BUSCA PELA CATEGORIA "BRASIL"

  • Camboriú SC: Jovem posta foto com arma em rede social e é preso 40 minutos depois

    Fonte: G1 / Foto: Reprodução

    Um jovem de 21 anos foi preso após postar uma foto segurando um revólver calibre 38 em uma rede social. Por meio da imagem e do perfil, a Polícia Militar conseguiu encontrar o rapaz e prendê-lo na rua onde mora. O caso aconteceu em Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina. Segundo o coronel Marcello Martinez, da Polícia Militar por meio do trabalho da Inteligência do 12º Batalhão da PM, o rapaz foi localizado. As guarnições foram acionadas e ele foi preso cerca de 40 minutos depois, por porte ilegal de arma e com uma pequena quantidade de maconha. O revólver foi apreendido com a munição intacta. O rapaz já tinha passagem pela polícia por posse de drogas e porte de arma de fogo, e foi encaminhado para o presídio de Canhanduba. A prisão foi feita pelas guarnições de preventivo e tático da PM.



  • Minas Gerais: Por R$ 40 milhões, deputado põe castelo à venda

    BN com informações do G1 / Foto: Nathalie Guimarães/G1

    Um castelo de propriedade do deputado estadual mineiro Leonardo Moreira e do irmão dele, Julio Moreira, está à venda por R$ 40 milhões. De acordo com pelo menos três imobiliárias ouvidas pelo G1, o imóvel, que tem 36 suítes e é revestido de mármore até nos banheiros, ocasionou o desligamento do pai deles, o então deputado federal Edmar Moreira, em 2009, da corregedoria da Câmara e do Democratas.  Desde aquele ano, o castelo está à venda, na época avaliado por cerca de R$ 20 milhões. Pelo caso, Edmar Moreira ficou conhecido como o "deputado do castelo" por ter sido acusado de não ter declarado o castelo – na época avaliado em mais de R$ 20 milhões – na sua prestação de contas na campanha de 2006. À Justiça Eleitoral em 2006, no entanto, o deputado disse ter apenas um terreno de R$ 17,5 mil na cidade. A reportagem do portal avistou Edmar Moreira no castelo em dezembro passado, que fica na área rural de São João Nepomuceno, na Zona da Mata mineira. Trabalhadores do castelo e moradores da cidade, que não quiseram de identificar, disseram que o ex-deputado mora atualmente no imóvel.
     



  • ACM Neto anuncia Carnaval com lucro em Salvador

    ACM Neto (Foto: Divulgação Facebook)

    O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), promete chegar à quarta-feira de cinzas com R$ 10 milhões a mais nos cofres da prefeitura. Este “lucro” seria o resultado entre o custo de organização da festa – estimado em R$ 28 milhões – e o que a prefeitura vai receber dos patrocinadores - os maiores são as cervejarias Itaipava e Skin, NET e Banco Itaú – além da arrecadação de impostos com o aquecimento da economia gerado pelo turismo. Toda esta arrecadação bruta é estimada em R$ 38 milhões. O carnaval em Salvador costuma durar seis dias. (por Leonel Rocha)



  • Receita leiloa VW Golf por R$ 6.500 e Chevrolet Vectra por R$ 5.500. Veja as pechinchas

    Divulgação/Receita Federal

    Que tal dirigir um carrão em 2014? Se a grana está curta pra comprar um modelo novo, a Receita Federal de Mundo Novo (MS) vai leiloar 54 lotes de veículos a partir das 14h da próxima quarta-feira (15). As propostas online poderão ser recebidas até às 18h desta terça-feira (14), e os interessados podem arrematar veículos seminovos, disponíveis para pessoas físicas e jurídicas. Entre as pechinchas estão um Volkswagen Golf 2.0 por R$ 6.500 e um Chevrolet Vectra por R$ 5.500.

