BUSCA PELA CATEGORIA "BRASIL"

  • Bebê de dois meses morre após mãe dar cocaína a ele

    Um bebê de dois meses morreu na noite desta segunda-feira (5) depois que a mãe deu cocaína para ele. Segundo a Polícia Civil, a mulher foi presa em flagrante e confessou o crime. Logo após a prisão, a mãe do bebê foi filmada em um banco da delegacia rindo .De acordo com a polícia, Naiara Fernanda Bezerra, de 21 anos de idade, provocou a morte do menino ao colocar uma porção de cocaína na boca da criança O bebê foi encontrado caído no chão do banheiro de casa. Ao lado dele foram encontrados 21 pinos da droga. Vizinhos estranharam a movimentação na residência e chamaram a polícia.Segundo testemunhas, Naiara é usuária de drogas e também sofre de depressão .Ao ser presa, Naiara mostrou a língua para os jornalistas. R7



  • Sem acordo salarial, bancários de todo o País entram em greve nesta terça-feira

    Agências entram em greve nesta terça (Foto: Arquivo CORREIO)

    Após cinco rodadas frustradas de negociações com os patrões, bancários de todo o País decidiram entrar em greve a partir desta terça-feira, 6, por tempo indeterminado, segundo comunicado publicado nesta segunda-feira, 5, pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região. Entre as reivindicações, a categoria pede reajuste salarial de 16% (reposição da inflação mais aumento real de 5,6%), contra uma proposta dos bancos de 5,5%.

    Os bancários também querem vale-refeição e vale-alimentação no valor de um salário mínimo (R$ 788), manutenção do emprego e melhores condições de trabalho, com o fim das metas que consideram abusivas. Diante do impasse, assembleias em todo o Brasil definiram greve por tempo indeterminado a partir de amanhã. “Esperamos que os bancos retomem as negociações o mais rápido possível, com reajuste compatível com a riqueza do setor”, disse Juvandia Moreira, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários.

    Durante o período de greve, os caixas de autoatendimento vão continuar funcionando para atender a população. O Comando Nacional dos Bancários também encaminhou às instituições financeiras o calendário até a deflagração da greve (por lei, a greve deve ser aprovada em assembleia dos trabalhadores e, após isso, comunicada ao empregador com antecedência de 72 horas). 

    Em Salvador, houve assembleia na tarde desta segunda-feira (5), confirmando a greve e marcando para quarta à tarde uma passeata saindo da sede do sindicato, nas Mercês. "Temos de ter cuidado com a tentativa dos bancos de resgatar o abono. Só faremos acordo com aumento real. A rentabilidade do sistema financeiro está lá em cima. Não tem desculpa", diz o presidente da Federação da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza. (Fonte: redaçãocorreio24horas)

    CONTINUE LENDO


  • Famosos: Aos 9 meses, Dira Paes revela ter feito tratamento para engravidar

    (Foto: Reprodução/ Contigo!)

    Aos 9 meses de gravidez, a atriz Dira Paes, 46 anos, revelou que precisou recorrer a um tratamento de fertilização para a chegada do seu filho. O bebê, que ainda não teve o nome revelado pela família, deverá dar boas-vindas ao mundo no próximo dia 15, data em que Dira completa 10 anos de casada com o diretor de fotografia Pablo Baião. 

    Os dois também são pais de Inácio, 7 anos. “Há quatro anos venho tentando engravidar de novo. Só agora aconteceu”, contou ela em entrevista à revista Contigo!. Segundo ela, a decisão de ter um segundo filho também partiu do primogênito.

     “O desejo de ser mãe é muito físico, você quer ter outro bebê!”, conta. Ela compara: “Ser mãe é a segunda chance de você reaprender tudo, de fazer melhor do que já fez. É como o take 2 de uma cena, só que dura o resto da vida”.  ([email protected])



  • PREFEITO É ASSASSINADO A TIROS - VEREADOR É O SUSPEITO!

