BUSCA PELA CATEGORIA "BRASIL"

  • Número de desempregados recua 5,3% do primeiro para segundo trimestre

    O número total de desempregados no país caiu de 13,7 milhões no primeiro trimestre deste ano para 13 milhões no segundo trimestre. Segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD-C), divulgados hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de um trimestre para outro, houve uma queda de 723 mil pessoas na população desocupada, ou seja, de 5,3%.

    Na comparação com o segundo trimestre do ano passado, também houve queda: 520 mil pessoas ou 3,9%.

    A taxa de desemprego foi outro indicador que apresentou queda nesta edição da PNAD-C de 13,1%, no primeiro trimestre, para 12,4% no segundo trimestre do ano. No segundo trimestre do ano passado, a taxa era de 13%.

    A população ocupada ficou em 91,2 milhões de pessoas, crescimentos de 0,7% (mais 657 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior e de 1,1% (mais 1 milhão de pessoas) na comparação com o segundo trimestre de 2017.



  • Receita disponibiliza novo portal para legalização de empresas

    O novo Portal da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) está disponível a partir de hoje (30). Totalmente reformulado, o conteúdo do site agora se adapta aos dispositivos móveis, como tablets e celulares.

    O objetivo, de acordo com a Receita Federal, é levar ao cidadão uma nova experiência no processo de abertura e de alteração da pessoa jurídica, com orientações em linguagem mais clara e de fácil comunicação. Isso deve trazer mais agilidade e transparência para todo o processo.

    A reformulação do portal foi feita pela Receita Federal em articulação com diversos parceiros da rede racional para a Redesim.

    O portal conta com uma área exclusiva para o usuário identificado. Essa autenticação utilizará os serviços do projeto Brasil Cidadão, do Ministério do Planejamento, que faz parte da Plataforma de Cidadania Digital e que oferece a possibilidade de o usuário, por meio de acesso único, obter diversos serviços públicos disponíveis na internet.

    Na área do usuário, é possível consultar o nome empresarial na base do CNPJ e outros serviços.



  • Autorizado concurso da Polícia Rodoviária Federal para 500 vagas

    Foto: Divulgação

    A Polícia Rodoviária Federal vai abrir concurso para 500 vagas de nível superior. A autorização da seleção foi publicada pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão nesta sexta-feira (27).

    De acordo com a publicação, o concurso é de responsabilidade do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann. O prazo para a publicação do edital de abertura do concurso público é de até seis meses, contados a partir da publicação da portaria.

    O último concurso da PRF aconteceu em 2013, para o provimento de mil vagas.







  • STF suspende efeitos de ação trabalhista de R$ 17 bi contra Petrobras

    O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu uma liminar (decisão provisória) pedida pela Petrobras para suspender os efeitos de uma derrota judicial sofrida pela empresa no Tribunal Superior do Trabalho (TST), cujo impacto para os cofres da empresa pode chegar a R$ 17 bilhões.

    Em 21 de junho, o plenário do TST decidiu, por 13 votos a 12, que os funcionários da Petrobras têm direito ao pagamento de adicionais salariais que foram definidos em um acordo coletivo assinado em 2007, beneficiando cerca de 50 mil empregados. A empresa estima que além da obrigação de pagar R$ 15 bilhões retroativos, a decisão acarreta um impacto de mais R$ 2 bilhões anuais em sua folha de pagamento.

    Na ação, os trabalhadores pediram a manutenção do cálculo usado para adicionais sobre o salário, conforme o acordo coletivo. A decisão do TST afeta mais de 40 ações coletivas e outras 7 mil ações trabalhistas individuais em tramitação em todo o país.

    A Petrobras pediu ao STF que garantisse seu direito de recorrer antes que tivesse que fazer os pagamentos, alegando que o Código de Processo Civil (CPC) lhe garante tal prerrogativa e de modo a evitar “danos irreparáveis” à empresa. Isso porque, no julgamento de junho, o TST havia determinado o cumprimento imediato de sua decisão.

    Toffoli, que no momento é o responsável pelo plantão judicial do STF, acolheu os argumentos da empresa, suspendendo os efeitos da decisão do TST até que o recurso da Petrobras seja julgado no Supremo.

