre o Conselho Regional de Educação Física da Bahia (CREF13/BA), a Vigilância Sanitária e o Núcleo Regional de Saúde, no período de 23 a 27 de setembro. A  fiscalização ainda flagrou quatro pessoas em exercício ilegal da profissão.

    Segundo o CREF13, os principais problemas identificados pelos agentes foram a ausência de supervisão de um Profissional de Educação Física nos estabelecimentos esportivos, a falta de registro das academias no CREF, além de estagiários sem contrato e profissionais em desvio de área.

    Jaguaquara foi a cidade com o maior número de estabelecimentos fechados com um total de seis academias e um estabelecimento de Cross Training. Foram alvo da operação a Universitária Gold, Star Fitness,  Sport Fitness, Strondow, Cross Movie, Top Fitness e Sol Fit. Ainda em Jaguaquara, quatro profissionais foram flagrados em desvio de área.