     O prefeito de Elias Fausto (SP), Laércio Betarelli (PSDB), de 58 anos, foi assassinado com seis tiros na manhã desta sexta-feira (2). A informação foi confirmada pela Polícia Civil e pela Guarda Municipal. O crime aconteceu na Rua Amadeu Patelli, no bairro Carimã. Por volta das 11h45, o
    corpo foi removido do local e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Piracicaba (SP). A área continua isolada, mas um grande grupo de pessoas se aglomerou em volta do cadáver. O delegado do município, Gillis Scrocca, afirmou que busca gravações de circuitos de segurança de comércios próximos ao local para tentar identificar os suspeitos. "Estamos trabalhando muito. Já tentamos as imagens, vamos aguardar os laudos da perícia e trabalhar forte na investigação", disse. De acordo com a Guarda Municipal, Betarelli estava no bairro Carimã para visitar uma obra de canalização de um córrego quando uma caminhonete se aproximou e um suspeito fez os disparos.
    O prefeito foi sozinho ao local, o que seria um hábito dele, também conforme informações da Guarda. A corporação informou ainda que maior parte do efetivo estava fora da cidade, em um curso na cidade de Capivari (SP).



  • Estados usam aumento de impostos para evitar déficit nas contas em 2016

    Depois de o governo federal entregar ao Congresso Nacional um projeto de Orçamento para 2016 prevendo déficit (despesa superior à receita) de R$ 30,5 bilhões, 15 estados e o Distrito Federal apresentaram as propostas orçamentárias às Assembleias Legislativas prevendo equilíbrio nas contas públicas (gastos iguais às receitas), segundo levantamento do G1.

    Apesar da previsão de equilíbrio, alguns estados entregaram as propostas contando com a aprovação de receitas incertas, como o aumento de impostos.

    Somente três estados entregaram as propostas orçamentárias com previsão de déficit, assim como a União: Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Sergipe.

    Outros oito governos estaduais ainda não apresentaram as peças orçamentárias por ainda terem prazo  para enviar as propostas para as Assembleias Legislativas, de acordo com leis estaduais: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia e Tocantins.

    Receitas incertas
    Nas propostas orçamentárias para 2016, muitos estados apostaram em "maquiar" a previsão de receitas, contando com a aprovação, pelos deputados estaduais e distritais, de pacotes de aumento de impostos para aumentar a arrecadação e fechar o ano sem déficit.

    Um dos casos mais emblemáticos é o Distrito Federal. Desde que assumiu o governo, Rodrigo Rollemberg (PSB) tem apontado dificuldades para fechar as contas e solucionar a crise financeira vivida pelo DF. O governo prevê, para 2016, gastos na casa de R$ 32,6 bilhões, com a mesma previsão de arrecadação.

    Apesar disso, R$ 1,6 bilhão previsto na arrecadação do DF são de receitas incertas. O governo do Distrito Federal apresentou um pacote anticrise com previsão de aumento de impostos, suspensão de concursos públicos, redução em 20% dos gastos com comissionados, corte de oito secretarias e redução dos salários de cargos de natureza política – incluindo o de Rollemberg e o do vice-governador, Renato Santana.

    A implantação desse conjunto depende de aprovação da Câmara Legislativa. Caso os distritais não aprovem parte do pacote, a tendência é que o Distrito Federal feche 2016 com déficit, diferentemente do previso inicialmente.

    Outros estados, como Pernambuco e Tocantins (que ainda não enviou o orçamento de 2016), também mandaram pacotes de aumento de impostos para votação nas Assembleias Legislativas.

    Pernambuco
    Em Pernambuco, a previsão é de gastos e receitas iguais, R$ 31,04 bilhões.

    Para fechar o ano que vem em equilíbrio, o governo pernambucano enviou propostas para elevar as alíquotas do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), ICMS (sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e ICD (sobre Causa Mortis e Doação), que foram aprovadas pelos deputados e serão elevadas a partir de 1º de janeiro de 2016.

    Com os reajustes, o governo de Pernambuco espera aumentar a arrecadação estadual em R$ 487 milhões já em 2016.

    Tocantins
    Já no estado do Tocantins, o governo ainda não mandou para a assembleia a proposta orçamentária, mas já enviou propostas para elevar as alíquotas de ICMS e IPVA, aprovadas pelos deputados estaduais. Com isso, o estado deve arrecadar até R$ 160 milhões por ano, a partir de 2016.

