BUSCA PELA CATEGORIA "BAHIA"

  • Campanha de Vacinação contra a Gripe é prorrogada pela terceira vez

    Foto: Francesco Carta fotografo via Getty Images

    A 22ª Campanha de Vacinação contra a Influenza, que terminaria nesta terça (30), foi prorrogada até o dia 24 de julho, em todo o estado. A decisão foi tomada em função da baixa procura pela vacina por alguns grupos prioritários. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na Bahia, mais de 1.500.000 (um milhão e quinhentas mil) pessoas dos grupos elegíveis ainda não estão imunizadas. “Considerando que ainda estamos com baixas coberturas vacinais em diversos grupos elegíveis, tais como: crianças (56%), gestantes (63%), puérperas (74%) e adultos de 55 a 59 anos (53%),  prorrogamos, pela terceira vez, a campanha de vacinação contra a gripe”, explica Vânia Rebouças, coordenadora estadual de imunizações. Para se vacinar, a pessoa deve procurar uma unidade de saúde de seu município, de acordo com as seguintes datas:  Para atendimento exclusivo dos grupos elegíveis da campanha até o dia 10/07/2020; Conforme estoques disponíveis nas unidades, a partir do dia 13/07/2020, serão atendidos também os profissionais de serviços essenciais, os quais devem apresentar comprovante de vínculo trabalhista ativo como, por exemplo, carteira de trabalho ou contrato de trabalho; Conforme estoques disponíveis nas unidades, a partir do dia 20/07/2020, será atendida a população em geral, devendo apenas, a pessoa apresentar um documento oficial de identificação. O sistema de notificação, aponta que estão sem serem vacinadas: 480 mil crianças; 54 mil gestantes; 6 mil puérperas; 314 mil adultos de 55 a 59 anos; 500 mil pessoas com deficiência; 200 mil pessoas com comorbidades; 74 mil professores; 20 mil caminhoneiros; 19 mil motoristas e cobradores de transporte coletivo; 22 mil profissionais das forças de segurança e salvamento; 2 mil funcionários do sistema prisional.







  • Detran-BA e SAC alinham novas rotinas de serviços de trânsito durante a pandemia

    O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) promoveu, na segunda-feira ( 29), o encontro virtual com os coordenadores do órgão que atuam na Rede SAC. A videoconferência teve a participação da diretoria operacional do SAC. Eles discutiram a oferta de serviços de trânsito à população, durante a pandemia da Covid-19, com a padronização de novas rotinas, medidas de prevenção à doença e controle do padrão de qualidade. " Alinhamos o novo modelo de atendimento, com as restrições impostas pelo coronavírus, para a garantia de resultados eficientes. Em julho, vamos ampliar as ações", afirmou o coordenador das unidades descentralizadas do Detran-BA, Felipe Santana. No evento, foi apresentado o levantamento do retorno gradual dos serviços de trânsito. Em Salvador, a entrega da carteira de habilitação, solicitada antes da crise sanitária, e a renovação do documento já estão disponíveis no SAC Cajazeiras, Comércio, Pau da Lima e Pernambués, somente por agendamento no portal ou aplicativo SAC Digital. Fora da capital, o Detran-BA retomou parcialmente serviços de habilitação, exclusivamente por hora marcada, nos seguintes postos da Rede SAC: Alagoinhas, Barreiras, Brumado, Candeias, Eunápolis, Feira de Santana I e II, Guanambi, Irecê, Jacobina, Jequié, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santo Antônio de Jesus, Simões Filho, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista I e II.







  • Bahia registra 3.840 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e 3.813 curados

    Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.840 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +5,5%), 53 óbitos (+2,9%) e 3.813 curados (+8,7%). Dos 73.307 casos confirmados desde o início da pandemia, 47.759 já são considerados curados, 23.695 encontram-se ativos e 1.853 tiveram óbito confirmado. As confirmações ocorreram em 385 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (47,05%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.898,39), Gandu (1.539,98), Ipiaú (1.510,69), Uruçuca (1.271,99) e Itabuna (1.210,00). O boletim epidemiológico contabiliza 73.307 casos confirmados, 162.200 casos descartados e 75.726 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 18 horas desta terça-feira (30). Na Bahia, 8.724 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O boletim completo está disponível no site da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).



