BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

  • Não matriculados no ProUni têm até hoje para pedir bolsas remanescentes

    Termina nesta segunda-feira (19) o prazo para alunos não matriculados em uma instituição de ensino superior concorrerem a uma das bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os estudantes interessados devem fazer as solicitações pelo site do ProUni. Os candidatos matriculados podem se inscrever até 30 de setembro.

    O prazo terminaria na última sexta-feira (16), mas foi prorrogado devido a uma instabilidade no portal. Após identificar indícios de sabotagem no sistema, o Ministério da Educação (MEC) acionou a Polícia Federal (PF).

     

     



  • Alunos baianos de Direito e Enfermagem têm maiores dívidas com Fies no estado

    O sonho de conquistar um diploma de ensino superior virou uma dor de cabeça para pelo menos 27 mil baianos que contraíram R$ 657 milhões em dívidas com a Caixa Econômica Federal (CEF) ao usarem o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no estado. 

     

    Dados da Coordenação de Concessão e Controle do Financiamento Estudantil (Cosif), obtidos pelo projeto Fiquem Sabendo, revelaram que a Bahia tem a 5° maior dívida com o Fies do Brasil: 5% do valor total de R$ 11,4 bilhões de contratos com pagamento em atraso pelo país. O número se refere a contratos firmados entre 1999 e 2009. A maior gama de inadimplentes está em São Paulo, com 145 mil contratos e pagamento em atraso acumulado que soma R$ 3,36 bilhões. 

    As maiores dívidas com o Fies na Bahia estão matriculadas nos cursos de Direito e Enfermagem. Para as Ciências Jurídicas, o Fies celebrou 2,9 mil contratos de alunos que atualmente estão inadimplentes e têm, juntos, uma dívida de R$ 92,67 milhões com o governo federal. 

     

    No campo da Enfermagem, foram 2,92 mil contratos que somam R$ 92,66 milhões em atraso. Os cursos de Serviço Social - 1,1 mil contratos - e Administração - 2,1 mil contratos - fecham a lista dos quatro maiores saldos devedores do estado com o Fies: R$ 43 milhões e R$ 49 milhões, respectivamente. 

     

    Com maior oferta de emprego e bons salários no mercado, o curso de Medicina na Bahia tem 14 contratos inadimplentes com um pouco mais de R$ 1,6 mi em dívidas. No Fies, o estudante pode escolher pagar boa parte do empréstimo após 18 meses do término da graduação. Ser contratado após o curso superior se torna elemento recomendado para quem quer fugir da inadimplência. 

     

    Entre 1999 e 2009, foram registrados, no Brasil, 522.417 contratos inadimplentes, que são aqueles com saldos devedores e prestações não pagas a partir do nonagésimo dia após o vencimento. O Fies financia a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições particulares e não gratuitas. 

    CONTINUE LENDO


  • Cursos técnicos: IFBA abre inscrições para isenção de taxa do processo seletivo 2020

    Foto: Divulgação

    Até o dia 22 de agosto o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) está com inscrições abertas para os pedidos de isenção parcial da taxa do processo seletivo 2020 de cursos técnicos.

    Conforme a instituição, para os candidatos terem direito a este benefício é necessário, nos cursos na forma integrada, que tenham cursado todo o ensino fundamental II em escola pública, e para os cursos na forma subsequente que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública.

    A isenção parcial deve ser solicitada no momento da inscrição, no site do IFBA. Os estudantes devem se apresentar, no dia 23 de agosto, em qualquer campus do instituto, com os documentos exigidos no edital. O pagamento da taxa fica no valor de R$ 3,50 (10% da taxa de inscrição).

    O resultado preliminar dos pedidos de isenção será divulgado no dia 10 de setembro. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] e na página do Processo Seletivo.



  • Agenda 2030: Educação Plano Nacional de Educação pode ajudar a atingir metas

    O Plano Nacional de Educação (PNE) ao cumprir as metas pode ajudar o Brasil a concluir, em 2024, 70% das metas previstas para 2030, pelo quarto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS4).

    A constatação é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), obtida a partir de um levantamento que retrata a implementação do ODS4 no país, tendo por base indicadores de 2016 e 2017.



  • Estudantes do Universidade para Todos participam de Aulão do Enem neste sábado

    Foto: Reprodução

    Estudantes do pré-vestibular Universidade para Todos, promovido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), irão participar, neste sábado (3), das 8h às 12h, no Teatro da Uneb, de um Aulão para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A atividade abrangerá os estudantes do projeto que moram em Salvador, Lauro de Freitas e outras cidades da Região Metropolitana.

