BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

  • Inscrições para o Enem 2018 encerram nesta sexta-feira (18)

    Se você ainda não se inscreveu no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, cuidado para não perder o prazo! As inscrições terminam às 23h59 desta sexta-feira (18). A taxa custa R$ 82 e poderá ser paga até o dia 23 deste mês. 

    Faça sua inscrição

    Ao terminar a inscrição, apenas duas opções de mensagens aparecem: “Inscrição concluída com sucesso” ou “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, juntamente com a imagem da Guia de Recolhimento da União (GRU), que é um boleto do Banco do Brasil.

    A frase “Inscrição concluída com sucesso”, escrita em verde, aparece para todos os participantes que estão isentos do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2018. 

    Já a mensagem “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, escrita em vermelho, surge para quem precisa pagar a taxa de inscrição.

    Isenção

    Segundo o Inep, ao todo, 3.361.468 pessoas já estão beneficiadas com a gratuidade por se enquadrarem em um dos quatro perfis que davam direito à isenção. 

    É importante lembrar que ter o pedido de isenção aceito não significa que o estudante está automaticamente inscrito no Enem: todos ainda precisarão se inscrever entre os dias 7 e 18 de maio.

    Próximos passos

    Algumas semanas antes do exame, o Inep divulgará os locais de prova. O Enem, que completa 20 anos em 2018, será aplicado em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro

    A distribuição das provas não mudou: no primeiro domingo, dia 4, serão aplicadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, com 5h30 de duração; já no segundo domingo, dia 11, será a vez das provas de Matemática e Ciências da Natureza, com 5h de duração, 30 minutos a mais do que no ano passado.

    O resultado individual será publicado em janeiro de 2019.

    Calendário

    Pedido de isenção e justificativa de falta2 a 15 de abrilResultado da solicitação de isenção23 de abrilInscrições7 a 18 de maioPagamento da taxa de inscriçãoaté 23 de maio (horário bancário)Solicitação de atendimento pelo nome social28 de maio a 3 de junhoConfirmação do local de provaOutubro de 2018Provas4 e 11 de novembroDivulgação dos resultadosJaneiro de 2019(Guia do Estudante )

     

     



  • Inscrições para o ENEM terminam nesta sexta-feira (18)

    As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 vão até as 23h59 desta sexta-feira (18) na Página do Participante. O sistema do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) já registrou 5 milhões de inscritos até o fim da tarde dessa quarta-feira (16). As provas estão marcadas para 4 e 11 de novembro. 

    No ato da inscrição, o participante deverá informar o número de seu Cadastro de Pessoa Física (CPF) e do documento de identidade, além de endereço de e–mail e número de celular.

    O Inep alerta que, mesmo aqueles candidatos que já solicitaram a isenção da taxa de inscrição, entre os dias 2 e 15 de abril, e também aqueles que entraram com recurso, independentemente do resultado, devem realizar a inscrição para fazer o exame.







  • Abertas inscrições para curso pré-vestibular Universidade para Todos

    Foto: Geraldo Carvalho/Educação

    Começaram, na última quarta-feira (16), as inscrições para o processo seletivo dos estudantes interessados em participar do curso pré-vestibular do Programa Universidade para Todos (UPT), promovido pela Secretaria da Educação do Estado. Estão sendo destinadas 14 mil vagas. A inscrição, que segue até o dia 23, é gratuita e está disponível no Portal da Educação. As aulas serão realizadas de 5 de junho a 14 de dezembro.

    Serão ofertadas as disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia. “Este programa tem um caráter de inclusão muito importante, porque é oferecido para aqueles jovens que mais precisam, e envolve as nossas quatro universidades estaduais, por meio de um projeto pedagógico que prepara os estudantes para o ingresso no Ensino Superior”, destacou o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro.

    O UPT é destinado a estudantes da rede pública matriculados, em 2018, no 3º ano do Ensino Médio regular estadual ou municipal ou suas modalidades correspondentes; que tenha cursado em escola pública municipal e/ou estadual na Bahia, o Ensino Fundamental II - 5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes; e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio regular ou modalidades correspondentes.