  • Bahia registra 972 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas e 874 curados

    Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 972 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,4%), 52 óbitos (+3,0%) e 874 curados (+2,0%). Dos 69.467 casos confirmados desde o início da pandemia, 43.946 já são considerados curados, 23.721 encontram-se ativos e 1.800 tiveram óbito confirmado. Os casos confirmados ocorreram em 385 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (47,24%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.800,79), Ipiaú (1.506,33), Gandu (1.484,43), Uruçuca (1.203,76), e Itabuna (1.164,98). O boletim epidemiológico contabiliza 69.467 casos confirmados, 159.204 casos descartados e 72.067 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta segunda-feira (29). Na Bahia, 8.264 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O boletim completo está disponível no site da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).







  • Feminicídios crescem em 150% na Bahia em maio

    Foto: Camila Oliveira/TV Bahia

    Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os casos de feminicídio cresceram em 150% na Bahia em maio, em comparação com o mesmo mês do ano passado. O levantamento indica que entre os dias 1º e 31, foram registrados 15 feminicídios, contra seis em 2019. De acordo com informações do G1, a SSP detalhou que dos 15 casos, três foram em Salvador e os outros 12 em cidades do interior da Bahia. Na capital, as vítimas eram jovens com idades entre 21 e 27 anos. Nos três casos, a história de inúmeros outros feminicídios se repete: a mulher tenta terminar o relacionamento, o companheiro não aceita e tira a vida dela. O feminicídio costuma ser o ponto final de um ciclo de violência que começa com abusos psicológico e físico. Com a pandemia do coronavírus, as recomendações para ficar em casa e órgãos funcionando em atendimento remoto, muitas mulheres estão convivendo com seus agressores continuamente, o que impossibilita que a vítima denuncie o caso à polícia para tentar romper com esse ciclo da violência. Para a Secretaria de Políticas para Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA), esse é um dos fatores que explicam a subnotificação dos casos de violência contra mulher, desde o mês de março deste ano. Entre março e junho do ano passado, as Deams do estado registraram 14 tentativas de feminicídio, o que já é um número baixo de denúncias. No mesmo período deste ano, o número diminuiu ainda mais: apenas seis casos foram registrados. Em comparação entre março e junho deste ano com o de 2019, a redução de denúncias por lesão corporal foi de 33,1%: 1.418 queixas registradas neste período ano passado contra 948 neste ano. As ocorrências por ameaça também caíram: de 2.893 em 2019, para 1.353 em 2020, um percentual de queda de 53,2%. A SPM levantou ainda que, além das denúncias, os pedidos de medida protetivas também diminuíram expressivamente, com relação ao mesmo período de 2019, quando não havia coronavírus: - 46,78%.







  •  Mais de 30 mil cestas foram entregues pela polícia à famílias na Bahia em três meses de pandemia

    Foto: Divulgação

    Mais de trinta mil cestas básicas foram entregues à populações de Salvador, Região Metropolitana e interior do estado, pela Polícia Militar, entre os meses de abril, maio e até o dia 26 de junho. As ações fizeram parte da campanha "#vocêpodeajudar", que visa à arrecadação de donativos. Os dados, computados pelo cestômetro - ferramenta idealizada pelo Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (DPCDH) para mensurar a quantidade de materiais entregues no período da pandemia - atingiu ontem a marca de 30.260 cestas. "O resultado é fruto do trabalho da instituição com apoio de vários parceiros. Mesmo com a meta das 30 mil cestas alcançada, a ação continuará com a distribuição itinerante de materiais de limpeza, higiene pessoal, alimentos, quentinhas, roupas e agasalhos por toda a Bahia", disse o diretor do DPCDH, coronel Antonio Souza Sampaio. O oficial acrescentou que, durante esse período, foram realizadas reuniões com empresários e grupos da sociedade civil organizada, "para ajustarmos os locais, pontos de doação e metodologia de distribuição, para que não houvesse aglomeração de pessoas nas entregas. Seguiremos com a campanha, mas cumprindo todo protocolo de segurança de prevenção à Covid-19".

