BUSCA PELA CATEGORIA "Educação"

  • IFBA CAMPUS BRUMADO ABRE INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DO PROJETO DE EXTENSÃO “SOM DO CAMPUS”

    O projeto "Som do Campus" tem como objetivo a formação e implantação de um coro de vozes formado por estudantes e visa produzir conhecimento de noções básicas sobre o canto, promover o diálogo e a interação entre a comunidade acadêmica e a sociedade, valorizar a importância da música como fundamento de equilíbrio e desenvolvimento integral, construir um processo de educação musical e cultural entre os participantes por meio da formação do Coro de Vozes, e ofertar novas opções de participação, integração, socialização e lazer aos participantes dos eventos comemorativos do IFBA Campus Brumado.

    De acordo com os objetivos e características do projeto “Som do Campus”, será realizada uma seleção dentre os candidatos inscritos através de entrevista e avaliação vocal, que levará em conta critérios como: afinação; ritmo; identificação do gosto musical e suas preferências e manutenção do equilíbrio do grupo. Serão priorizados candidatos que, com seu ingresso, preservem ou incrementem o equilíbrio do Coro (Sopranos, contraltos, tenores e baixos). As aulas e ensaios ocorrerão às quartas-feiras, das 14h às 16h.

    As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até o dia 16 de abril, através do endereço eletrônico: https://goo.gl/forms/UAc4nCBDsBuIuww93. A seleção ocorrerá nos dias 18 e 19 de abril, às 13h30, no auditório do IFBA Campus Brumado. O dia da seleção de cada candidato será confirmado por e-mail ou telefone. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (77) 3441-1607.



  • Candidatos na lista de espera do ProUni devem comprovar informações até terça (14)

    Os candidatos que estão na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm esta segunda-feira (13) e a terça-feira(14) para levar a documentação solicitada às instituições de ensino superior. O resultado da lista de espera está disponível desde sexta-feira (10) e pode ser consultado nas próprias instituições.

    O candidato que constar na lista deve apresentar à instituição os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. Cabe ao estudante verificar os horários e o local em que isso deve ser feito. A documentação necessária pode ser verificada no site do ProUni.

    A lista de espera do ProUni será usada pelas instituições de ensino na convocação de candidatos para preenchimento de bolsas eventualmente não ocupadas. As instituições recebem a classificação dos estudantes por curso e turno, segundo as notas obtidas no Exame Nacional do ensino Médio (Enem) de 2016.

    O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas e comunitárias de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. Neste semestre, foram ofertadas 214.242 bolsas.



  • Mudança no Enem 2017 aumenta o rigor para pedidos de isenção da taxa; entenda o que muda

    O ocesso de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vai se tornar mais difícil para quem quer pedir a isenção da taxa. De acordo com as mudanças no Enem 2017 anunciadas pelo Ministério da Educação na quinta-feira (9), os estudantes que têm direito à isenção por serem de famílias de baixa renda e que estejam cadastrados em sistemas de benefícios sociais do governo federal precisarão inserir mais documentos de identificação no sistema de inscrição do Enem.

    De acordo com dados divulgados na tarde de quinta-feira, 77% dos inscritos no Enem 2016 não precisaram pagar a taxa de R$ 68 para fazer o exame. Dos 8,6 milhões de inscritos, só 2 milhões ficaram sem a isenção. 



  • Fechamento de escolas na zona rural provoca manifesto de moradores em Barra da Estiva

    Foto: Informe Barra

    "Defender as escolas do campo é uma obrigação, fechá-las é um CRIME quando há opção" relatam moradores.

    Moradores das comunidades de Mateiros, Babilônia e Samambaia têm se manifestado contra o fechamento das unidades escolares Arnóbia Pires Fernandes e Rochael Alves da Silva, pois, segundo eles,  não foram comunicados como reza o parágrafo único do art. 28 da Lei de Diretrizes e Bases que diz:
    "Parágrafo único. O fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas será precedido de manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino, que considerará a justificativa apresentada pela Secretaria de Educação, a análise do diagnóstico do impacto da ação e a manifestação da comunidade escolar. (Incluído pela Lei nº 12.960, de 2014)" - Uma vez que as comunidades não foram ouvidas, nem foi realizado estudo ou análise do impacto que poderá ocorrer nas comunidades com o fechamento das unidades escolares.

    Para as famílias da zona rural, o fechamento de uma escola em sua comunidade é uma perca irreparável. O que as comunidades questionam é que não têm conhecimento de nenhum parecer da Secretaria Municipal de Educação, justificando o fechamento das referidas escolas sem saber quais os critérios adotados, pois escolas com maior número de alunos foram fechadas e outras com menor numero vão continuar funcionando por serem multisseriadas.
    Outra questão que preocupa os pais é: como colocar crianças de 4, 5, 6 anos em viagens diárias de ida e volta? A situação têm causado grande polêmica nas comunidades atingidas.

    CONTINUE LENDO






  • Termina hoje a consulta pública sobre as mudanças no Enem

    Termina às 23h59 desta sexta-feira (17) o prazo para responder as perguntas da consulta pública sobre as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a consulta, no ar desde o dia 18 de janeiro, o Ministério da Educação (MEC) quer referendar a possibilidade de aplicar o exame em apenas um dia, no domingo, e não mais em dois.