    O aulão apresenta como tema central “Por entre opressões e resistência que a História e a Literatura ensinam sobre a luta pelos Direitos Humanos”. O objetivo é contribuir para que os estudantes se apropriem dos conteúdos e conceitos exigidos pelo Enem e vestibular nas disciplinas de Redação, Literatura e História, tratando dos conteúdos de forma descontraída, jovem, interativa, participativa e interdisciplinar. Além da abordagem dos conteúdos, serão protagonizadas apresentações artísticas e culturais por alunos do UPT e do Colégio Estadual Rômulo Almeida.
     

    O programa Universidade para Todos é desenvolvido pela SEC em parceria com as quatro universidades estaduais (Uneb, Uesb, Uesc e Uefs). Neste ano, o programa está beneficiando 11.505 estudantes. O projeto, ao longo de 10 anos, já possibilitou a cerca de 20 mil estudantes o ingresso no Ensino Superior em diversos cursos e instituições. (Secom)



  • Fies: MEC prorroga prazo para renegociação de dívida

    O Ministério da Educação (MEC) prorrogou, para o dia 10 de outubro, o prazo para renegociação de dívida do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A portaria que prevê a ampliação a renegociação foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União.

    Para pedir a renegociação, os estudantes precisam ter firmado o contrato com o Fies até o segundo semestre de 2017; estar com as parcelas atrasadas em, no mínimo, 90 dias; e ter contratos em fase de amortização.

    Além disso, os contratos não podem ser objeto de ação judicial. A depender do tipo contrato, a renegociação também poderá ser feita pelo prazo de amortização.

    De acordo com o Ministério da Educação, mais de 500 mil alunos estão com os contratos de financiamento na fase de amortização e com atraso no pagamento das prestações. O saldo devedor total alcança o valor de R$ 11,2 bilhões.

    Para regularizar a situação, os interessados devem procurar a instituição bancária onde o contrato foi assinado. O valor da parcela resultante da renegociação não pode ser inferior a R$ 200. Há ainda a parcela de entrada. O estudante deve pagar ou 10% da dívida consolidada vencida, ou R$ 1.000. (Agência Brasil)



  • Uesb anuncia processo seletivo para contratação de professores substitutos; confira

    Foto: Reprodução

    Será realizado pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia um processo seletivo para a contratação de professores substitutos. Ao todo, são nove vagas em diversas áreas, para os campi de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (22).

    As inscrições serão realizadas de 30 de julho a 6 de agosto, somente pela internet. Os exigidos documentos poderão ser entregues ou encaminhados via SEDEX, diretamente no campus onde as vagas serão disponibilizadas, de acordo com as matérias/disciplinas indicadas.

    A taxa de inscrição é de R$ 100, podendo ser paga em qualquer banco por meio de boleto bancário, até a data do vencimento.

    As provas serão realizadas no período de 2 a 6 de setembro e a seleção, que será composta por entrevista, prova de títulos e aula pública, acontecerá no campus para o qual o candidato se inscrever.

    Mais informações podem ser obtidas no edital do certame, que foi disponibilizado no site da Uesb.



  • MEC divulga nesta terça resultado do Fies

    O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (9) o resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) juro zero e do P-Fies.

    Nesta edição, serão ofertadas 46,6 mil vagas a juro zero. O resultado estará disponível na internet, na página do programa e nas instituições de ensino superior participantes.

    Os estudantes selecionados no P-Fies devem comparecer à instituição de ensino para validar as informações prestadas na hora da inscrição a partir desta terça-feira. Já os selecionados na modalidade Fies devem complementar a inscrição no período de 10 a 12 de julho.

    Quem não foi selecionado na modalidade Fies juro zero pode ainda participar da lista de espera, entre os dias 15 de julho e 23 de agosto.

    Não há lista de espera do P-Fies. A pré-aprovação do financiamento na modalidade do P-Fies é de responsabilidade exclusiva dos agentes financeiros operadores de crédito que tenham relação jurídica estabelecida com instituições de ensino participantes.







  • Olimpíada de matemática tem cinco baianos medalhistas de ouro

    Cinco baianos foram medalhistas de ouro (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

    Salvador recebeu pela primeira vez, nesta segunda-feira (8), a premiação da 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das escolas públicas de 2018 (OBMEP). O evento foi realizado no Fiesta Bahia Hotel, no bairro do Itaigara. Cinco baianos foram premiados com medalha de ouro.

