BUSCA PELA CATEGORIA "BRASIL"

  • Aulas de direção em simuladores não são mais obrigatórias

    G1 / Foto: Reprodução

    Aulas de direção em simuladores não são mais obrigatórias, decidiu o Conselho Nacional de Trânsito, quatro anos depois de obrigar autoescolas a providenciar simuladores.

    Ao todo, seriam cinco aulas depois da parte teórica, antes de o candidato passar para a parte prática. Os CFCs (Centros de Formação de Condutores) reclamaram da medida por causa do preço dos simuladores, cerca de R$ 38 mil. Eles também questionaram a eficácia da resolução. Grande parte nem chegou a comprar.

    A Câmara dos Deputados rejeitou, em abril, um projeto que confirmava a norma do Contran e outro, que derruba a determinação, está pronto para ser votado no plenário.

    A resolução do conselho é de 2010. As autoescolas teriam três anos para cumpri-la, prazo que venceu em junho do ano passado. Mas foi prorrogado.

    Depois de dois adiamentos, o Conselho Nacional de Trânsito decidiu que não será mais obrigatório o uso dos simuladores nas autoescolas. Quem quiser usar, poderá usar o equipamento como opção às aulas práticas noturnas.

    Instrutores dizem que o simulador não vai fazer falta. Eles chegam a comparar o equipamento a um videogame. “Eu prefiro que o aluno esteja na prática, no trânsito, dirigindo, jogando farol, ligando seta, vendo o perigo que ele está correndo. Então, ele vai ter uma noção bem maior do que ele ficar sentado no videogame”, defende o instrutor Valdenison Ferreira.



  • Pastor simula sequestro para esconder da esposa traição, diz polícia

    Carro do pastor foi achado em rua perto da casa dele (Foto: Rádio Catarinse/Divulgação)

    Um pastor de 43 anos inventou ter sido sequestrado para enganar a mulher em Joaçaba (SC), segundo a Polícia Civil. Ele confessou que simulou ter sido levado por bandidos porque estava com outra mulher e queria dar uma justificativa à esposa para sua demora para chegar em casa. Por conta da denúncia de sequestro, a polícia se envolveu no caso na quinta-feira. Um amigo do pastor foi quem chamou policiais e até o Corpo de Bombeiros participou da investigação. O pastor estava em uma rua perto de casa. Ele registrou uma ocorrência na PM dizendo que foi sequestrado por três homens em um carro azul. A polícia logo desconfiou da versão, já que durante o atendimento ele se mostrou nervoso. A PM o localizou dentro do carro. Ele foi levado a um hospital, onde foi atendido e liberado. Em depoimento à polícia, ele passou 2 horas sustentando a versão de sequestro. O pastor narrou que os suspeitos deram um golpe em sua nuca para o dominarem. Disse ainda que os sequestradores, que eram três, alegaram agir em represália ao seu trabalho ajudando dependentes químicos a se recuperarem. Mas ao longo da madrugada desta sexta, o pastor mudou a versão e disse que não foi sequestrado. Ele contou que inventou a história porque enquanto estava fora de casa a esposa o ligou 13 vezes. O pastor vai responder por falsa comunicação de crime.



  • Brasil tem mais foragidos da Justiça que vagas em presídios, diz CNJ

    BN Informações do UOL. / Foto: José Braga Neto / CNJ

    O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de países com maior população carcerária, mas o número de presos deveria ser bem maior. No país, 373.991 pessoas possuem mandados de prisão em aberto – número superior ao de 357.219 lugares vagos em presídios.  Os dados são de um levantamento inédito divulgado nesta quinta-feira (5) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Caso os foragidos fossem presos pela polícia, o total de detidos ultrapassaria 1 milhão de pessoas – o que faria com que o déficit de vagas chegasse a 732 mil lugares. Apesar do levantamento não trazer dados regionais, em alguns estados o número de foragidos é até maior que a população carcerária, como é o caso do Maranhão. "Se esses mandados fossem cumpridos, [o sistema carcerário do MA] viraria um inferno", chegou a afirma o juiz da Vara de Execuções Penais, Fernando Mendonça.  No ranking da população carcerária, o Brasil está atrás apenas dos Estados Unidos e da China, que têm, respectivamente, 2.228.424 e 1.701.344 presos. 



  • Palmas de Monte Alto: Bandidos assaltam ônibus da empresa Novo Horizonte

    O ônibus seguia de Guanambi, sentido Canabrava no município de Malhada / Foto: Reprodução

    O ônibus da empresa Novo Horizonte que seguia de Guanambi, sentido Canabrava no município de Malhada, foi assaltado na BR-030, próximo a EBDA. Segundo o motorista José Albina Frota, dois indivíduos acenaram para veículo parar e ao adentrar no ônibus anunciaram o assalto. Com as armas em punho os bandidos anunciaram o assalto e levaram a quantia de R$ 160,00 e fugiram numa motocicleta sentido Guanmabi. Informações do Folha do Vale.