    O Chevrolet Astra Sedan Confort 2004/2005, que pertence ao lote 12 do leilão, pode ser arrematado a partir de R$ 5.000, mas o comprador deverá arcar com débitos de IPVA (R$ 1.866,32) e multas (R$ 180,20). Achou caro? O preço do modelo, segundo tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), custa um pouco mais: R$ 22.144

    Imponente e robusta, a Chevrolet Blazer DLX é um dos carros usados pela polícia e está disponível no leilão da Receita Federal de Novo Mundo (MS). Com parte da pintura queimada, o veículo pode ser arrematado pelo valor mínimo de R$ 5.500

    Prefere um carro menor? O lote 17 do leilão conta com um Chevrolet Prisma Joy 1.4, 2007/2008 que pode ser arrematado a partir de R$ 6.000 — R$ 13.544 mais barato que seu valor médio segundo a tabela da FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas)

    Se você procura um modelo mais recente, o Fiat Uno Way 1.4, 2010/2011, que faz parte do lote 18, está disponível para lances a partir de R$ 6.000. O veículo não apresenta dívidas pendentes com o Detran

    Para aqueles que levam carga extra, a pick-up Montana Conquest Econoflex 2008, que integra o lote 11 do leilão, pode ser arrematada a partir de R$ 4.500. O mesmo automóvel custa, segundo tabela da FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), em média R$ 21.766

    Sua família é grande? Sem problemas, no leilão também disponibiliza a minivan Chevrolet Meriva Expression pelo valor mínimo de R$ 6.500 — bem abaixo do preço médio da tabela FIPE, de R$ 31.631. Contudo, o comprador terá de arcar com pagamento atrasados de IPVA (R$ 1.211,71), licenciamento do ano 2013 e multas (R$ 84,80), Pintado na cor da moda (branco) e sem pendências com o Detran, este Chevrolet Meriva Joy 2008 faz parte do 13º lote do leilão da Receita Federal de Mundo Novo (MS). Segundo a tabela FIPE, o carro tem preço médio de 23.961 — no leilão, porém, as propostas para arremate começam em R$ 5.000 .

    Em bom estado de conservação (aparentemente, pelo menos), o Volkswagen Gol 1.0 GIV 2008/2009 está disponível no leilão para ser vendido a partir de R$ R$ 6.000. O automóvel não apresenta cobranças referentes a dívidas no Detran

    Sempre quis ter um carro francês? O lote 22 do leilão disponibiliza um Renault Scénic EXP 1.6, 2007/2008, que embora esteja um pouco maltratado (pintura do teto e do capô estão queimadas), está num preço tentador: R$ 6.500 o lance mínimo, ou cerca de um quarto do preço de tabela de R$ 27.520

    Ele já foi um dos carros mais desejados do País, mas agora pode ser comprado usado pelo preço de uma moto popular. Oferecido no lote 15 da Receita, o Chevrolet Vectra GLS 2000 está sendo leiloado pelo valor mínimo de R$ 5.500. O valor é atraente, mas deve ser somado às dívidas pendentes de IPVA (R$ 692,55) e multas (R$ 297,61).

     



  • 27.out.2013 - Carla Leão, 17, que está no terceiro ano do ensino médio em uma escola pública, e o colega de igreja Fernando Alves, 17, que cursa o último ano em uma escola privada. Ele quer engenharia

    O MEC divulgou a primeira chamada do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) 2014 no site do sistema. O Sisu seleciona neste ano candidatos para 115 instituições de ensino superior públicas e tem 171.401 vagas.

    A seleção é feita por meio das notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2013. As inscrições no sistema foram encerradas às 23h59 da última sexta-feira (10). Até as 18h10 daquele dia, o sistema registrava 2.444.853 de inscritos. Segundo balanço divulgado pelo MEC (Ministério da Educação), no mesmo horário eram 4.755.311 de inscrições –cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

    Até sexta-feira, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro eram os Estados com maior número de inscritos. Na sequência apareciam Bahia, Ceará e Pernambuco.

    Os candidatos selecionados devem fazer a matrícula entre os dias 17 e 21 de janeiro. O candidato selecionado deve verificar com instituição de ensino em que foi aprovado o local, horário e procedimentos para matrícula.

    Datas

    Serão realizadas duas chamadas de aprovados nas seguintes datas: 

    • Primeira Chamada: 13 de janeiro de 2014
    • Matrículas da 1ª chamada: 17, 20 e 21 de janeiro de 2014
    • Segunda Chamada: 27 de janeiro de 2014
    • Matrículas da 2ª chamada: 31 de janeiro, 3 e 4 de fevereiro de 2014

    As instituições participantes deverão informar a ocupação das vagas de acordo com o seguinte cronograma: 

    • Primeira Chamada: de 17 a 24 de janeiro de 2014
    • Segunda Chamada: de 31 de janeiro a 7 de fevereiro de 2014

    Lista de espera

    As inscrições para a lista de espera serão realizadas, no portal do Sisu, entre os dias 27 de janeiro e as 23h59 do dia 7 de fevereiro. O estudante só poderá manifestar interesse na lista de espera para o curso correspondente à primeira opção.