    Rio de Janeiro
    Durante o levantamento, o governo do Rio de Janeiro enviou duas respostas diferentes ao G1.

    Inicialmente, em entrevista , o governador do estado, Luiz Fernando Pezão, afirmou que a previsão do Rio era de déficit de R$ 11 bilhões em 2016.

    Apesar disso, a proposta orçamentária enviada pelo governo à Assembleia Legislativa prevê equilíbrio fiscal, com gastos e receitas estimados em R$ 79 bilhões.

    Procurada novamente pelo G1, a Secretaria de Fazenda do Rio de Janeiro enviou a seguinte resposta: "Não existe déficit no Orçamento. O Orçamento enviado para a Alerj é um Orçamento equilibrado, que prevê R$ 79 bilhões de receita, o mesmo volume de despesa. Ele [Luiz Fernando Pezão] tem falado esse número [déficit de R$ 11 bilhões], que foi apresentado para ele há cerca de um mês. Só que isso mudou à medida que o orçamento foi sendo confeccionado”.

    No estado, os deputados já aprovaram projeto de lei do governo que altera regras e alíquotas na arrecadação do IPVA. A expectativa de arrecadação do governo com o aumento do imposto é de pelo menos R$ 500 milhões por ano, a partir de 2016.

    Déficit
    Dos 26 estados e Distrito Federal, apenas três enviaram as projeções de orçamento para o próximo ano com déficit: Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Sergipe.

    Em Minas, o governo estima que as receitas do estado serão da ordem de R$ 83,1 bilhões, enquando os gastos girarão em torno de R$ 92 bilhões – um déficit de R$ 8,9 bilhões.

    Em Sergipe, a previsão é de que o governo arrecade R$ 8,29 bilhões em 2016, e gaste R$ 8,63 bilhões. Assim, o estado prevê déficit nas contas públicas da ordem de R$ 347 milhões.

    Já no Rio Grande do Sul, a previsão de déficit é de R$ 6,2 bilhões – a receita está prevista em R$ 56,3 bilhões, enquanto as despesas serão de R$ 62,5 bilhões.

    O estado enfrenta uma crise financeira considerada sem precedentes pelo governo gaúcho. Sem dinheiro no caixa, o Rio Grande do Sul já não consegue mais pagar os salários do funcionalismo em dia e é obrigado a retardar o pagamento de contas para os meses seguintes, como a dívida com a União.

    As contas gaúchas já foram bloqueadas em mais de uma ocasião devido aos atrasos no pagamento da dívida com o governo federal. A Justiça chegou a estipular multa de R$ 50 mil por dia para o governo em caso de atraso do pagamento do salário dos servidores. A decisão, porém, foi suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

    * Colaboraram Fernanda Calgaro, Laís Alegretti e Nathalia Passarinho, do G1, em Brasília, e G1 AL, G1 AC, G1 AM, G1 AP, G1 BA, G1 CE, G1 DF, G1 ES, G1 GO, G1 MA, G1 MS, G1 MT, G1 MG, G1 MS, G1 PA, G1 PB, G1 PR, G1 PE, G1 PI, G1 RJ, G1 RN, G1 RO, G1 RR, G1 RS, G1 SC, G1 SE, G1 SP e G1 TO.

    CONTINUE LENDO


  • Jaques Wagner vai assumir Casa Civil com missão de debelar a crise

    Ex-governador da Bahia, ministro da Defesa substituirá Mercadante, alvo de críticas de Lula e do PMDB (Foto: José Cruz/ABr)

    Depois de perder espaço no primeiro e segundo escalões do Palácio do Planalto desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), a base aliada ao governo no estado emplacou um de seus líderes no comando no mais alto cargo da Esplanada dos Ministério. Ontem, em meio à dança do poder em Brasília, o ministro da Defesa, Jaques Wagner, foi confirmado como novo chefe da Casa Civil de Dilma.

    A troca de Wagner pelo atual ocupante da pasta, Aloizio Mercadante, foi informada pela presidente à cúpula do PMDB pela manhã. Antes, Dilma já havia acertado com Mercadante sua transferência para o Ministério da Educação, pasta que ele já comandou e que atualmente é chefiada pelo filósofo Renato Janine Ribeiro, nomeado para o cargo  em abril deste ano.