  • Com prazo mais curto, inscrições para o Sisu começam nesta segunda (2)

    As inscrições começam nesta segunda (2)

    Começam nesta segunda-feira (2) as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pela internet. Os candidatos devem ficar atentos aos prazos. Este ano, eles terão apenas três dias para se inscrever, até quarta-feira (4). Para participar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado e não ter zerado a redação.

     

    O Sisu oferece vagas em instituições públicas de ensino. O número de vagas nesta edição cresceu 29% em comparação ao mesmo período do ano anterior, chegando a 51.412 em 67 instituições. O número de cursos também teve aumento, passando de 1.179, em junho de 2013, para 1.447 em 2014.

    Neste semestre, 41% das vagas serão destinadas às cotas e 3% para outros tipos de ações afirmativas próprias das instituições. Os cursos de medicina e engenharias aumentaram o número de vagas.  Serão 1.374 em medicina, um acréscimo de 847 em relação ao ano passado, e 2.550 mais nas engenharias, somando 8.707 vagas abertas.

     

    Durante o período de inscrição, o candidato poderá consultar, em seu boletim na página do Sisu, a classificação parcial na opção de curso escolhido. Até o dia 4 também é possível mudar de opção. O sistema vai considerar a última inscrição confirmada.



  • Acre: Caminhoneiro acorda com lanterna no ânus e alega ter sido dopado

    Bahia acontece / Foto: divulgação / AC24horas

    Um caminhoneiro que não teve o nome divulgado, pode ter sido vítima de uma mulher que o aplicou um “Boa Noite Cinderela”, ao passar a noite juntos. O resultado foi no mínimo, inusitado. Ele teve que passar por um procedimento no Hospital Regional de Vilhena, em Rio Branco, no Acre, para retirada de uma lanterna que estava alojada em seu ânus. O caminhoneiro foi anestesiado para passar pelo procedimento, que durou dez minutos. Ele havia chegado ao hospital se queixando de de um suposto problema de hemorroida, mas os exames de raio-X, no entanto revelaram que o motorista tinha uma lanterna presa no ânus. Antes de receber alta médica, o profissional do volante, que está levando um carregamento de madeira de Rio Branco (AC) para o interior de Minas, deu sua versão para o curioso episódio. Ele disse que parou em Porto Velho e desceu num bar, onde ingeriu bebidas alcoólicas com uma mulher desconhecida. O homem alegou que a estranha com a qual havia passado a noite teria colocado “alguma coisa” em sua bebida. Vítima do suposto golpe conhecido como “Boa Noite, Cinderela”, ele teria “apagado” dentro do próprio caminhão e, ao acordar, começou a sentir o incômodo. O caminhoneiro confirmou que, mesmo sentindo fortes dores, veio dirigindo da capital até Vilhena, num trecho de 700 km. Ele só resolveu parar e procurar ajuda porque, além das cólicas, não conseguia defecar. Depois da cirurgia e com a receita dos medicamentos que precisará tomar na estrada, o homem entrou no caminhão que havia deixado no pátio do hospital e foi embora. 



  • Galvão Bueno ganha salário de R$ 5 milhões, diz jornal

    Galvão Bueno ganha quase o dobro que Faustão, diz jornal Reprodução/Facebook

    Galvão Bueno teria superado o apresentador Fausto Silva e seria atualmente o maior salário da Globo.

    De acordo com informações do jornal O Dia, desta terça-feira (27), o narrador esportivo leva R$ 5 milhões por mês e ainda leva muito mais quando faz publicidade.  

    Segundo a publicação, o valor é quase o dobro do salário de Faustão, o segundo mais bem remunerado da emissora.  



  • Marido pagou R$ 15 mil pelo assassinato da mulher grávida, diz polícia

    Rodrigo Cuzzuol foi preso na última sexta-feira (23) Reprodução Rede Record

    A Divisão de Homicídios de Niterói procura os dois prováveis responsáveis por aplicar as facadas que mataram Suelen Salles, de 26 anos, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio. O crime aconteceu em abril e, segundo a polícia, foi realizado a mando de Rodrigo Cuzzuol, marido da vítima, que teria pago R$ 15 mil pelo assassinato.

    Suelen estava grávida de seis meses quando foi atacada. A amante de Cuzzuol, Flávia da Silva Ramos, foi a primeira suspeita a ser presa. Na delegacia, ela acusou Cuzzuol pelo planejamento do crime.

    O marido da vítima foi preso na última sexta-feira (23). O delegado responsável pelas investigações afirmou que ele pode ter amarrado a mulher, antes de sair de casa, para facilitar a ação dos assassinos.