     Mais de 30 mil cestas foram entregues pela polícia à famílias na Bahia em três meses de pandemia

    Foto: Divulgação

    Em Vitória da Conquista, mil e seiscentos quilos de alimentos, divididos em 100 cestas básicas, arrecadados na ultima edição da ‘Carreata da Patrulha Solidária’ da 78ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vitória da Conquista) reforçaram a alimentação de moradores dos bairros Conjunto da Vitória e Loteamento Morada Nova, naquele município onde a unidade é sediada. O comandante da unidade, major Edmário José Britto Araújo, contou que além dos alimentos entregues na manhã da sexta-feira (26), “300 máscaras de proteção e 100 cobertores doados por empresários parceiros, auxiliarão no combate à pandemia da Covid-19 e no aquecimento dos mais necessitados durante o inverno”. O oficial concluiu agradecendo os apoios da loja Alphabeto e do supermercado Novo Único.







  • Bahia registra 3.251 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

    Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.251 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +5,0%), 51 óbitos (+3,0%) e 3.079 curados (+7,7%). Dos 68.495 casos confirmados desde o início da pandemia, 43.072 já são considerados curados, 23.675 encontram-se ativos e 1.748 tiveram óbito confirmado. As confirmações ocorreram em 386 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (47,80%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (1.800,79), Ipiaú (1.488,89), Gandu (1.413,45), Uruçuca (1.203,76) e Salvador (1.125,63). O boletim epidemiológico contabiliza 68.495 casos confirmados, 157.776 casos descartados e 72.035 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h deste domingo (28). Na Bahia, 8.198 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O boletim completo está disponível no site da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).  Na Bahia, dos 2.266 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.416 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 62%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 908 leitos exclusivos para o coronavírus, 715 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%.







  • Proerd de prevenção às drogas já atendeu a 749 mil crianças e jovens

    Foto: Divulgação /SSP-BA

    Mais de 749 mil crianças e adolescentes baianos já foram orientados sobre os males e riscos do uso e abuso de drogas, lícitas e ilícitas, através das aulas ministradas por policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). Nesta sexta-feira (26), Dia Internacional de Combate às Drogas, a Secretaria da Segurança Pública lembra a atuação do programa que festejará 17 anos em 2020. Novecentas e trinta e uma escolas, públicas e particulares receberam as visitas dos professores do Proerd que, em 2019, formou cerca de 113 mil jovens. Entre os temas abordados nas aulas estão o uso e abuso de drogas, comércio ilegal de ilícitos e estragos que estes causam na estrutura familiar. De acordo com o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, uma criança ou adolescente tocado pelos ensinamentos do Proerd leva este conhecimento para os pais, parentes e amigos. “O jovem vai atuar como disseminador da informação e evitará que mais famílias sejam destruídas pelo contato com entorpecentes”, falou. Em 2020, o programa deve alcançar mais de 58 mil estudantes baianos. “As aulas tiveram que ser interrompidas para o bem-estar e saúde dos alunos, mas retornaremos assim que superarmos essa crise”, concluiu Barbosa.







  • Mais de 180 quilos de maconha são apreendidos em ônibus clandestino na BR-116

    Foto: Divulgação /SSP-BA

    Cento e oitenta e oito quilos de maconha foram apreendidos durante diligências realizadas pela equipe da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), de Feira de Santana, na madrugada desta quinta-feira (25), na BR-116. A droga estava com um passageiro de um ônibus clandestino, que tinha como destino o estado de Alagoas. De acordo com o titular da especializada, delegado André Ribeiro, o material estava distribuído em tabletes e sacos. "Vamos enviar tudo para perícia", afirmou o delegado. O homem, de 30 anos, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e deve passar pela audiência de custódia, do Tribunal de Justiça.

    Mais de 180 quilos de maconha são apreendidos em ônibus clandestino na BR-116

    Foto: Divulgação SSP/BA







  • Bahia reduz em 54% o número de acidentados com fogos de artifício durante o São João

    As duas unidades estaduais de referência no tratamento de vítimas de queimaduras por fogos e explosão de bombas contabilizaram 28 atendimentos no período de 20 a 24 de junho, uma queda de 54,09% em relação ao mesmo período do ano passado. O Hospital Geral do Estado teve o maior número de ocorrências relacionadas aos festejos juninos, com um total de 23 atendimentos, sendo 12 vítimas de queimaduras por fogos e 11 por explosão de bomba. Já o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, também referência no atendimento a queimados, deram entrada cinco pessoas vítimas de queimaduras e fogos de artifício. Na avaliação do secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, a redução expressiva de acidentados deve-se a uma série de fatores: “a pandemia de coronavírus fez com que alguns municípios proibissem a venda de fogos de artifício e fogueiras devido a fumaça e isto somado as restrições impostas pelo Governo do Estado para evitar aglomerações, aliado a fiscalização da polícia militar e prefeituras para os que desobedecessem, fizeram com que tivéssemos essa redução”, explica o secretário. No mesmo período de 2019, as duas unidades registraram 61 atendimentos de pacientes vítimas de queimaduras e fogos de artifício.