    Para o ministro, “são notórios os efeitos econômicos que a implementação dessa decisão poderá acarretar aos cofres da requerente [Petrobras], a justificar que se aguarde o pronunciamento desta Suprema Corte sobre a matéria, antes de proceder-se à liquidação do julgado proferido pelo TST”.

    CONTINUE LENDO


  • Campanha pelo voto consciente incentiva eleitor a pesquisar sobre os candidatos

    Foto: Divulgação

    A campanha eleitoral terá início em menos de um mês e, entre os aptos ao voto, este ainda é um momento de dúvidas: como escolher os futuros gestores públicos? Que critérios usar para decidir? Com o objetivo de elucidar essas e outras questões, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou uma campanha pelo voto consciente no pleito de 2018. 

    O objetivo do TSE é incentivar a importância de estar bem informado para tomar a decisão que refletirá nos rumos do país. O filme da campanha já está sendo veiculado na televisão e na internet, podendo também ser visualizado nas redes sociais do Eleitoral baiano. No vídeo, a voz do computador de bordo do veículo confunde o motorista sugerindo direções opostas, como vire à esquerda, vire à direta e vá pelo centro. 

    O motorista, então, decide não seguir automaticamente as sugestões, mas entender o que cada uma sugere. “A vida é feita de caminhos e escolhas e as eleições também”, diz o texto da campanha. E continua: “Eleitores que se informam sobre seus candidatos, sabem onde querem chegar. Faça do seu voto consciente o caminho para um Brasil melhor”. 







  • Apostador de São Luís ganha sozinho prêmio acumulado de R$ 72 Milhões da Mega-Sena

    Foto: Reprodução

    Um apostador de São Luís, no Maranhão, acertou sozinho o concurso 2.062 da Mega-Sena e vai receber um prêmio de R$ 72 milhões. As dezenas sorteadas hoje (25) em Pouso Redondo (SC), foram: 08, 10, 15, 23, 25 e 34.

    Se aplicado na poupança, o prêmio renderia quase R$ 268 mil por mês.

    De acordo com a Caixa, o valor do prêmio acumulado é o segundo maior deste ano. O primeiro, de R$ 104,54 milhões, foi sorteado em 17 de fevereiro.







  • TRE-BA realiza pesquisa com a sociedade visando a escolha das metas da Justiça Eleitoral para 2019

    Foto: Divulgação

    Em continuidade à segunda fase da consulta das metas específicas da Justiça Eleitoral para 2019, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), por meio da sua Coordenadoria de Planejamento, Estratégia e Gestão (COPEG), realiza, até a próxima terça-feira (31/7), pesquisa para a formulação dessas metas. Assim, o cidadão poderá participar ativamente do processo, respondendo as cinco perguntas do questionário disponibilizado na página do Regional. 

    Dentre as questões, consta a promoção de ações voltadas ao esclarecimento sobre a segurança do processo eleitoral, também a promoção de campanhas direcionadas ao eleitor para ampliar os conhecimentos sobre o funcionamento do processo eleitoral. 

    No preenchimento do questionário, que dura menos de dois minutos para ser concluído, o cidadão poderá avaliar o grau de relevância de cada meta, pontuando de zero (menos importante) a dez (mais importante). Caso deseje colaborar ainda mais com o desenvolvimento da Justiça Eleitoral, o cidadão poderá optar por deixar comentários sobre as questões. 

    Clique para responder a pesquisa 







  • População brasileira deve chegar a 233,2 milhões em 2047, diz IBGE

    Foto: Divulgação | IBGE

    A população do Brasil vai continuar em crescimento até atingir 233,2 milhões de pessoas em 2047. A partir deste ano, entrará em declínio gradual chegando a 228,3 milhões em 2060. A expectativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), faz parte da Revisão 2018 da Projeção de População, que estima demograficamente os padrões de crescimento da população do país ano a ano, por sexo e idade para os próximos 42 anos.