    Não poderá participar da lista de espera o candidato que tenha sido convocado para o curso de primeira opção em qualquer uma das chamadas regulares. 

    A lista de espera será utilizada para preenchimento das vagas não ocupadas nas duas chamadas regulares do Sisu. A ocupação das vagas será feita segundo critérios definidos em edital próprio de cada instituição participante. 



  • Ouvidoria Nacional quer informações sobre usuário que postou venda de negros por R$1

    Fonte: Bahia Noticias / Foto: Reprodução

    O Mercado Livre terá que fornecer informações a respeito do usuário que anunciou a venda de negros por R$1 no site. O pedido foi feito pela Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, vinculada à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), nesta quinta-feira (9). Segundo o ouvidor nacional, Carlos Alberto Silva Júnior, a intenção é encaminhar os dados ao Ministério Público Federal para que seja oferecida denúncia contra o internauta. O conteúdo, que repercutiu nas redes sociais, domingo (5), foi retirado do ar na segunda-feira (6), após denúncia de usuários. A assessoria de imprensa do site informou, por meio de nota, que a empresa está à disposição da ouvidoria e que os dados cadastrais de acesso do usuário já foram encaminhados à Polícia Civil do Rio de Janeiro. O autor da postagem, de acordo com o ouvidor nacional, pode ser enquadrado no Artigo 20 da Lei n° 7.716/1989, que prevê pena de reclusão de dois a cinco anos e multa para quem praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. As pessoas que compartilham este tipo de postagem, em blogs ou redes sociais, com intenção de denegrir ou discriminar, também pode responder pelos mesmos crimes. Em 2013, outro anúncio de venda de negros foi postado no Mercado Livre. Na ocasião, a Ouvidoria da Igualdade Racial também solicitou os dados do usuário, que foram fornecidos e o Ministério Público ofereceu denúncia contra o autor da postagem.



  • Brasilia: Senado vai gastar R$ 12 mil por mês com lanche

    Por Ricardo Brito / Agência Estado Foto: Reprodução

    O ano ainda não começou para os parlamentares, que só voltam a trabalhar no início de fevereiro, mas o Senado não descuidou da alimentação das "excelências" durante as votações. No último dia de 2013, a Casa assinou um contrato para que uma empresa forneça nos próximos quatro meses 20 gêneros alimentícios aos senadores em plenário. A expectativa é gastar no período R$ 47,6 mil com os itens, quase R$ 12 mil por mês. Na lista, os senadores terão a seu dispor uma extensa lista de produtos, para além da água e do tradicional cafezinho, objetos de outros contratos: 1.680 pacotes de biscoito de dois tipos, 3.340 caixinhas de quatro tipos de chás, 2.500 caixinhas de cinco tipos de suco, cerca de 1 mil litros de leite integral e leite em pó, 670 pacotes de pão de forma, outros 670 de torrada "levemente salgada", 400 quilos presunto magro, 340 unidades de manteiga, 600 quilos queijo mussarela e 500 unidades de requeijão cremoso. Pela licitação, a empresa tem 24 horas para fornecer as quantidades requeridas pela administração Senado. Na justificativa constante do edital, a Casa defende a compra dos alimentos. "Trata a presente aquisição de gêneros alimentícios, para uso diário, comprometido com o bom desempenho das atividades do plenário do Senado Federal". No ano passado, reportagens do jornal O Globo revelaram que garçons do Senado ganhavam até 20 vezes o piso da categoria em Brasília. Sete deles recebiam entre R$ 7,3 mil a R$ 14,6 mil e todos teriam sido nomeados por atos secretos editados em 2001 pelo então diretor-geral da Casa, Agaciel Maia. Logo em seguida, o Senado divulgou nota em que negou a existência dos atos secretos, ressaltando que todos os atos de nomeação estão "devidamente regularizados e publicados".



  • ONU pede 'investigação imediata' de violência e mortes em presídio do Maranhão

    A ONU (Organização das Nações Unidas) pediu nesta quarta-feira uma "investigação imediata, imparcial e efetiva" em relação às recentes cenas de violência e decapitação no presídio de Pedrinhas, no Maranhão.