     

    No ato da inscrição, o candidato deverá fazer opção para um único município, local de funcionamento e turno que deseja cursar, bem como preencher integralmente o formulário de inscrição. A relação oficial dos candidatos selecionados será disponibilizada no dia 30 de maio, no endereço www.educacao.ba.gov.br/universidadeparatodos, nos sites das universidades estaduais e afixada nos locais em que funcionarão as turmas do curso.


    Matrícula

    Após a publicação dos resultados, os selecionados serão convocados para a realização da matricula, que acontecerá de 5 a 8 de junho, no local e turno que optaram para cursar. A matrícula somente poderá ser realizada pelo próprio candidato, assistido ou representado pelo pai, mãe ou responsável, se menor de 18 anos, ou por representante munido de procuração com firma reconhecida em cartório.

    No ato da matrícula, o candidato deverá apresentar cópia, acompanhada de original, dos seguintes documentos: carteira de identidade e CPF, comprovante de residência; e histórico escolar do Ensino Fundamental II - 5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes, além de documentos específicos referentes à sua situação atual conforme edital.
     

    CONTINUE LENDO






  • Confirmação de pagamento do boleto de inscrição do ENEM pode levar de 3 a 5 dias úteis

    A confirmação do pagamento da taxa de inscrição do Enem, no valor de R$ 82, pode demorar de 3 a 5 dias úteis. Para isso, os alunos que realizarem o pagamento devem ficar atentos até que a inscrição seja confirmada.

    O período é necessário para que os bancos comuniquem ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que o pagamento foi efetuado corretamente. O prazo para quitar o boleto termina em 23 de maio - e as inscrições vão somente até a próxima sexta-feira, dia 18 de maio.

    Caso haja algum problema na confirmação do pagamento, é preciso entrar em contato com o Inep pelo número 0800 616161.







  • Enem 2018: MEC libera resultado da isenção da taxa de inscrição

    Foto: Divulgação

    O resultado das solicitações de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foi liberado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta segunda-feira (23). O período para as solicitações de isenção e apresentação de justificativa de ausência foi entre os dias 2 e 15 de abril.

    O resultado está disponível na Página do Participante do Enem. Acesse aqui.

    É importante frisar que ter o pedido de isenção aceito não significa que o estudante está automaticamente inscrito no Enem: todos, isentos ou não, ainda precisarão se inscrever entre os dias 7 e 18 de maio.

    Segundo o MEC, um total de 3.818.663 pessoas solicitaram a isenção da taxa, um número inferior ao registrado no Enem 2017, quando 4,7 milhões obtiveram o benefício. Apesar do número menor, o benefício passou a incluir este ano os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 que obtiveram proficiência nas áreas de conhecimentos nas quais se inscreveram.

    Entre os solicitantes para 2018, um total de 208,5 mil foram isentos no ano passado que faltaram aos dois dias de aplicação do teste e precisavam apresentar documentos que comprovassem o motivo da ausência. Apenas 8.486 apresentaram a documentação exigida e 200.102 declararam não ter documentos que justificassem a ausência no exame.

    Será isento o participante que:

    • esteja cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública;
    • tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
    • declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal;
    • tenha participado do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado, na modalidade do ensino médio, na aplicação Nacional, Para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) ou Exterior, e que tenha obtido proficiência que permita certificação na área de conhecimento em que se inscreveu.
    CONTINUE LENDO


  • Secretaria de Educação da Bahia abre inscrições para professores por meio do Reda

    As inscrições para um processo seletivo da Secretaria de Educação da Bahia que pretende contratar professores, em tempo determinado, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), começam no dia 16 de abril. O prazo termina no dia 23 de abril e as inscrições poderão ser feitas pelo site selecao.ba.gov.br.

    De acordo com informações da secretaria, são 100 vagas em regime de trabalho de 20h, e outras 30 vagas com regime de trabalho de 40 horas. Para ambos os processos, o tempo de contratação é de dois anos, com possibilidade de renovação por mais dois anos.

    Para 40h, conforme edital, a remuneração é composta por salário básico no valor de R$ 2.446,66, acrescido de gratificação de função no valor de R$ 762, totalizando R$ 3.209,53.