  • Detran-BA alerta para golpe do site de leilão falso, que usa nome do órgão

    Foto: Reprodução

    ‘O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) acionou a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), nesta quarta-feira (24), para que seja investigado o golpe do leilão falso, na comercialização de veículos em nome do Detran-BA. A ilegalidade ocorre por meio do site www.bahiadetranleiloes.org , que usa indevidamente a logomarca do departamento. O Detran-BA esclarece que os editais dos leilões promovidos pela autarquia são divulgados no site www.detran.ba.gov.br, sendo que para a realização dos eventos na modalidade online, o órgão tem como parceiros os sites www.brbid.com  e www.focoleiloes.com.br. O departamento de trânsito alerta que, durante a pandemia da Covid-19, cresceu no país o número de sites falsos que prometem supostas vantagens em leilões de veículos. A recomendação é que os interessados em eventos desse tipo fiquem atentos e, no caso de dúvidas, acessem os canais oficiais de comunicação do Detran-BA.







  • Bahia registra 2.847 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

    Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.847 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +5,8%), 50 óbitos (+3,4%) e 2.266 curados (+9,0%). Dos 51.931 casos confirmados desde o início da pandemia, 27.521 já são considerados curados, 22.869 encontram-se ativos e 1.541 tiveram óbito confirmado. As confirmações ocorreram em 363 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (50,14%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ipiaú (1.312,32), Itajuípe (1.141,96), Gandu (1.111,01), Uruçuca (1.091,67) e São José da Vitória (1.025,28). O boletim epidemiológico contabiliza 51.931 casos confirmados, 111.557 casos descartados e 102.247 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 18h desta quarta-feira (24). Na Bahia, 6.811 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O boletim completo está disponível no site da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).







  • Corpo de Bombeiros da Bahia fará  live sobre acidentes domésticos

    O que fazer em caso de acidentes domésticos vai ser o tema principal de mais uma live do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA), que vai acontecer nesta quinta-feira (25), às 14h, pelo YouTube e Instagram da Instituição, @cbmba193. Solicitada pelo presidente do Comitê de Segurança Escolar de Feira de Santana, André Matos, a atividade tem como prioridade levar para os cidadãos não apenas cuidados, mas como agir até a chegada de uma ajuda especializada. "Estamos num período onde muitas pessoas estão em casa, sabemos que qualquer um de nós estamos suscetíveis aos acidentes domésticos, mas sabemos também que o risco maior é com crianças e idosos. E o primeiro atendimento adequado é fundamental para a boa recuperação da vítima", explicou o tenente-coronel BM Ramon Dieggo, instrutor de salvamento terrestre. De acordo com André Matos, que também vai participar da apresentação, o tema da live é essencial para todos. "Trabalhamos com segurança escolar, mas nesse período temos que focar na segurança doméstica, precisamos falar e sensibilizar a população a fazer a prevenção", explicou. O subtenente BM Evilasio Limoeiro, instrutor de atendimento pré-hospitalar (APH) e o jornalista da Band News Luiz Filipe Veloso também vão participar da live. Participe, aprenda e tire as suas dúvidas.







  • Estudante de Jaguarari expressa saudade do São João e vídeo do cordel é exibido no Encontro com Fátima Bernardes

    O estudante, cordelista e escritor André Martins Silva, 19, que faz o curso técnico em Nutrição, no Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) Piemonte Norte do Itapicuru, localizado em Jaguarari, teve o seu cordel gravado em vídeo e exibido, nesta quarta-feira (24), no programa "Encontro com Fátima Bernardes", na Rede Globo. No cordel intitulado "Saudades do São João", ele retrata a falta que a tradicional festa junina faz neste momento de isolamento social devido à pandemia do novo Coronavírus. O jovem é o autor dos livros de cordéis "Você dentro dos seus sonhos" e "Histórias em cordel".