    Questionado pela Folha sobre as imagens reveladas ontem pelo jornal, o Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU disse, por meio de nota, "lamentar mais uma vez" a preocupação com o que classifica de "terrível estado" das prisões brasileiras.

    Maranhão proíbe venda de gasolina em garrafa após ataques

    No vídeo, filmado pelos próprios detentos com um celular, presos mostram em detalhes três rivais decapitados. Diante das câmeras, os detentos comemoram as mortes e se divertem exibindo as cabeças cortadas.

    "Lamentamos ter que, mais uma vez, expressar preocupação com o terrível estado das prisões no Brasil e apelar às autoridades a tomar medidas imediatas para restaurar a ordem na prisão de Pedrinhas e em outras prisões pelo país, bem como para reduzir a superlotação e oferecer condições dignas para pessoas privadas de liberdade", disse o Alto Comissariado para os Direitos Humanos, órgão sediado em Genebra (Suíça).

    Sobre as imagens, a ONU respondeu: "Apelamos às autoridades brasileiras para realizar uma investigação imediata, imparcial e efetiva dos fatos e processar as pessoas consideradas responsáveis".

    O Alto Comissariado para os Direitos Humanos é a instância máxima das Nações Unidas no combate à violação dos direitos humanos pelo mundo.

    "Estamos incomodados por saber das conclusões do recente relatório do Conselho Nacional de Justiça, revelando que cinquenta e nove detentos foram mortos em 2013 no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, assim como as últimas imagens de violência explícita entre os presos libertados", disse.

    Ontem, governo do Maranhão classificou as imagens da decapitação de presos como "um ato de completa selvageria". A gestão de Roseana Sarney (PMDB) também criticou a divulgação do vídeo.



  • Multa de mensaleiros é suficiente para pôr fim à superlotação em 'presídio da morte' no Maranhão

    Marcos Valério tem de pagar multa de R$ 3 milhões PEDRO VILELA/AGÊNCIA I7/ESTADÃO CONTEÚDO

    Dinheiro vai para o Fundo Penitenciário e equivale a presídio de 480 vagas
     

    A soma dos valores das multas que os mensaleiros terão de pagar é suficiente para construir um presídio capaz de pôr fim à superlotação no Complexo de Pedrinhas, no Maranhão, onde rixas entre facções provocam, desde o final de dezembro, cenas de barbárie dentro e fora dos presídios do Estado.

    Juntos, os mensaleiros foram condenados a pagar R$ 22 milhões (veja lista dos valores abaixo). O dinheiro vai justamente para o Fundo Penitenciário, destinado a melhorar a situação carcerária do País.

    Com a verba seria possível erguer um centro de detenção de porte médio, com cerca de 480 vagas — cada vaga custa em média R$ 45 mil, de acordo com projetos recentes de Maranhão, Minas Gerais e São Paulo. Em Pedrinhas, segundo o governo do Maranhão, há 2.196 presos em um espaço destinado a 1.770 detentos — ou seja: 426 encarcerados a mais do que o previsto.

    A superlotação é um dos motivos de tensão no complexo prisional, que abriga cinco diferentes facções criminosas. No último dia 17, três detentos foram decapitados por rivais. Relatório do CNJ apontou ainda estupro de alguns encarcerados (fato que o governo do Estado contesta). Em 2 de janeiro, foram registradas mais duas mortes no local.
    No dia seguinte, ataque a ônibus culminou na morte da menina Ana Clara Sousa, de seis anos.

    A multa dos mensaleiros, porém, ainda pode demorar para chegar aos cofres públicos. Até o momento, a Justiça deu prazo para pagamento apenas a cinco condenados: José Genoino, Marcos Valério, Ramon Hollerbach e Cristiano Paz. Junto, o quinteto deve R$ 10 milhões — menos da metade do valor total das multas.

    De acordo com a legislação brasileira, a multa deve ser paga em dez dias. Os condenados, porém, ainda podem pedir parcelamento. Ou, simplesmente, dar calote. No caso de não pagamento, a quantia torna-se dívida pública. E, segundo o advogado criminalista e conselheiro da OAB-SP Frederico Figueiredo, deve ser cobrada pela Procuradoria da Fazenda Nacional.

    Além dos R$ 10 milhões que já foram pedidos, a Justiça deve, em breve, exigir o pagamento dos outros mensaleiros. Mas cerca de R$ 1 milhão não deve ser cobrado tão cedo, pois refere-se a condenações que ainda podem ser revistas em novo julgamento.