  • Ministro manda soltar deputado que responde a 107 processos

    BN / informarções G1 / Foto: Assembleia Legislativa de MT

    O deputado estadual José Geraldo Riva (PSD-MT) conseguiu ser solto nesta sexta-feira (23), apenas três dias após ser preso durante a "Operação Ararath'. Riva responde a 107 ações na Justiça por crimes de peculato, improbidade administrativa e corrupção. O pedido de relaxamento de prisão foi concedido pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF). O deputado havia sido detido para não prejudicar as investigações do Ministério Público Federal (MPF) acerca de supostos crimes financeiros e lavagem de dinheiro, que teriam a participação dele e de outros políticos mato-grossenses, o que inclui o governador Silval Barbosa (PMDB) e prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB). Riva é investigado na operação Ararath por suspeita de ter se beneficiado de um "banco clandestino" operado pelo empresário Gércio Marcelino Mendonça Júnior. Desta forma, o parlamentar teria obtido "vantagem ilícita e ocultou os recursos dela resultantes"



  • Pastora psicóloga tem registro cassado: 'Não sou homofóbica, esse povo que é cristofóbico'

    BN / Informações da revista Fórum / Foto: Reprodução

    A pastora, psicóloga e pré-candidata a deputada federal Marisa Lobo foi cassada pelo Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR). O processo corria em sigilo, mas o senador Magno Malta (PR) realizou um discurso no plenário do Senado nesta quarta-feira (21) e revelou a decisão. Segundo a evangélica, ela sofre perseguição religiosa pelo CRP. “Não sou eu homofóbica, esse povo que é cristofóbico”, declara. A decisão que cassou o registro profissional de Marisa foi publicada na sexta-feira (16). Ela afirmou que vai recorrer ao Ministério Público contra a sentença e se diz inocente das acusações a respeito da “cura gay”. “Quem inventou isso foi a AGLBT [Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais]. Tenho pacientes muito respeitados que gostam de mim, que são homossexuais e que continuam homossexuais”, conta. “Meu erro foi não querer tirar ‘psicologia cristã’ do meu site”, acrescenta. Segundo a pastora, a psicologia deva ajudar as pessoas a fazerem suas escolhas, mas ela lamenta que não pode orientar pacientes seus homossexuais a se tornarem heterossexuais. “A psicologia não pode [ajudar uma pessoa a se tornar ex-gay] porque o Conselho não permite”, explica. Para ela, isso é tirar “a liberdade das pessoas de não querer viver essa vida”. Em nota, o Conselho Regional de Psicologia afirmou que não vai se manifestar sobre o caso. “As informações referentes ao processo são sigilosas até o resultado do julgamento, que ainda cabe recurso à instância federal”.



  • Rio de Janeiro: Homem é preso suspeito de estuprar sobrinha  grávida e mais duas crianças da família

    Jorge Wanderson pode pegar de 8 a 15 anos de prisão / R7 / Reprodução / Rede Record

    Um homem foi preso suspeito de estuprar a própria sobrinha, de 12 anos, e abusar de mais duas crianças de 10 e 9 anos, em Paracambi, na Baixada Fluminense. Na delegacia, Jorge Wanderson dos Santos Henriques, de 32 anos, confessou que teria estuprado uma das meninas.

    Segundo a polícia, os abusos eram realizados na presença do filho do acusado, de 5 anos de idade. Uma das vítimas, que já estava grávida por conta dos abusos do ex-companheiro da mãe, afirma que Jorge ameaçava a família caso ela contasse o crime para alguém.

    — Ele dizia se eu não fizesse ele ia vir mata minha mãe e meus irmãos. Eu ficava com medo e fazia tudo o que ele queria.                

    A mãe da jovem, Suzy dos Santos, afirmou que os abusos aconteciam sempre na casa do acusado. Ainda segundo ela, as meninas apresentavam um comportamento suspeito, mas nunca imaginou que elas estivessem sendo vítimas do próprio irmão.

    — Como é que eu iria desconfiar sendo meu irmão? Elas nunca me contaram.

    A Polícia informou que o preso, se condenado, pode pegar de 8 a 15 anos de prisão. O acusado foi encaminhado para o sistema prisional e a polícia aguarda apenas o laudo psicológico das outras duas meninas para que ele seja anexado a outro documento do inquérito. 



  • São Paulo: Após brigar com esposa, homem mata filho de dois anos a facadas na zona leste

    José Murilo Ziakm Santos, de dois anos, não resistiu aos ferimentos / R 7 /Foto: Reprodução/ Facebook

    O ajudante José Valter dos Santos, de 48 anos, foi preso em flagrante depois de matar o filho de dois anos, no bairro Lajeado, zona leste de São Paulo. O crime foi cometido após ele brigar com a esposa na casa de uma amiga.