     

    Estudante de Jaguarari expressa saudade do São João e vídeo do cordel é exibido no Encontro com Fátima Bernardes

    Para André, que escreve cordéis desde os dez anos de idade, ter seu cordel exibido em rede nacional mostra o reconhecimento da sua arte e do seu talento. "Por quatro vezes, participei do programa Encontro e, em cada uma delas, senti uma sensação única e inimaginável. Na primeira, fiz minha inscrição e fiquei apenas na plateia; na segunda, mandei um alô junto com meu irmão e, na terceira, pude contar um pouco da nossa história para o Brasil. Hoje, estou muito feliz, pois parte do meu vídeo foi exibido a pedido da produção do programa e sou muito grato a Deus por ter chegado onde cheguei, tendo este reconhecimento", afirmou.

    Para o jovem cordelista, o apoio da comunidade escolar é essencial. "Hoje, venho me destacando aqui na região como um dos melhores cordelistas e agradeço muito ao CETEP, aos gestores, professores e colegas pelo incentivo, pois sempre me dão a oportunidade de mostrar minha arte nos projetos e apresentações realizados na escola. Foi através do projeto Tempos de Arte Literária (TAL) que eu desenvolvi ainda mais o meu talento com o cordel, pois é um projeto muito bom. Sinto-me honrado em ter sido vencedor do TAL, na seletiva de Senhor do Bonfim, em 2018", salientou.

    Além de mostrar a sua arte, em uma de suas participações, o estudante realizou o sonho de conhecer um de seus ídolos, o poeta Bráulio Bessa. "Participar do Encontro perto do meu ídolo foi surreal. Nunca pensei que ia sair daqui e iria contar a minha história, ao vivo, para todo o Brasil. Meu sonho fala mais alto que tudo neste mundo, eu nunca desisto, mesmo sendo de família humilde, passando muitas dificuldades. Já teve dias que não tínhamos nada para comer e eu me alimentava escrevendo", revelou.

    Segundo a diretora do CETEP, Creuza Alcaraz, André serve de inspiração e exemplo para outros estudantes. "Ele é um poeta que retrata a sua realidade, as dificuldades de um jovem sertanejo. Para a nossa escola, ele é inspirador, exemplo de superação, de que vale a pena correr atrás dos seus sonhos e que, apesar de todas as dificuldades, não desistiu e conseguiu  seus objetivos. Eu vejo os projetos estruturantes como uma porta aberta para os talentos que temos dentro da escola. Este projeto faz com que os nossos estudantes desabrochem a arte e que, muitas vezes, passam despercebidas por nós. Apesar de ser uma escola voltada para a formação técnica, não podemos deixar de incentivar e apoiar a cultura e arte", destacou.







  • Enquete sobre nova data do Enem começa neste sábado (20)

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai disponibilizar, a partir das 10h deste sábado (20), enquete para que os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 contribuam, de forma voluntária, para a escolha das novas datas de aplicação do exame. A enquete será realizada na Página do Participante e os inscritos poderão participar até o dia 30 de junho, escolhendo uma das opções apresentadas, com o adiamento das provas em 30, 60 ou 180 dias das datas previstas nos editais. Confira as opções de datas:  Enem impresso: 6 e 13 de dezembro de 2020 / Enem Digital: 10 e 17 de janeiro de 2021;  Enem impresso: 10 e 17 de janeiro de 2021 / Enem Digital: 24 e 31 de janeiro de 2021;  Enem impresso: 2 e 9 de maio de 2021 / Enem Digital: 16 e 23 de maio de 2021.O Enem 2020 foi adiado em razão das medidas de restrição de circulação impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O objetivo da iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e do Inep é dar oportunidade de participação aos interessados no processo de definição do melhor período para a realização das provas e garantir transparência na execução do exame. Os inscritos que desejarem participar deverão acessar a Página do Participante e utilizar CPF e senha cadastrados no portal único do Governo Federal. Mais de 6 milhões de pessoas estão inscritas no Enem 2020. Desse total, 65% já concluíram o ensino médio em anos anteriores, 23% estão no terceiro ano e 12% são “treineiros”, estudantes que fazem a prova para testar conhecimentos.