    Ao todo, esta edição contou com 18,2 milhões de inscritos em todo o país. A competição tem níveis 1, 2 e 3, a depender da série do participante, e reúne estudantes dos Ensinos Fundamental (a partir do 6ª ano), Médio e Universitário das instituições públicas de todo o Brasil.

    Olimpíada de matemática tem cinco baianos medalhistas de ouro

    Ryan é o único representante de Salvador a receber medalha de ouro (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

    Ao todo, foram 575 medalhistas de ouro. Entre eles, apenas cinco baianos: Ryan Barbosa Castro, de Salvador; Emmanoel Wallace Gouveia, de Feira da Mata; Naicon Tablo Pinheiro Coutinho, de Mortugaba; Allan Barros Cruz, de São Féliz do Coribe; e Henrique Carneiro Cardoso, de Tanque Novo.

    A OBMEP é uma realização conjunta do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Aluno do Colégio Militar de Salvador, Ryan, de 14 anos, é o único representante da capital baiana premiado. "Fico triste pelo baixo números de baianos e por ser o único de Salvador. Acho que, muitas vezes, o problema está nos primeiros anos de aprendizado. Se você tem dúvidas no começo e vai levando, dificilmente você consegue acompanhar, porque vai ficando mais difícil mesmo", explica.

    Olimpíada de matemática tem cinco baianos medalhistas de ouro

    Marcos Pontes foi ovacionado no evento (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

    Estiveram na premiação o ministro da Ciência, Tecnologias, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, o diretor-adjunto do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e coordenador-geral da Obmep, Cláudio Landim, o secretário Municipal de Educação (Smed), Bruno Barral, entre outras autoridades.

    "Vocês são o futuro do nosso país. Lembrem sempre que vocês podem ser tudo o que quiserem, basta que estudem, acreditem e se dediquem", disse Pontes.



  • Enem vai ser 100% digital até 2026, diz Inep

    Foto: Maria Ferreira/G1

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai deixar de aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em papel a partir de 2026. A transição do papel para o computador vai começar a partir de 2020 com um projeto-piloto para 50 mil candidatos de 15 capitais, explicou Alexandre Lopes, o novo presidente do Inep, em entrevista coletiva a jornalistas em Brasília, na manhã desta quarta-feira (3).

    Principais pontos das mudanças anunciadas:

    Em 2020, o Enem terá as duas aplicações anuais, além de uma aplicação em formato digital em dois dias de outubro;

    A aplicação em 2020 será em 15 capitais brasileiras e a adesão dos candidatos será opcional no ato de inscrição, até um total de 50 mil participantes;

    Entre 2021 e 2025, O Inep ampliará o número de aplicações do Enem digital, ainda em formato piloto e participação opcional;

    A partir de 2026, o Enem será 100% digital;

    Tanto as provas objetivas quanto a prova de redação serão feitas em formato digital no piloto;

    O Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) só passará ao formato digital a partir de 2026.

    "Ano que vem, 2020, teremos três aplicações do Enem, a regular em papel, a reaplicação e mais uma data de prova, o Enem digital, para 50 mil pessoas", explicou Alexandre Lopes, presidente do Inep.

    CONTINUE LENDO






  • Selecionados no Sisu podem fazer matrícula a partir de hoje

    Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom

    Os estudantes selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem, a partir de hoje (12), fazer matrícula nas instituições de ensino para as quais foram selecionados. O prazo vai até o dia 17. Cabe aos candidatos verificar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em edital próprio.

    O resultado da chamada única do Sisu foi divulgado segunda-feira (10) e está disponível no site do programa.







  • Prefeitura de Jacaraci entregará novos prédios escolares no distrito de Irundiara

    A Prefeitura municipal de Jacaraci, no Sudoeste da Bahia, entregará na tarde do próximo sábado (15) , às 16h, os novos prédios escolares para o distrito de Irundiara.

    No dia da cerimônia haverá uma caminhada pelas ruas do distrito, além disso, acontecerá a apresentação da fanfarra de Itambé e Condeúba.



  • Número de inscritos para o Encceja 2019 tem aumento de 75%

    Foto: Divulgação

    A prova é aplicada a jovens e adultos que não terminaram os estudos na idade adequada para obter a certificação de conclusão no ensino fundamental ou médio.

    As provas serão aplicadas no dia 25 de agosto em 611 municípios.

    O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Ribeiro Lopes, disse que a ampliação da divulgação é um dos fatores que levou ao aumento expressivo no número de inscritos.

    “Atribuímos a maior divulgação do Encceja ao maior conhecimento por parte da população e ao apoio das secretarias estaduais.

