publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Mano Barreto em:
A segunda edição do Encontro de Motociclistas de Brumado promete movimentar o município
 
 
Maria aparecida santos moreira em:
Kezinha Produções realizou Páscoa Solidária em Brumado
 
 
Bell em:
Veículo passa por cima de pé de transeunte na faixa de pedestre em Brumado
 
 
joaquim barbosa em:
Tiro e confusão em Maetinga após abordagem da polícia ao vereador Chicãozinho
 
 
 
curta nossa fanpage
Resultado da busca pela categoria "esportes":
 
26.08.2016 - ESPORTES
 
Ryan Lochte é indiciado por falsa comunicação de crime pela Polícia Civil do Rio
 
Ryan Lochte é indiciado por falsa comunicação de crime pela Polícia Civil do Rio
Foto: Peter H. Bick
 

O nadador norte-americano Ryan Lochte, de 32 anos, foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro por falsa comunicação de crime, conduta que pode ser punida com prisão de um a seis meses. O inquérito foi concluído nesta quinta-feira pela Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) e encaminhado ao Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos, que vai decidir se instaura ou não o processo. Na madrugada de 14 de agosto, após sair de uma festa e quebrar objetos enquanto urinava no banheiro de um posto de combustíveis, o nadador que conquistou medalha de ouro na prova olímpica de revezamento 4x200 metros se envolveu em um tumulto com seguranças do estabelecimento comercial. Depois, comunicou à polícia que havia sido assaltado. Ele estava acompanhado por outros três nadadores norte-americanos. Ao investigar a denúncia, a polícia descobriu que Ryan Lochte havia mentido. O nadador voltou para os Estados Unidos em 15 de agosto, dia seguinte ao falso assalto, e chegou a pedir desculpas pela mentira. No relatório do inquérito, a Polícia Civil sugere ao Poder Judiciário que emita carta rogatória à Justiça norte-americana para que o nadador seja citado nos Estados Unidos. Outra recomendação foi o envio de uma cópia dos autos para a Comissão de Ética do Comitê Olímpico Internacional (COI). O delegado titular da Deat, Clemente Braune, afirmou que Lochte deve ser intimado para vir ao Brasil caso o processo seja instaurado. Segundo Braune, o nadador não pode prestar depoimento sobre o caso nos Estados Unidos. Segundo o Ministério da Justiça, se a Justiça brasileira quiser ouvir o nadador deverá fazer um pedido de cooperação jurídica internacional à Justiça norte-americana. A pasta informou que esse pedido pode ser formulado pelo juiz, pelo promotor ou pelo delegado responsável pela investigação e encaminhado ao Ministério da Justiça. Caberá ao Ministério encaminhar o pedido de cooperação à Justiça dos Estados Unidos. O pedido provavelmente será fundamentado no acordo bilateral existente entre Brasil e Estados Unidos sobre cooperação jurídica internacional em matéria penal. Não há prazo para a apresentação desse pedido - isso depende da avaliação da autoridade que investiga o caso. James Feigen, que também mentiu em depoimento para a Polícia Civil do Rio, não foi indiciado porque fez um acordo de transação de pena e pagou R$ 35 mil, que serão doados a uma ONG brasileira. Os outros dois nadadores que integravam o grupo, Gunnar Bentz e Jack Conger, foram liberados porque não chegaram a mentir sobre o ocorrido.
 

 
     
     
 
24.08.2016 - ESPORTES
 
Vem aí a 18ª Corrida Ecológica Brumado a Rio de Contas
 
Vem aí a 18ª Corrida Ecológica Brumado a Rio de Contas
Foto: Divulgação
 

Acontecerá no dia de 04 de setembro de 2016 a 18ª Corrida Ecológica Brumado a Rio de Contas! Com várias alterações realizadas na estrutura do evento para melhor receber os atletas, nesta edição, haverá ainda mais boas surpresas na competição. Válida pelo ranking brasileiro, e fiscalizada pela Federação Baiana de Ciclismo, a Corrida Ecológica Brumado a Rio de Contas já tem espaço reservado no coração e no calendário dos ciclistas de diversos lugares do Brasil. Inscrições pelo site oficial do evento: www.corridaecologica.com.br.  Serão 11 mil reais de premiação total, e muita emoção esperam você nesta data especial!

 
     
     
 
22.08.2016 - ESPORTES
 
CBF: sete medalhistas de ouro são convocados para eliminatórias da Copa 2018
 
CBF: sete medalhistas de ouro são convocados para eliminatórias da Copa 2018
Foto: Reprodução/Agência Brasil
 

Sete jogadores da equipe olímpica brasileira de futebol, que conquistaram a medalha de ouro nos Jogos Rio 2016, foram convocados pelo técnico Tite para os próximos dois jogos da seleção pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Os jogos serão contra o Equador, em Quito, no dia 1º de setembro, e contra a Colômbia, em Manaus, no dia 6. Os jogadores campeões olímpicos convocados são o goleiro Weverton (do Atlético Paranaense), os zagueiros Marquinhos (Paris St. Germain) e Rodrigo Caio (São Paulo), o meia Renato Augusto (Beijing Guoan) e os atacantes Gabriel Barbosa (Santos), Gabriel Jesus (Palmeiras) e Neymar (Barcelona). Também foram convocados os goleiros Alisson (Roma) e Marcelo Grohe (Grêmio), os zagueiros Gil (Shandong Luneng Taishan) e Miranda (Inter de Milão), os laterais Daniel Alves (Juventus), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Marcelo (Real Madrid), os meias Casemiro (Real Madrid), Giuliano (Zenit de São Petersburgo), Lucas Lima (Santos), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Philippe Coutinho (Liverpool), Rafael Carioca (Atlético Mineiro) e Willian (Chelsea) e o atacante Taison (Shakhtar Donetsk).