    Antes de 2048, 12 estados (Piauí, Bahia, Rio Grande do Sul, Alagoas, Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Maranhão, Paraná e Rio Grande do Norte) deverão ter redução na sua população. Segundo o IBGE, a principal característica dessas unidades da federação é o saldo migratório negativo. No limite da projeção em 2060, oito estados (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Amapá, Roraima, Amazonas e Acre) não terão queda nas suas populações. O IBGE explicou que eles apresentam saltos migratórios positivos e/ou têm taxas de fecundidade total mais elevadas.



  • Mega-Sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$ 72 milhões

    Foto: Reprodução

    Quem acertar sozinho o prêmio principal do concurso 2.062 da Mega-Sena poderá colocar em sua conta bancária um prêmio de R$ 72 milhões. Aplicado na poupança ele renderia quase R$ 268 mil por mês.

    O sorteio ocorre hoje (25), às 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte que está na cidade de Pouso Redondo, em Santa Catarina.

    De acordo com a Caixa, o valor do prêmio acumulado é o segundo maior deste ano. O primeiro, R$ 104,54 milhões, foi sorteado em 17 de fevereiro.

    As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília), em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta mínima custa R$ 3,50.



  • Carteiras de trabalho poderão ser emitidas em agências dos Correios

    Foto: Reprodução

    O Ministério do Trabalho e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos vão firmar, nos próximos dias, acordo de cooperação técnica para emissão da carteira de trabalho e previdência social nas unidades da empresa. Pelo acordo, que foi anunciado nesta segunda-feira (23), o projeto piloto será implantado nos próximos 30 dias no estado de São Paulo.

    Segundo o secretário executivo substituto do Ministério do Trabalho, Admilson Moreira, a iniciativa tem o objetivo de descentralizar a emissão da carteira de trabalho manual e informatizada e de levar o serviço para mais perto da população. “O propósito da parceria é oferecer um serviço mais ágil e acessível ao trabalhador”, disse Moreira.

     

    De acordo com o ministério, de janeiro a maio deste ano, foram emitidas mais de 2,3 milhões de carteiras de trabalho no país, das quais 580 mil no estado de São Paulo.

    O serviço de emissão de carteiras está disponível nas unidades ligadas ao Ministério do Trabalho e em unidades descentralizadas espalhadas pelo país, por meio de parcerias com estados e municípios. A rede conta com cerca de 2,1 mil postos de atendimento.

    CONTINUE LENDO


  • Whatsapp limita encaminhamento de mensagens para combater fake news

    Foto: Divulgação

    O aplicativo de mensagens WhatsApp vai passar a ter um limite de destinatários para o encaminhamento de mensagens. Segundo a empresa, de propriedade do Facebook, o objetivo com isso é reduzir a disseminação de notícias falsas. A novidade foi anunciada ontem (19) pela empresa por meio de seu blog institucional. 

    O Whatsapp é a segunda maior rede social do planeta, com 1,5 bilhão de usuários. A plataforma perde apenas para o Facebook, com 2,2 bilhões de pessoas inscritas. No Brasil, são mais de 100 milhões de pessoas com o aplicativo.

    Até antes da mudança, uma mensagem poderia ser repassada a até 250 chats(conversas, que podem ocorrer com pessoas ou grupos) de uma vez. Com a limitação, o número será de 20 chats quando alguém desejar encaminhar um texto recebido.

    Na Índia, a restrição será maior, com o encaminhamento sendo permitido somente cinco chats. Também haverá uma alteração na ferramenta de repasse, retirando a opção de perto das mensagens. O país registrou casos de linchamentos e assassinatos a partir de boatos disseminados pelo WhatsApp, o que colocou o aplicativo em questão e gerou debates em diversos países.

    “Nós acreditamos que essas mudanças, que nós vamos continuar avaliando, vão ajudar a manter o WhatsaApp no sentido do que ele foi desenvolvido para ser: um aplicativo de mensagens privadas”, afirmou a empresa em seu blog.



  • Seis pessoas são encontradas mortas dentro de casa em Porto Alegre

    Uma chacina foi registrada na noite dessa quinta-feira (19), dentro de uma casa, no bairro Passo das Pedras, na Zona Norte de Porto Alegre. Seis pessoas foram encontradas mortas na residência. Uma sétima vítima morreu no hospital. Ainda há outra pessoa recebendo atendimento na mesma unidade de saúde.