    A troca na Casa Civil atende a pressões do PMDB e do ex-presidente Lula, que enxergam em Mercadante um fator desagregador para o Palácio do Planalto. Para ambos, sua permanência no cargo  contribuía para agravar a crise política que ameaça consumir a governabilidade.

    Segundo líderes peemedebistas, a troca de Mercadante por Wagner, defendida por Lula desde a montagem da nova equipe de Dilma, vai atender principalmente o PT, mesmo que a legenda perca ministérios  na reforma prevista para ser anunciada hoje. A explicação para o paradoxo está no perfil do futuro ocupante da Casa Civil.

    Trânsito
    Além do apoio incondicional de Lula e da proximidade com a presidente, Wagner tem melhor trânsito dentro do PT do que Mercadante. Ao mesmo tempo em que encampa a defesa do governo, consegue dialogar com a ala petista insatisfeita com as políticas de ajuste fiscal.

    Ao ser confrontado com os escândalos de corrupção envolvendo o PT, costuma repetir que “existem os santos e os diabos em todos os partidos”. Ao falar sobre economia, afirma que não acredita nem em liberdade total ao mercado nem em intervencionismo exacerbado do Estado. 
    Wagner também goza de um retrospecto favorável em momentos de extrema dificuldade. Há cerca de dez anos, auge do mensalão no primeiro governo Lula, assumiu a articulação política do Planalto e teve papel crucial para debelar a crise.  A seu favor, pesa ainda seu perfil conciliador. O que lhe rendeu fama ao transitar bem no PT, partidos aliados e a oposição.

    Assediado pela imprensa, ontem, Wagner negou convite para assumir o novo posto do Planalto, mas se posicionou como autêntico chefe da casa Civil. O que inclui projeções sobre o modelo futuro da articulação política do governo Dilma após a reforma administrativa e ministerial.
    Após participar de audiência na Comissão de Relações Exteriores da Câmara, Wagner foi diplomático. Primeiro, disse que não recusará uma nova missão no governo. Em seguida, elogiou Mercadante. Por fim, deixou nas entrelinhas sua ida para a Casa Civil.

    “Como tenho essa fama de adepto do diálogo, e as pessoas acham que há dificuldades nessa área, as pessoas acham que eu posso contribuir. Mas não acredito em ninguém que seja solucionador isolado”, afirmou.

    Segundo Wagner, a articulação política com o Congresso deverá ficar por conta de uma “Secretaria de Governo”. As atribuições da Casa Civil e da atual Secretaria de Relações Institucionais terão funções diferenciadas para “azeitar a relação”, antecipou o ministro. “Não pode ter duas ou três cabeças fazendo a mesma negociação. Acaba que não funciona. No dito popular, quando muita mão mexe no feijão, acaba não dando bom resultado”, afirmou.

     

    Trocas
    Enquanto as mudanças na Casa Civil repercutiam na imprensa e redes sociais, a dança de cadeiras no Planalto ganhava contornos oficiais. No início da noite, o Ministério da Educação confirmou, em nota, a saída de Renato Janine do cargo responsável por levar adiante a “Pátria Educadora” prometida por Dilma na posse. Em seu lugar, assume Mercadante, o terceiro na pasta em menos de dez meses.

    Com a ida de Jaques Wagner para a casa Civil, o cotado para assumir o Ministério da Defesa é o atual ministro da Ciência e Tecnologia, Aldo Rabelo. Por sua vez, a realocação abre outro espaço na Esplanada. Nesse caso, há duas hipóteses.

    Uma é usar a vaga para atrair o PSB de volta à base, o que inicialmente foi rejeitado pelos cardeais do partido. A segunda, mais provável, é dar o cargo para o PMDB, que também ficou com a Saúde. O nome forte para o lugar de Aldo é o do deputado Celso Pansera (RJ).

    Lula pede a petistas que aceitem perdas para ajudar governo Dilma
    Com o PT ameaçado de perder espaço no governo após a reforma ministerial, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com a executiva nacional do partido ontem e pediu aos dirigentes petistas que aceitem a perda de ministérios e cargos do primeiro escalão para ajudar a presidente Dilma Rousseff a enfrentar a crise política.