    Para 20h, a remuneração é de R$ 1.233,33 de salário básico, mais gratificação de função temporária no valor de R$ 381,43, totalizando R$ 1.604,76

    As vagas são disponibilizadas nos Centros de Formação de Educação Profissional em todo o estado. Os detalhes foram publicados em editais (04/2018) e (05/2018), divulgados no Diário Oficial do Estado de sexta-feira (6).

    Os interessados devem possuir diploma devidamente registrado de conclusão de curso de nível superior em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

    O processo seletivo simplificado será feito em uma única etapa: avaliação curricular, de caráter eliminatório e classificatório.

    Ainda conforme a secretaria, os professores vão atuar, entre outras atribuições, em programas estaduais e federais de educação profissional, bem como em cursos em regime de alternância, participar da elaboração da proposta pedagógica e do plano de desenvolvimento do estabelecimento de ensino, além de elaborar e cumprir plano de trabalho e de aula, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino.

    O resultado provisório dos candidatos habilitados será divulgado no dia 25 abril, no Portal da Educação, com prazo para recursos abertos nos dias 26 e 27 de abril.

    A relação definitiva dos candidatos habilitados será divulgada no dia 4 de maio, para que encaminhem a documentação de comprovação da avaliação curricular.

     



  • Enem deste ano terá 30 minutos a mais para provas de exatas

    Neste ano, os candidatos que participarão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão 30 minutos a mais para fazer a prova do segundo dia, que reúne conteúdos de ciências da natureza e matemática. Segundo o edital da prova, publicado nesta quarta-feira (21) no Diário Oficial da União, os estudantes terão cinco horas para fazer a prova no segundo dia e cinco horas e meia no primeiro dia.

    Assim como em 2017, neste ano as provas do Enem serão realizadas em dois domingos seguidos: nos dias 4 e 11 de novembro. A estrutura da prova também não mudou: no primeiro dia serão aplicadas as provas de Redação, Linguagens e ciências humanas, com duração de cinco horas e meia, e no segundo dia, as provas de ciências da natureza e matemática, com cinco horas de duração.

    As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano.

    A taxa de inscrição foi mantida em R$ 82. O pagamento deve ser feito entre os dias 7 e 23 de maio.

    Isenções

    A solicitação de isenção da taxa de inscrição deve ser feita entre os dias 2 e 11 de abril. Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

    Também tem isenção o participante que declarar estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal . Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado.

    Os participantes isentos da taxa de inscrição que não compareceram nos dias de prova no Enem do ano passado terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência para fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa. O prazo para justificar a ausência no Enem do ano passado vai de 2 a 11 de abril.

    O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após o recurso e desejar se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição.

    Segurança

    O edital do Enem continua prevendo a realização de revista eletrônica nos locais de prova, por meio do uso de detectores de metais. A novidade deste ano é que os alunos também deverão permitir que os artigos religiosos, como burca e quipá, sejam revistados pelo aplicador das provas. Quem não permitir a revista poderá ser eliminado.

    Imprevistos

    Segundo o edital deste ano, o participante afetado por problemas logísticos durante a aplicação poderá solicitar reaplicação do exame em até cinco dias úteis após o último dia de aplicação. Os casos serão julgados individualmente pela Comissão de Demandas.

     

    No ano passado, cerca de 3,5 mil estudantes tiveram que refazer as provas em outra data por problemas como falta de energia nos locais do exame.

    Direitos Humanos

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) retirou do edital o item que determinava que a redação que desrespeitasse os direitos humanos teria nota zero. No ano passado, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a suspensão da regra que previa a anulação da redação que violasse os direitos humanos.

    Os resultados do Enem poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).(Agência Brasil )

    CONTINUE LENDO


  •  Partiu Estágio: inscrições terminam na próxima segunda (12)

    Termina na próxima segunda-feira (12) o prazo das inscrições no Partiu Estágio. Lançado no início do mês, o primeiro edital do programa em 2018 oferece 2.702 novas vagas para atuação no serviço público estadual. Quem tem pelo menos 16 anos, com mais de 50% da graduação cursada, deve garantir sua inscrição no site do programa. O edital desta seleção está disponível no site de inscrição e da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), que gerencia o programa.

    O Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que oferece oportunidades de estágio a jovens universitários oriundos de instituições federais, estaduais e privadas, todas com sede na Bahia, desde que regularmente matriculados nas instituições de ensino superior. É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.