    Duas mulheres grávidas estão entre as vítimas, de acordo com informações do G1. Nenhum dos mortos foi identificado ainda. A polícia afirmou que o imóvel era utilizado como ponto para o consumo de drogas. Testemunhas afirmaram que os autores do crime dispararam de dentro de um carro e, em seguida, fugiram.



  • Começam amanhã convenções para escolha dos candidatos a presidente

    Foto: Reprodução

    Ainda com o cenário das coligações indefinido, os partidos políticos iniciam nesta sexta-feira (20) as convenções nacionais que vão decidir os candidatos à Presidência da República, nas eleições de outubro. Os nomes dos candidatos a presidente e a vice têm que ser aprovados nas convenções até 5 de agosto e registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até 15 de agosto.

    Neste momento, há 18 pré-candidatos, mas esse número já foi superior a 20 - alguns desistiram no meio do caminho, outros foram barrados pelos partidos políticos. O total de candidatos poderá ser menor, já que alguns partidos, como o DEM, o SD e o PCdoB, estão sendo provocados a desistir da candidatura própria para apoiar chapas mais competitivas.

    O quadro de indefinição, segundo o cientista político Leonardo Barreto, se deve a fatores diversos, começando pelo fato de o Palácio do Planalto não estar influenciando o processo eleitoral. "Quando o Executivo está forte, tentando a reeleição ou fazer o sucessor, a tendência é que a coligação governista seja reproduzida, a oposição se organize e até surja a terceira via. Neste ano, o governo não tem um candidato forte nem colocou peso no candidato da oposição. Isso levou à pulverização de candidaturas", argumentou.

    Neste cenário com vários candidatos, avaliou Barreto, até agora nenhum nome empolgou nem se apresentou como favorito, o que cria dificuldades para os partidos se posicionarem, pois todos querem apostar em alguém com chances de vitória. Além disso, os partidos querem ter claro o papel que exercerão no futuro governo. "Todos esses fatores levam ao quadro de barata voa nas convenções", afirmou.

    CONTINUE LENDO






  • Mega-Sena pode pagar R$ 56 milhões nesta quarta-feira

    Foto: Reprodução

    O concurso 2.060 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 56 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta-feira (18). É o quarto maior prêmio do ano.

    No último sorteio, realizado no sábado, ninguém acertou as seis dezenas sorteadas: 04 – 05 – 36 – 40 – 44 – 56.



  • BRASIL

    Novos valores para licitação começam nesta quinta-feira

    Novos valores para licitação começam nesta quinta-feira

    Foto: Reprodução

    Entra em vigor nesta quinta-feira (19) o Decreto nº 9.412/2018 que altera todos os preços das modalidades de licitação no Brasil.  Além da correção da inflação, um dos objetivos do decreto é melhorar a eficiência das compras governamentais, por meio da expansão dos limites legais de dispensa de licitação.

    Os valores de dispensa para compras diretas, sem licitação, não eram atualizados desde 1998 – até R$ 15 mil para obras e serviços de engenharia e R$ 8 mil para os demais bens e serviços comuns. O decreto trouxe a correção de 120% nesses limites, elevando-os para R$ 33 mil e R$ 17,6 mil, respectivamente. Os valores alterados na Lei nº 8.666/1993 foram reajustados em 120%, que correspondem à metade do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado de maio de 1998 a março de 2018.

     

    O Decreto se aplica a todos os órgãos da Federação (União, Estados, Distrito Federal e municípios), uma vez que cabe à União, exclusivamente, legislar sobre normas gerais de licitação e contratação. Ele atualiza os valores limite de três modalidades de licitação – convite, tomada de preços e concorrência.

    Confira os valores estabelecidos com a atualização: para obras e serviços de engenharia na modalidade o convite é até R$ 330 mil; tomada de preços R$ 3,3 milhões e concorrência acima de R$ 3,3 milhões. Compras e serviços na modalidade até R$ 176 mil; tomada de preços até R$ 1,43 milhão e concorrência acima de R$ 1,43 milhão.

    CONTINUE LENDO