    Caso isso ocorra, o governo vai atender a uma antiga reclamação dos sabatistas, candidatos que por questão religiosa só podem estudar ou trabalhar no sábado após o sol se pôr. Todos os anos eles entram para as provas às 13h (pelo horário de Brasília) junto com os demais candidatos, e ficam isolados em uma sala para começar o exame somente às 19h. No Acre, por conta do fuso horário, o tempo de espera chega a 9h.

     

    Segundo o Inep, responsável pela aplicação do exame, cada candidato sabatista custa para o governo R$ 16,39 a mais do que os demais participantes, por conta das despesas extras de ter de aplicar o exame no período noturno. Como o custo médio de cada participante é R$ 68,71, o sabatista gera uma despesa de R$ 85,10 para o MEC.

    Se a regra estivesse vigorando no ano passado, o governo teria economizado cerca de R$ 646 mil com os 76 mil sabatistas que fizeram as provas. No total, o exame de 2016 foi o mais caro da história com custo de R$ 788 milhões e arrecadação de R$ 136 milhões com inscrições.

    Além da pergunta sobre se a aplicação do Enem deve manter o formato atual, em dois dias, ou ser realizada em apenas um, com uma prova de até 100 questões e redação, e 5 horas e 30 minutos de duração, a consulta possui mais outras três questões. A segunda questão complementa a anterior.

     

    Caso o exame continue sendo aplicado em dois dias, ela pergunta aos cidadãos que dias deveriam ser adotados: domingo e segunda-feira (que se tornaria um feriado escolar), dois domingos seguidos ou a manutenção do formato atual, com provas no sábado e domingo. Em todos os casos será mantida a redação, segundo o governo.

    Na última atualização, até as 8h desta quinta-feira (16), segundo o Inep a consulta havia recebido 570 mil respostas. As perguntas podem ser respondidas pelo portal www.inep.gov.br.

    O governo anunciou que o edital do Enem 2017 com as possíveis mudanças será divulgado no mês de março. (Globo.com)

    CONTINUE LENDO


  • Em Aracatu famílias carentes são beneficiadas com kits escolares

    Foto: Elias Oliveira/Informe Aracatu

    A Associação Gameleira dos Machados entregou mais de 30 kits de material escolar, hoje (02), nos Bairros São Félix e Alto Maron em Aracatu.
    A distribuição foi realizada pelo presidente, Erivan Coqueiro Sousa e pelo secretário Ricardo de Souza Almeida. As famílias carentes beneficiadas receberam:  1 classificador, 1 caderno de 12 matérias, 1 caneta, 1 lápis, 1 borracha, 1 régua e 1 apontador.
    A ação social promovida pela associação foi bastante elogiada pelos populares.







  • Resultado do Sisu será divulgado nesta segunda, diz MEC

    O resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) será divulgado nesta segunda-feira (30), de acordo com o Ministério da Educação (MEC). As inscrições terminaram às 23h59 deste domingo (29). Os resultados poderão ser conferidos no endereço no http://sisu.mec.gov.br/.

    No cronograma inicial, o prazo terminaria na sexta-feira (27). Entretanto, o MEC prorrogou o prazo após estudantes relatarem problemas para acessar a plataforma. O ministério admitiu que seus sistemas sofrem 'dificuldade' diante da grande demanda.

    Com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Sisu funciona como um sistema para que os participantes disputem uma das mais de 230 mil vagas de graduação em universidades, institutos de tecnologia e centros tecnológicos federais e estaduais em todo o Brasil

    Antes de prorrogar o Sisu, o ministério já tinha decidido alterar o cronograma do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade para Todos (Prouni) por "precaução técnica" para garantir o atendimento dos estudantes. Tanto o Fies quanto o Prouni tiveram datas de início e fim das inscrições adiados em um dia.



  • Prazo de inscrição no Sisu termina às 23h59 deste domingo

    As inscrições para o Sisu do primeiro semestre de 2017 vão até 27 de janeiro (Foto: Foto: Reprodução/MEC)

    O prazo de inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) termina às 23h59 deste domingo (29), de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Segundo o MEC, o resultado está mantido para segunda-feira (30) e as inscrições são realizadas no http://sisu.mec.gov.br/. No cronograma inicial, o prazo terminaria na sexta-feira (27). Entretanto, o MEC prorrogou o prazo após estudantes relatarem problemas para acessar a plataforma. O ministério admitiu que seus sistemas sofrem 'dificuldade' diante da grande demanda. Antes de prorrogar o Sisu, o ministério já tinha decidido alterar o cronograma do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade para Todos (Prouni) por "precaução técnica" para garantir o atendimento dos estudantes. Tanto o Fies quanto o Prouni tiveram datas de início e fim das inscrições adiados em um dia. Prouni - inscrições: 31 de janeiro a 3 de fevereiro Fies - inscrições: 7 a 10 de fevereiro O total de contratos de financiamentos do Fies ainda não foi divulgado. Prouni do 1º semestre vai oferecer 214.110 bolsas integrais ou parciais em universidades privadas.