    Para cadastro no site do programa é preciso criar uma conta na área de autenticação, inserindo e consultando seu número do CPF. Logo após um formulário deverá ser preenchido com nome completo, data de nascimento e e-mail válido – para o qual serão encaminhados os dados de acesso. É importante preencher os dados corretamente, para que a inscrição seja validada.

    De posse da senha de acesso, o universitário poderá entrar na área de autenticação e consultar as vagas disponíveis. Ele deve ficar atento ainda a um detalhe: apenas poderá escolher o curso e o órgão para estágio no município que estuda ou reside. Após essa identificação, poderá escolher até três opções de estágio. Na finalização do processo de inscrição, o candidato receberá, no e-mail cadastrado, o comprovante de inscrição.
    Desde sua criação, o Partiu Estágio já contratou cinco mil jovens para aprimorar sua formação acadêmica no serviço público estadual, está disponível para consulta no site da Secretaria da Administração (Saeb). Dúvidas sobre a inscrição devem ser encaminhadas à Ouvidoria Saeb, por meio de registro on-line ou para o e-mail p[email protected]

     



  • Resultado da pré-seleção do Fies será divulgado nesta segunda

    O resultado da pré-seleção para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) será divulgado nesta segunda-feira (5) pelo Ministério da Educação (MEC). Os 443,3 mil inscritos podem consultar se foram contemplados com o benefício no site do programa. Neste ano, serão 310 mil vagas em três modalidades, sendo uma delas com 100 mil vagas a juros zero. Para estar apto a essa categoria, os estudantes devem ter renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. Já nas outras duas modalidades, os candidatos podem ter renda per capita de três a cinco salários mínimos. As definições da taxa de juros e das condições de financiamento serão feitas com os bancos.



  • Estudantes têm até quarta-feira para pedir vaga em lista de espera do Sisu

    Foto: Reprodução

    Termina na próxima quarta-feira (7) o prazo para os candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que pretendem concorrer a uma vaga em instituições de educação superior na lista de espera manifestarem seu interesse. A convocação desses candidatos pelas instituições será feita a partir de 9 de fevereiro.

    Para manifestar o interesse na lista de espera, o estudante deve consultar o boletim do candidato na página do Sisu. Os candidatos também podem acompanhar sua inscrição pelo aplicativo para celulares, onde podem ser acessadas as classificações parciais e notas de corte, além do resultado final e a lista de aprovados.

    Também termina na quarta-feira o prazo para matrículas na chamada regular do Sisu. Este ano são ofertadas 239.716 vagas em 130 instituições, sendo 30 instituições públicas estaduais e 100 públicas federais.

    O Sisu é o ambiente virtual criado pelo Ministério da Educação para selecionar estudantes para vagas em instituições de educação superior com base nas notas registradas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Podem concorrer todos os que fizeram as provas do Enem em 2017 e obtiveram nota acima de zero na redação. (Agência Brasil)

     



  • Concurso para professores e coordenadores pedagógicos registrou 103,5 mil inscritos

    Foto: Reprodução

    Um total de 103,5 mil candidatos se inscreveu no concurso público para preenchimento de vagas de professores e coordenadores pedagógicos do magistério público do ensino fundamental e médio da Bahia. Realizado conjuntamente pelas secretarias da Administração (Saeb) e da Educação (SEC), o certame vai ofertar 3.760 oportunidades, sendo 3.096 vagas para professor e outras 664 para coordenador.

    Para provimento das vagas de professores foram inscritos 69.558 candidatos, enquanto que para coordenador pedagógico foram 33.995. As inscrições foram abertas no dia 14 de novembro de 2017 e encerraram em 15 de dezembro do mesmo ano. O concurso é organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC) e terá validade de um ano, prorrogável por igual período.

    As vagas para professor são nas áreas de arte, biologia, educação física, filosofia, física, geografia, história, língua Inglesa, língua portuguesa, matemática, química e sociologia, sendo exigida formação específica e diploma concedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Para coordenador pedagógico é exigida formação em pedagogia, também com reconhecimento do MEC. Em todos os casos, a carga horária semanal é de 40 horas.