     

    Além disso, percebemos que o cidadão está buscando uma certificação para melhorar sua condição de empregabilidade”, disse o presidente do Inep.

    Os inscritos no Encceja de 2019 buscam principalmente a certificação do ensino médio. Setenta e oito por cento das inscrições foram para as provas do ensino médio e 21,6% para as do ensino fundamental.

    As mulheres são maioria para o ensino médio (51,5%) e para o fundamental (53%).

    A maior parcela de inscritos para certificação do ensino médio está na faixa etária entre 21 a 30 anos (972.076), seguido pelos que têm de 31 a 59 anos (859.497). No ensino fundamental, a faixa etária de maior concentração é entre 31 a 59 anos (298.962) e depois entre 21 a 30 anos (177.754).

    São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná são os estados com maior número de inscritos para os dois níveis de ensino. Os atendimentos específicos mais solicitados nos dois casos são os de lactante gestante e idosos.

    Segurança

    O presidente do Inep alertou que a segurança será reforçada nessa edição do exame. Se algum equipamento eletrônico do candidato emitir sinal sonoro durante a prova, ele será eliminado.

    “Nesse ano, se algum aparelho emitir sinal sonoro durante a aplicação da prova o candidato será eliminado. É muito importante que o candidato tome cuidado com seus aparelhos. Aquele aparelho que, mesmo desligado, por exemplo, toque um despertador, é preciso ter cuidado porque se tocar ele será eliminado”, explicou. Os lanches dos candidatos também serão revistados.

    Provas e certificação

    Os interessados no certificado do ensino fundamental precisam ter, pelo menos, 15 anos completos na data da prova. Para o certificado do ensino médio, a idade mínima exigida é de 18 anos.

    Serão quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação. A nota mínima exigida para obtenção da proficiência é de 100 pontos nas provas objetivas e de cinco pontos na redação.

    Os resultados podem ser usados de duas formas. Quem conseguir a nota mínima exigida em todas as provas tem direito à certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio. Aqueles que alcançarem a nota mínima em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas, terão direito à declaração parcial de proficiência.

    CONTINUE LENDO


  • Nomeação da primeira mulher para Reitoria da UFRJ é publicada no Diário Oficial

    Foi publicada na edição desta segunda-feira (3) do Diário Oficial da União a nomeação da professora Denise Pires de Carvalho como a nova reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ela é a primeira mulher a ocupar o cargo na história da instituição. O mandato é de quatro anos.

    Professora do Instituto de Biofísica da universidade, ela integrou a lista tríplice formada em abril após consulta eleitoral à comunidade universitária e enviada à Presidência da República.

     

    Nomeação da primeira mulher para Reitoria da UFRJ é publicada no Diário Oficial

    A nomeação foi assinada na última sexta (31) pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Perfil

    No Instituto de Biofísica (IBCCF) da UFRJ, Denise Pires de Carvalho leciona nos cursos de graduação da área da saúde e nos programas de pós-graduação em Medicina (Endocrinologia) e Ciências Biológicas-Fisiologia.

    Médica formada pela UFRJ, tem mestrado e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pelo IBCCF e pós-doutorado pelo Hôpital de Bicêtre (Paris) e pelo Universitá Degli Studi di Napoli (Itália).

    Ela já foi diretora e vice-diretora do IBCCF, coordenadora acadêmica da Pró-Reitoria de Graduação da UFRJ e diretora adjunta de graduação e pós-graduação.(G1)



  • Inscrições para Encceja terminam nesta sexta-feira

    Terminam nesta sexta-feira (31) as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019. A inscrição é gratuita e deve ser feita pela internet. Jovens e adultos que não terminaram os estudos na idade adequada podem fazer o exame para obter a certificação de conclusão do ensino fundamental ou médio.

    Os interessados no certificado do ensino fundamental precisam ter, pelo menos, 15 anos completos na data da prova. Para o certificado do ensino médio, a idade mínima exigida é 18 anos.

    As provas serão aplicadas no dia 25 de agosto em 611 municípios. Serão quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma redação. A nota mínima exigida para obtenção da proficiência é de 100 pontos nas provas objetivas e de cinco pontos na redação.

    Os resultados podem ser usados de duas formas. Quem conseguir a nota mínima exigida em todas as provas tem direito à certificação de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio. Aqueles que alcançarem a nota mínima em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas, terão direito à declaração parcial de proficiência.

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibiliza na página do Sistema Encceja apostilas com material de estudo para os participantes de nível fundamental e médio.

    CONTINUE LENDO