    No encontro, que ocorreu na sede do Diretório Nacional do PT, em São Paulo, Lula afirmou que a reforma é necessária para garantir governabilidade à presidente. No entanto, disse que “Dilma fez agora o que deveria ter feito em novembro”, após se reeleger, segundo relataram participantes do encontro.

    O ex-presidente disse aos aliados que Dilma e o PT precisam vender para a sociedade a ideia de que as mudanças no Ministério não foram feitas para evitar a abertura de um processo de impeachment contra a presidente no Congresso, mas para ajudar o país a superar a crise econômica que atravessa.

    Na ocasião, membros da executiva reforçaram a insatisfação com a política econômica e a necessidade de transformá-la para atender à base social petista. O ex-presidente concordou com as críticas e sugeriu alternativas como o aumento de linhas de crédito do BNDES para financiar investimentos em construção civil, serviços e setores que poderiam reativar o consumo e a recuperação da economia. 
    Petistas relataram que Lula pediu aos integrantes da executiva nacional que se assumam como dirigentes da sigla viajando o Brasil, “de barco, de ônibus, de moto”.

    CONTINUE LENDO


  • Cantor brumadense se emociona ao ter encontro com vocalista do A-ha no Copacabana Palace na manhã desta quarta-feira (30) 

    O cantor brumadense FannLeite da Silva, o popular e carismático Fann Estourado mostra que está em sintonia com as novas tendências da música contemporânea, buscando as últimas inovações do mercado para dar uma dimensão ainda maior à sua carreira musical. Dentro deste novo planejamento, Fann viajou para o Rio de Janeiro para buscar novos contatos e novas influências para o seu repertório e, na manhã desta quarta-feira (30) teve um encontro mais que especial com o vocalista norueguês da Banda A-ha, Morten Harket, que está com 53 anos e que deu uma atenção muito especial ao artista brumadense, solicitando até um tradutor para que o diálogo fosse o mais agradável possível. “Foi uma emoção indescritível se encontrar com um dos maiores vocalistas da história da música pop. Ele foi muito legal e me tratou de uma forma que não tive como conter a emoção”, citou Fann que ainda fez questão de descrever que “esse encontro foi muito especial e inesquecível”.  Vale lembrar que a Banda Norueguesa A-ha foi uma das grandes atrações do Rock In Rio, edição 2015, fazendo um show antológico, resgatando a velha nostalgia dos anos 80, comprovando que para a música ninguém envelhece. 

    Cantor brumadense se emociona ao ter encontro com vocalista do A-ha no Copacabana Palace na manhã desta quarta-feira (30) 


  • Polícia retirou seis corpos da casa de pintor em favela na Zona Sul de SP

    Pintor suspeito de matar e ocultar cadáveres em casa no Jabaquara (Foto: Reprodução/TV Globo)

    A Polícia Civil retirou seis corpos da casa do pintor de parede Jorge Luz Morais de Oliveira, preso na sexta-feira (25), acusado de matar um jovem homossexual, na Favela Alba, no Jabaquara, Zona Sul de São Paulo, segundo o Bom Dia Brasil. Foram familiares de uma mulher desaparecida que encontraram, por conta própria, nesta segunda-feira (28), novos restos mortais na casa do pintor. Segundo a delegada Nilze Scapulatiello, do 35º Distrito Policial, roupas, calçados e ossos foram recolhidos da casa e levam à polícia a acreditar que pessoas tenham sido mortas e enterradas na casa do pintor.