    Segundo a polícia, a mãe do bebê, uma vendedora de 31 anos, estava com o marido na casa de uma amiga quando se eles desentenderam. Ele a ameaçou com um soco no rosto e voltou para casa, na mesma rua.

    Quando chegou ao local, o ajudante esfaqueou José Murilo Ziakm Santos, seu filho de dois anos, no peito e no braço. Em seguida, ele tentou se matar com uma facada no peito, mas um menino de 12 anos, que havia presenciado o crime, conseguiu correr e pedir ajuda.

    Policiais militares foram acionados e, ao chegaram ao local, encontraram a vítima caída ao lado do pai. O bebê foi levado ao PS Central de Guaianases, onde morreu. Santos está internado em um hospital sob escolta policial. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, ele passou por cirurgia e seu estado é estável.

    O caso foi registrado no 50º Distrito Policial como homicídio qualificado e lesão corporal, informou a polícia.



  • Prazo para se inscrever no Enem 2014 termina às 23h59 desta sexta

    G1 / Foto: Reprodução

    Quem quiser participar da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem até esta sexta-feira (23) para acessar o sistema. O prazo será encerrado às 23h59 e não será prorrogado, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela prova. As inscrições devem ser feitas no site oficial do exame.

    Após o prazo, os candidatos que não têm isenção na taxa de inscrição podem pagar o boleto no banco até a próxima quarta-feira (28). A taxa de inscrição custa R$ 35. Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal inferior a R$ 1.086.

    Na quinta-feira (22), o Enem superou a marca dos 7 milhões de inscritos e bateu o recorde alcançado em 2013. Segundo o balanço mais atualizado, são 7.769.000 candidatos que farão a prova nos dias 8 e 9 de novembro.

    A expectativa é que até 8,2 milhões de pessoas se inscrevam nesta edição. Em 2013, foram 7,1 milhões de candidatos, e mais de 5 milhões fizeram os dois dias de prova.

    Até o momento, São Paulo é o estado com o maior número de estudantes no Enem 2014: até as 16h20 de quinta-feira, os paulistas haviam feito 1.085.438 inscrições. E as mulheres continuam sendo maioria de inscritos em todo o país: 4.115.318 ao todo, contra 2.903.435 homens.

    O exame deverá ser usado pelas 115 universidades federais brasileiras para acesso a cursos de graduação. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo no site enem.inep.gov.br.

    Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

    Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.



  • Rapaz baleado ao sair de igreja evangélica, morre após despedir da mãe por celular

    A imagem mostra o momento em que o jovem despedia da mãe pelo celular / Destaquebahia / Foto: Vermelhinho

    Um rapaz que saia de um culto em uma igreja evangélica foi vitima de assalto. O fato aconteceu em Maceió capital de Alagoas. Os marginais além de roubar ainda atiraram no jovem, que mesmo agonizando, pediu o celular para um das pessoas que estavam ali e realizou uma ligação para sua mãe. A vitima durante a conversa se despediu e disse, “mãe não se preocupe, eu estou salvo”. Após desligar o telefone o jovem morreu. A cena comoveu todos que presenciaram o momento da despedida do jovem. Os autores deste homicídio ainda não foram identificados.



  • Senado aprova piso nacional de R$ 1.014 para agentes comunitários e de endemias

    BN / Foto: Divulgação

    O projeto de lei do Senado que institui o piso nacional de agentes comunitários e de endemias em R$ 1.014 foi aprovado na último quarta-feira (21) no plenário da Casa e segue para sanção da presidente Dilma Rousseff. Para agilizar a tramitação da proposta, que já passou pela Câmara dos Deputados antes de voltar à Câmara Alta do Congresso, o senador Walter Pinheiro (PT-BA) fez acordos para que o texto não precisasse passar por todas as comissões. O congressista também foi relator, em 2006, da matéria que incluiu a profissão na Constituição Federal. “Abrimos uma luta diária no Congresso Nacional desde 1997, com a tramitação de projetos que já defendiam a categoria, que ainda não tinha o reconhecimento como profissão. Essa luta foi ampliada com a aprovação, em 2006, da emenda constitucional que regulamentou a profissão de agente comunitário de saúde e de combate às endemias. Agora essa discussão chega com a aprovação de novas conquistas cruciais, como a questão da fixação do piso”, elenca. Ainda segundo o petista, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) elabora um aplicativo para auxiliar o trabalho da classe. A partir da publicação da lei, estados e municípios terão 12 meses para elaborar ou ajustar os planos de carreira dos profissionais, que contemplem a remuneração e critérios de progressão e promoção. A contratação temporária é prevista no projeto, mas apenas para combate a surtos epidêmicos.