    As vagas para professor serão distribuídas por cargo, disciplina e por um dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE). No caso de coordenador pedagógico, as vagas serão distribuídas apenas por NTE, atingindo também 27 núcleos territoriais. Podem concorrer candidatos de nacionalidade brasileira ou portuguesa, com idade mínima de 18 anos e possuir a formação profissional prevista em edital, entre outras exigências. Serão reservadas 5% das vagas para candidatos com deficiência e 30% para negros. (Secom)



  • Resultado da primeira chamada do Sisu deve ser divulgado hoje

    O Ministério da Educação deve divulgar hoje (29) a lista dos candidatos aprovados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2018. A divulgação será feita na página do programa na internet.

    No total, são oferecidas 239.716 vagas em 130 instituições, entre universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e instituições estaduais. O período de matrícula dos aprovados começa amanhã (30) e vai até 7 de fevereiro.

    O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC), utilizado por instituições públicas de educação superior na oferta de vagas a estudantes, com base nas notas obtidas no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

    O MEC também deve divulgar hoje o balanço do número de candidatos inscritos este ano. As inscrições começaram no dia 23 de janeiro e foram encerradas à meia-noite de sexta-feira (26).



  • Inscrições do Sisu 2018 abrem nesta terça

    As inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2018 foram abertas à 0h desta terça-feira (23). O Ministério da Educação divulgou um comunicado na tarde de segunda (22) confirmando o horário de abertura.

    As inscrições só podem ser feitas pela internet, no site do programa: http://sisu.mec.gov.br/. Não é necessário pagar taxas. O prazo termina às 23h59 de sexta (26), e a primeira chamada deve ser divulgada no dia 29.

    Por meio desse sistema, os candidatos poderão usar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 para pleitear uma vaga em uma universidade pública que tenha aderido ao Sisu. Serão 130 instituições no Brasil – 30 estaduais e 100 federais –, que ofertarão 239.601 vagas na graduação.

    Para participar, é necessário ter tirado nota acima de zero na redação do Enem 2017. Como nos anos anteriores, cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar. Também é necessário definir qual a modalidade no qual o aluno se encaixa - ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

    Mesmo que o candidato faça sua inscrição no dia 23 de janeiro, ele poderá alterar suas opções até as 23h59 do dia 26. O sistema mostra, a cada dia, uma nota de corte parcial, baseada nas notas das pessoas que já se inscreveram até o momento naquele curso.

     

    Calendário do Sisu 2018

     

    • Inscrições: de 23 de janeiro até as 23h59 de 26 de janeiro de 2018
    • 1ª chamada: 29 de janeiro
    • Matrículas dos aprovados na 1ª chamada: 30 de janeiro a 7 de fevereiro
    • Manifestação de interesse na lista de espera: 30 de janeiro até as 23h59 de 7 de fevereiro
    • Convocações nas demais chamadas: a partir de 9 de fevereiro (G1 BA)



  • ProUni abre inscrições no dia 6 de fevereiro; confira

    Foto: Reprodução

    Entre os dias 6 a 9 de fevereiro as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) do primeiro semestre de 2018 estarão abertas. A inscrição é feita exclusivamente pela internet, no site do ProUni. O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14 de fevereiro e o da segunda no dia 2 de março. O ProUni seleciona estudantes para receber bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de ensino superior com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    Pode participar do programa o candidato que não tenha diploma de curso superior e tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. Outra condição é ter obtido nota na redação que não seja zero.

    É preciso ainda que atenda a pelo menos uma das condições: ter cursado ensino médio completo em escola pública; ter cursado ensino médio na rede privada com bolsa integral; ter cursado ensino médio parcialmente da rede pública e privada, nesse caso como bolsista integral; ser pessoa com deficiência; ser professor da rede pública no efetivo exercício do magistério da educação básica.

    Poderá concorrer a uma bolsa integral quem tem renda familiar bruta mensal per capta de até um salário mínimo e meio. Pode se inscrever para as bolsas parciais quem tem a renda familiar bruta mensal per capta de até três salários mínimos. 