    Polícia retirou seis corpos da casa de pintor em favela na Zona Sul de SP
    "Tem homem, tem mulher, tem roupa de criança. Eu peguei todas as pessoas desaparecidas que eu tenho registro na área, pra informar, chamar parentes, reconhecer roupa, algum detalhes que não é pra nós, tem vários sapatos, sandálias, mas a família pode reconhecer", disse. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi à casa do pintor na manhã desta terça-feira (29) para avaliar se novas escavações para buscas de outros restos mortais serão feitas. A polícia também encontrou fotos de seis pessoas na casa do pintor e vai investigar se elas estão desparecidas. Até agora, só o corpo do vizinho foi identificado. O assassinato que levou à prisão do pintor ocorreu na noite da última quarta-feira (23), na residência dele, localizada na Rua Professor Francisco Emydio da Fonseca. Ele confessou que matou Carlos Neto Alves Júnior, de 21 anos, e decidiu se entregar após pedido da própria mãe. Depois da detenção, a polícia ainda encontrou ossos e restos mortais de outras possíveis vítimas na casa. O local do crime já estava liberado pela polícia nesta segunda após a conclusão do trabalho da perícia. Os peritos, no entanto, não haviam recolhido os vestígios encontrados pela mãe e pela companheira da desaparecida. A estudante Renata Christiana Pedrosa, de 33 anos, desapareceu em janeiro deste ano. Ela, que é homossexual, morava com uma companheira em um apartamento também na região do Jabaquara. Usuária de drogas, costumava comprar maconha para consumo próprio na favela onde o pintor vivia. Os dois, no entanto, não se conheciam, garante a família. Desde o sumiço da filha, Maria de Fátima Pedrosa começou o que classificou como "trabalho de detetive" ao lado da nora. Juntas, elas deram início a uma busca em paralelo às ações da polícia. Como o último registro do GPS do celular de Renata apontava para a região da favela, elas decidiram concentrar os esforços na área. A mãe conta que chegou até a encontrar com Jorge Luiz em um dos muitos dias de busca. Na oportunidade, perguntou pela filha e mostrou até uma foto ao pintor, que negou já tê-la visto por ali. Jorge já tem passagem por dois homicídios e cumpriu 17 anos de pena, segundo a Polícia Civil. Moradora do Rio de Janeiro, Maria de Fátima diz que está "fazendo plantão" em São Paulo desde o começo do ano. Quando ficou sabendo do caso pela TV, não teve dúvidas: foi novamente ao local. Cansada de esperar pelo trabalho da polícia que, segundo ela, afirmava que Renata estava viciada em crack e morando na rua, na manhã de segunda-feira (28), ela e a nora compraram uma pá e decidiram entrar na casa do pintor para ver se encontravam alguma pista ou pertence da estudante. Utilizando a ferramenta e também as próprias mãos, elas cavaram e vasculharam a residência até encontrar objetos, como calcinha e meias, e também restos mortais. Nenhum dos itens, no entanto, foi reconhecido pelos familiares como de Renata. "Só vou acreditar [que a filha está entre as vítimas] se eu vir alguma coisa dela, ou o DNA, que ainda vai ser feito. Se eu vir o celular ou alguma joia que ela estava... Qualquer coisa assim. Até que me provem o contrário. O que escavamos foi pele, ossos de algum tempo. Nada que provasse que minha filha estava ali", afirmou Maria de Fátima. Delegada isenta peritos A delegada Nilze Scapulatiello fez questão de isentar de culpa os peritos - a quem classificou como "eficientíssimos" - por não terem encontrado ou recolhido os vestígios desenterrados pelos familiares de Renata. "Não é que a perícia não tenha encontrado. No momento, não foi detectado. Você olha lá, pode ser um pedacinho de algodão e que não tem identificação, não tem ninguém na hora dizendo 'isso aqui é da minha filha'. Agora, não. Agora as pessoas estão nos procurando", explicou ela. Ainda segundo Scapulatiello, as equipes responsáveis "fizeram todo o trabalho de investigação, perícia para o local, tudo que foi possível fazer num fim de semana chuvoso e sem nenhuma informação". Um novo trabalho de perícia foi solicitado nesta segunda-feira. O local, agora, está sendo preservado pela Polícia Militar. Perguntada se houve falha da perícia, Scapulatiello foi direta: "Não falhou. Ninguém falha. As coisas tem que ser complementadas com as notícias que você vai recebendo", completou.
    CONTINUE LENDO