    Devolução do dinheiro desviado

    O pagamento da multa nada tem a ver com devolução do dinheiro desviado dos cofres públicos. Trata-se apenas de uma pena — assim como o tempo de cadeia de cada um dos condenados. Os cerca de R$ 140 milhões movimentados pelo esquema do mensalão, segundo a denúncia, têm de ser cobrados pela Advocacia-Geral da União. Ou pela Câmara dos Deputados, no caso do dinheiro referente ao contrato oficializado por João Paulo Cunha entre a Casa e a SMP&B, empresa de Marcos Valério.

     



  • Calendário de feriados nacionais em 2014 é publicado no Diário Oficial

    Fonte:BN / Foto: Reprodução

    Foi publicada, nesta segunda-feira (6), no Diário Oficial da União, a portaria do Ministério do Planejamento que estabelece o calendário oficial de feriados e pontos facultativos em 2014. Conforme o texto, apenas cinco feriados ocorrerão em dias úteis, as demais datas em finais de semana. O calendário destina-se a entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional do Poder Executivo e não apresenta prejuízo à prestação dos serviços considerados essenciais. A portaria não informa se entre os dias 12 de junho e 13 de julho, quando serão realizados os jogos da Copa do Mundo, os expedientes serão suspensos. Além dos dias estabelecidos, as datas comemorativas de credos e religiões, de caráter local ou regional, podem ser respeitadas, mediante autorização da chefia imediata do trabalho do servidor, para posterior compensação.



  • São Carlos (SP): Grávida e marido morrem em colisão provocada por motorista embriagado

    Acidente aconteceu no quilômetro 156 da rodovia SP-215 na madrugada de domingo (Foto: Marcelo Carboni) Fonte: G1

    Uma gestante de oito meses e o marido dela morreram em São Carlos (SP) na madrugada deste domingo (5) após o carro em que viajavam ser atingido por outro na Rodovia Luís Augusto de Oliveira (SP-215), que liga a cidade a Ribeirão Bonito. O motorista que provocou o acidente, um engenheiro de 30 anos, apresentava sinais de embriaguez, segundo a Polícia Militar. Ele foi preso em flagrante após realizar o exame de bafômetro e responderá por lesão corporal, embriaguez ao volante e homicídio doloso, quando há intenção de matar.

    O filho de quatro anos do casal e uma mulher que também estavam no veículo atingido ficaram feridos. Eles foram socorridos para a Santa Casa e não correm risco de morte. Os dois continuam internados em observação, informou o hospital. Os condutores de ambos os automóveis nada sofreram.

    O acidente aconteceu por volta das 3h30. As cinco pessoas que estavam no carro Gol são de Dourado e voltavam de Ilha Bela, onde passaram a virada de ano. Segundo a PM, o engenheiro Thiago Aparecido Scarpin dirigia um veículo Prisma de Ribeirão Bonito para São Carlos quando invadiu a pista contrária na altura do quilômetro 156 da rodovia e provocou a colisão.

    O motorista do Gol ainda tentou desviar, mas o carro foi atingido. O amigo dele, que viajava como passageiro, e a mulher grávida, sentada no banco de trás, morreram na hora. O filho do casal estava preso a uma cadeirinha, mas com o impacto foi arremessado pela janela. Ele sofreu apenas um arranhão no rosto.

    O advogado de Scarpin, David Pires, disse reconhecer que o cliente dele fez uso de bebida alcoólica e que irá responder pelos atos.

    Recém-casados
    O casal morto no acidente havia se casado há um mês e estava feliz com a chegada do bebê, que nasceria em fevereiro, contou Sebastião Benedito Messias dos Santos, tio do motorista do carro em que estavam as vítimas.

    Segundo ele, o casal de amigos e o sobrinho eram muito amigos e se reuniam todo o fim de semana em churrascos e eventos. “O marido dela trabalhava como marceneiro e tanto ele quanto a mulher esperavam ansiosos pelo término da construção da casa onde iriam morar. Eram pessoas muito queridas, foi uma fatalidade”, disse.

    Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de São Carlos. O velório e o enterro estão previstos para ocorrer ainda esta tarde em Dourado, segundo informou a família.