  • Matrícula da rede estadual começa na próxima semana na Bahia

    Foto: Reprodução

    A partir da próxima terça-feira (16) ao dia 29 deste mês, será realizada a matrícula escolar na rede estadual para toda a Educação Básica e suas modalidades – Profissional e Tecnológica; Jovens e Adultos (EJA); Inclusiva e Indígena. Poderá ser feita em qualquer colégio estadual (independentemente de ser a unidade que o estudante pretende estudar) e via internet para os estudantes da rede estadual que vão mudar de escola e para os alunos oriundos das redes municipais de Salvador e de mais 30 municípios baianos. Para isso, é preciso utilizar o código de matrícula que receberam nas escolas de origem e acessar o Portal da Educação. O ano letivo de 2018 terá início no dia 19 de fevereiro.
    De acordo com o cronograma da Secretaria da Educação do Estado, o primeiro dia de matrícula (16) é direcionado à transferência de estudantes da rede estadual nas seguintes situações – a escola de origem não oferece a série subsequente; não renovou a matrícula no período determinado ou mudança de domicílio. Nos dias 17 e 18, a matrícula é destinada aos concluintes do 5º ano e do 9º ano do Ensino Fundamental regularmente matriculados nas redes públicas municipais, no ano letivo de 2017, nas escolas que não oferecem a série subsequente.
    No dia 19, a matrícula será para os estudantes novos do Ensino Fundamental e suas modalidades (cursos de qualificação tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena). Nos dias 22 e 23, será a vez dos novos alunos do Ensino Médio e suas modalidades (Profissional e Tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena). 

     

     

    Educação Inclusiva

    Nos dias 25, 26 e 29 serão reservados para a confirmação da matrícula do público alvo da Educação Inclusiva que realizou a pré-matrícula em novembro de 2017. Nestes dias, os alunos deverão apresentar os documentos na unidade escolar para a qual foi pré-matriculado. A diretora de Atendimento da Rede Escolar da Secretaria da Educação, Eliana Carvalho, informa que a rede estadual possui capacidade física estruturada para atender a todos os alunos que pretendem estudar nas suas 1.282 unidades escolares. “A rede estadual do Estado da Bahia é uma das pioneiras na realização de matrícula escolar pela internet e isto proporciona uma redução ou inexistência de filas. Então, acredito que, este ano, mais uma vez, conduziremos o processo de uma forma bem tranquila, atendendo a todos que nos procurarem”.

    Além de Salvador, outros municípios estarão aptos à matrícula via internet – Barra, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Camaçari, Catu, Dias D´Ávila, Encruzilhada, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Gongogi, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itamaraju, Jequié, Lamarão, Lauro de Freitas, Luís Eduardo Magalhães, Macaúbas, Madre de Deus, Porto Seguro, Rio Real, Santa Maria da Vitória, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

    Documentos necessários

    Para a matrícula é preciso apresentar os seguintes documentos – original do Histórico Escolar ou Atestado de Escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar (deve ser substituído pelo Histórico Escolar em até 30 dias); original e cópia da carteira de identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil ou; original e cópia do CPF, original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, internet, contrato de aluguel, IPTU, entre outros) e o código do Setps (constante no Salvador Card) para as escolas do município de Salvador.

    Cronograma em janeiro

    Dia 16

    Transferência para os estudantes matriculados na rede estadual, com frequência regular no ano letivo de 2017, ao qual se aplique uma das seguintes situações – a escola não oferece a série subsequente; não renovou sua matricula; mudou de domicílio

    Dias 17 e 18

    Matrícula de concluintes das séries iniciais e finais do Ensino Fundamental para os estudantes regularmente matriculados nas redes públicas municipais, no ano letivo de 2017, nas escolas que não oferecem a série subsequente

    Matrícula nova para ingresso do candidato em unidade escolar da rede estadual em qualquer série para os Ensinos Fundamental e Médio, atendendo, sobretudo, às diversas modalidades de oferta, incluindo a matrícula para a Educação Profissional (cursos técnicos de nível médio, cursos de qualificação integrados à Educação de Jovens e Adultos – níveis Fundamental e Médio)

    Dia 19

    Matrícula dos estudantes novos do Ensino Fundamental e suas modalidades (cursos de qualificação tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena)

    Dias 22 e 23

    Matrícula dos estudantes do Ensino Médio e suas modalidades (Profissional e Tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena)

    Dias 25, 26 e 29

    Confirmação de matrícula do público alvo da Educação Inclusiva que realizou a pré-matrícula em novembro de 2017