  • CFM define regras em redes sociais proíbe selfies de médicos no trabalho

    O Conselho Federal de Medicina (CFM) alterou as regras que definem a conduta dos profissionais da área em relação às redes sociais e à divulgação do trabalho que realizam. Segundo a resolução 2.126/2015, os médicos não poderão publicar selfies em situações de trabalho, como durante a realização de procedimentos médicos, nem fazer a divulgação de imagens de "antes e depois", utilizadas especialmente por especialistas que fazem intervenções estéticas. As normas, que ainda serão publicadas no Diário Oficial da União, alteram resolução de 2011 e foram reformuladas após a reclamação de pacientes que sentiram que tiveram a privacidade violada."Tivemos pessoas incomodadas com alguns tipos de ação que feriam a privacidade e a intimidade, que são direitos constitucionais. Não foi fácil chegar a essa redação, mas conseguimos dar forma aos anseios da sociedade", diz Emmanuel Fortes, diretor de fiscalização do CFM. Casos de fotografias durante cirurgias e após partos, mostrando os pacientes inclusive em situações constrangedoras motivaram a mudança. "Antes da edição da resolução, teve a imagem de um profissional segurando um bebê e, ao fundo, a mãe na posição de parto e com o cordão umbilical ainda nas partes íntimas. Isso viola a intimidade e temos de garantir isso aos pacientes", criticou. A proibição do "antes e depois" tem como objetivo proteger o paciente de técnicas que podem trazer resultados inesperados. "Nossa preocupação é que o médico não pode garantir resultados. O paciente precisa saber que nem sempre vai ter aquilo que o 'antes e depois' acaba induzindo, principalmente em procedimentos estéticos e dermatológicos", explicou. As novas regras determinam ainda que os médicos não vão poder fazer propagandas de produtos e empresas, assim como de técnicas não reconhecidas pelo CFM. Outra ação que está na mira do conselho é o uso das redes sociais para a divulgação do trabalho de profissionais por meio de elogios de pacientes. "Descobrimos que pacientes faziam reiterados agradecimentos aos médicos, mas era um acordo entre médico e paciente para fazer a divulgação e angariar clientela", contou. Bahianoticia.



  •  'Prefeita ostentação’ se entrega à Polícia Federal no Maranhão

    Procurada há mais de um mês pela polícia, a prefeita de Bom Jardim – no Maranhão, entregou-se nesta segunda-feira (28) à Polícia Federal (PF). De acordo com a Exame, a “prefeita ostentação” é suspeita de desviar mais de R$ 15 milhões da educação municipal, enquanto as escolas da cidade estão sucateadas. A denúncia feita pelo Ministério Público contra a prefeita alega fraudes em licitações para compra de materiais de construção, mobiliário e merenda para escolas no ano passado.  Em outubro, Lidiane reduziu os salários dos professores da rede municipal de ensino. Entre as pessoas com 15 anos ou mais que vivem em Bom Jardim, cerca de 32% não sabem ler ou escrever. A média no Brasil é 8,3%. No grupo de pessoas com mais de 60 anos, quase 70% é analfabeta. Sem qualquer vínculo com a política até 2012, Lidiane se candidatou para comandar a prefeitura da cidade depois que o então namorado Humberto Dantas dos Santos - conhecido como Beto Rocha -  teve a sua candidatura impugnada pela Lei da Ficha Limpa na chapa do PRB.  Aos 22 anos, ela foi eleita com a promessa de que serviria ao parceiro na prefeitura, a quem designou como secretário de Assuntos Políticos. Desde 2002, Lidiane foi afastada três vezes do cargo suspeita de envolvimento em casos de corrupção. Há relatos de que ela comandava Bom Jardim por meio de um grupo no WhatsApp enquanto morava a 277 quilômetros de distância na capital, São Luís. No início do ano, ela rompeu o relacionamento com Rocha, que pediu demissão do cargo. Ele é acusado de liderar o esquema de desvios de recursos da Educação do município. Na última sexta, ele teve a prisão preventiva revogada.