  • São Paulo: Cantor Nelson Ned é internado em estado grave

    O artista está com pneumonia em estado grave / Informações :G1 SP / Foto:Reprodução

    O cantor Nelson Ned, de 66 anos, foi internado na tarde deste sábado (4) no Hospital Regional de Cotia, em São Paulo. Segundo a assessoria da Secretaria Estadual de Saúde, o artista está com pneumonia em estado grave, porém, estável. Natural de Ubá, Minas Gerais, Nelson Ned fez fama como cantor de músicas românticas nos anos 60, quando já vivia no Rio de Janeiro. "Tudo passará" foi um de seus grandes sucessos. Em 2003, o cantor sofreu um acidente vascular cerebral. Ele vive em São Paulo, sob a guarda e cuidados de Neuma, uma de suas irmãs.



  • Governo cria tropa de choque de 10 mil homens para protestos na Copa

    Policial dispara contra manifestantes no Rio de Janeiro / G1 (Foto: Silvia Izquierdo/AP)

    O governo federal formou uma tropa de choque de 10 mil homens que irá apoiar as polícias militares nas 12 cidades-sede dos jogos da Copa do Mundo de 2014 para conter protestos violentos durante o evento.

     

    São os PMs que integram a Força Nacional de Segurança Pública, treinados desde 2011, segundo o diretor da unidade, coronel Alexandre Augusto Aragon. Eles tiveram o aperfeiçoamento intensificado neste ano após as manifestações de junho, durante a Copa das Confederações.

     

    Criada em maio de 2007 por uma lei sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Força é composta por PMs, policiais civis, bombeiros e peritos de todos os estados, que são voluntários e passam por um treinamento diferenciado antes de serem enviados para missões excepcionais e de caráter temporário.

     

    “A Força Nacional não é uma força comum. Somos convocados só para momentos de crise, só para missões específicas. Cheguei a ter 42 frentes de operações abertas ao mesmo tempo no país. Para a Copa do Mundo, formamos 10 mil homens em doutrinas de ações de choque, e estamos com condições de atuar em todas as 12 cidades-sede ao mesmo tempo”, afirma o coronel Aragon.


    O número de policiais treinados pela Força Nacional para controle de protestos é representativo quando se compara o efetivo das tropas de Choque dos estados: a maioria possui apenas um batalhão, contando com entre 100 e 200 homens com esta qualificação.



  • Com aulas obrigatórias em simulador, custo para tirar habilitação aumentará até 20%

    Bahia Noticias / Foto Reprodução

    O custo para tirar uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) aumentará até 20%, com a obrigatoriedade de cinco aulas em um simulador de direção instalado nas autoescolas. Antes da nova regra – que passou a valer no país esta semana, após resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) – o interessado em emitir o documento gastava, em média, R$ 1,2 mil, de acordo com a Federação Nacional das Autoescolas (Feneauto). Com a mudança, o custo subirá até R$ 250. A obrigatoriedade do uso do simulador é válida somente para a categoria B (habilitação para automóvel). As aulas no simulador, no entanto, não têm caráter eliminatório. Com duração de 30 minutos cada, as aulas devem ser realizadas obrigatoriamente antes do começo da parte prática. O custo médio de um simulador é de R$ 40 mil, mas é possível obter o aparelho por comodato. Em todos os casos, o custo é repassado para o consumidor. As autoescolas não são obrigadas a ter a máquina e podem dividi-la com outras empresas. A manutenção varia de mensalidades de R$ 750 a R$ 1.750 ou taxas de R$ 4 a R$ 15 por aula. Com isso, os centros de formação de condutores estimam que o preço médio da aula simulada seja de R$ 40, acima do que é pago pela prática, entre R$ 30 e R$ 35.



  • Monte Alegre de Minas: Integrante de banda da Bahia morre em acidente de carro

    BN com informações do G1 / Foto: Reprodução

    O produtor da banda baiana Bonde dos Playboys morreu nesta quarta-feira (1º) em um acidente de carro. O fato aconteceu no trevo da BR-153 com a BR-365, em Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro. O veículo seguia com 12 pessoas de Aparecida de Goiânia (GO), onde fez o show do Réveillon, para São Paulo (SP). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rômulo Andrade Gonçalves, de 24 anos, morreu na hora. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ituiutaba e deve ser encaminhado para São Paulo. A polícia informou ao G1 que o veículo seguia na rodovia e ao fazer o trevo, no quilômetro 58, o motorista perdeu o controle da direção e o micro-ônibus tombou. Outras quatro pessoas ficaram feridas no acidente.