  • Homem é preso pilotando moto nu em Teresina e questiona:

    Homem pelado foi preso pela PM (Foto: Reprodução/Facebook)

    Um homem foi preso no final de semana ao pilotar uma moto sem roupas em Teresina, capital do Piauí. Levado para a delegacia, ele foi autuado em flagrante por atentado ao pudor. Ao ser abordado por um policial, ele ainda questionou: "pode andar nu não?". Toda a cena foi filmada e compartilhada no Facebook.
    "Ele não soube explicar o porquê estava andando pelado, em uma avenida, simplesmente só sorria para o pessoal que fazia vídeos dele. Os policiais o encaminharam para a Central de Flagrantes, onde foi autuado por atentado ao pudor, crime punível com pena de seis meses a dez anos de prisão", disse ao G1 o capitão Nivaldo, da Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran).

    Além de estar nu, o homem também estava sem acessórios obrigatórios para andar de moto, como capacete e calçado adequado, segundo o capitão.

     



  • Petrobras vai demitir cinco mil funcionários terceirizados

    Diante da necessidade de forte contenção de despesas, para fazer frente ao agravamento da sua situação financeira, a diretoria executiva da Petrobras aprovou, nesta semana, o corte de cerca de cinco mil funcionários terceirizados.

    As demissões, já iniciadas há duas semanas, decorrem de rescisões ou não renovações de contratos com fornecedores e prestadores de serviços. Mesmo com os cortes já definidos, a estatal não descarta ampliar o número de demissões para reduzir ainda mais seus custos.

     



  • Jovem que diz ser de Brumado está perdido em São Paulo

    Foto divulgação

    Um rapaz que aparentemente tem algum tipo de disturbio mental foi encontrado perdido em São Paulo. Manoel Novais, um morador da Ermelino Matarazzo, viu o rapaz sentado e batendo com um pedaço de madeira no chão, por nao parecer violento o morador o alimentou, tirou a foto acima e ao fazer algumas perguntas o rapaz disse que se chama Henrique e que a sua mãe se chama Rosana; disse ainda, que tem um irmão chamado renato e o padastro que se chama Isaque e que todos moram em Brumado/Ba. Se alguém tiver alguma informação de parentes desse rapaz entre em contato através com a pessoa que o viu nas ruas de São Paulo, clique aqui.



  • Deputado contrata empresa por R$ 70 mil para atualizar seu perfil no Facebook, diz coluna

    Foto: Gustavo Lima/ Agência Câmara

    O deputado federal Cabo Daciolo faz a Câmara dos Deputados pagar R$ 70 mil, desde o começo do ano, à empresa Swell Home Office para atualizar seu perfil no Facebook. De acordo com a coluna Radar Online, de Época, a empresa está registrada no nome de Fabíola de Oliveira Pereira, mulher do sargento dos Bombeiros Cláudio Vinícius Pereira, do Rio de Janeiro. O agente é amigo e cabo eleitoral de Daciolo. O parlamentar é conhecido por querer mudar a Constituição para dizer que o poder emana de Deus, não do povo. 



  • Foto de policiais bonitões causa alvoroço nas redes sociais:

    magem publicada no Facebook já teve quase 9 mil curtidas (Foto: Reprodução)

    Uma foto publicada na página da Polícia Civil de São Paulo no Facebook  causou um verdadeiro alvoroço nas redes sociais. Na imagem divulgada na segunda-feira (14), dois delegados bonitões identificados como Adriano e Rodrigo Salgado posam com colete e armas. 

    O sucesso foi imediato - mais de 8 mil pessoas já curtiram a foto, mais de 3 mil compartilhamentos também foram feitos, e o post também contabiliza quase 1.500 comentários. A dupla cultiva diversas admiradoras, que deixaram diversas cantadas na foto.

    "Dr. Adriano, me passa o whats, quero fazer uma denúncia...", escreveu uma internauta. "Socorro. Acabei de matar alguém. Chama eles, sou perigosa", brincou outra. "Pode me prender! Eu sou uma criminosa de alta periculosidade", disse uma seguidora animada.

    De acordo com o jornal Extra, a assessoria de Polícia Civil de São Paulo não confirmou se os dois homens na imagem são mesmo delegados, e disse que a página que publicou a foto não é a oficial da corporação no Facebook. 

    Mas a ressalva não impediu o sucesso causado pelas fotos dos policiais. "Acabaram de roubar meu coração", anunciou uma fã. "Acabei de roubar uma joalheria , podem me revistar", pediu outra.