 
     
     
 
21.08.2016 - ESPORTES
 
Brasil vence Alemanha e conquista primeiro ouro olímpico do futebol
 
Brasil vence Alemanha e conquista primeiro ouro olímpico do futebol
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
 

A seleção brasileira de futebol é campeã olímpica dos Jogos Rio 2016. O ouro foi conquistado nos penalties, após o empate tenso de 1 a 1 nos 120 minutos de duração da partida. O título veio na quinta bola chutada por Neymar, após o goleiro Weverton ter defendido o penalty cobrado pelo jogador alemão. O Brasil abriu o placar com o gol de Neymar, aos 26 minutos de jogo, em cobrança de falta. Em comemoração, Neymar repetiu o gesto de imitar um raio do jamaicano tricampeão olímpico de atletismo, Usain Bolt, presente no estádio. Bolt vibrou com o gol de Neymar. Meyer, da Alemanha empatou, aos 13 minutos do segundo tempo. O gol de ocorreu após uma falha da defesa brasileira, numa bola rebatida. A partir daí, as duas equipes fizeram um jogo tenso com várias chances de gols perdidas pelas duas seleções. Foram necessários 64 anos, mas a seleção brasileira enfim chega ao ouro nos Jogos Olímpicos, numa conquista que serve de redenção para uma geração de jogadores que, pelo menos, desde a Copa do Mundo no Brasil, em 2014, vinha sendo apontada como desprovida de grandes craques, assim como a responsável pelo rebaixamento da seleção brasileira do papel de protagonista para o de coadjuvante no futebol mundial.

 
     
     
 
20.08.2016 - ESPORTES
 
Brasil é medalha de prata na canoa dupla de 1000m com Isaquias e Erlon
 
Brasil é medalha de prata na canoa dupla de 1000m com Isaquias e Erlon
Foto: Reuters/Marcos Brindicci/Direitos Reservados
 

A dupla de canoístas brasileiros formada pelos baianos Isaquias Queiroz e Erlon Silva levou a medalha de prata na final da prova canoa dupla 1.000m, na canoagem velocidade. Os brasileiros lideraram toda a prova, mas foram ultrapassados pela dupla alemã formada por Sebastian Brendel e Jan Vandrey na reta final. A competição foi na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. Os alemães levaram o ouro, com o tempo de 3:43.912. Os brasileiros concluíram a prova em 3:44.819. O terceiro lugar ficou com a equipe da Ucrânia, que completou a competição em 3:45.949.Com o resultado de hoje, Isaquias Queiroz tornou-se o primeiro brasileiro a ganhar três medalhas na mesma edição dos Jogos Olímpicos. Na quinta-feira (18), o atleta de 22 anos conquistou a medalha de bronze na prova dos 200m da canoagem velocidade e, no início da semana, levou a prata na prova dos 1.000m da canoagem velocidade individual.

 
     
     
 
20.08.2016 - ESPORTES
 
Futebol masculino: busca do ouro do Brasil já parou três vezes na final
 
Futebol masculino: busca do ouro do Brasil já parou três vezes na final
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
 

O jogo contra Alemanha neste sábado (20) é a quarta vez que o futebol masculino brasileiro chega à final do torneio olímpico. Nas outras três vezes, a seleção bateu na trave e ficou com a prata em Los Angeles 1984 (contra a França), Seul 1988 (diante da União Soviética) e em Londres 2012 (contra o México). Em comum, nas três derrotas os brasileiros levaram dois gols. Por outro lado, a seleção, apenas em 1984, não marcou um gol. Nas finais seguintes, na Coreia do Sul, Romário descontou, e na Inglaterra, o gol foi de Hulk. Ao todo, o futebol olímpico brasileiro participou 11 vezes do torneio. Nas quatro primeiras vezes, em 1952 (em Helsinque, Finlândia), em 1964 (em Tóquio, Japão), em 1968 (na Cidade do México) e em 1972 (em Munique, Alemanha), a seleção não passou da primeira fase. Entre 1936 e 1980, a Federação Internacional de Futebol (Fifa) só autorizava que o torneio masculino fosse disputado por jogadores amadores, levando a uma supremacia dos países socialistas no pódio olímpico. Nos Jogos de Los Angeles 1984, a Fifa passou a permitir que atletas que não tivessem jogados Copas do Mundo participassem das Olimpíadas. Somente a partir dos Jogos de Barcelona 1992, que teve início as regras atuais, que limitou a competição para jogadores de até 23 anos, abrindo uma execeção para apenas três atletas mais experientes. 

 
     
     
 
19.08.2016 - ESPORTES
 
Canadá derrota o Brasil e fica com o bronze do futebol feminino
 
Canadá derrota o Brasil e fica com o bronze do futebol feminino
Foto: Reprodução/Agência Brasil
 

O Canadá conquistou na tarde de hoje (19) a medalha de bronze do futebol feminino das Olimpíadas Rio 2016, derrotando a seleção brasileira. Com isso, o Brasil termina o torneio em quarto lugar. As canadenses marcaram o primeiro gol ainda na metade do primeiro tempo. A zagueira Lawrence ultrapassou a defesa brasileira para levar a bola para dentro da área, dando o passe que foi finalizado por Rose. A atacante canadense também foi fundamental na jogada em que a equipe marcou o segundo gol, deixando a defesa brasileira para trás novamente e abrindo espaço para Sinclair marcar, no início do segundo tempo. O primeiro gol brasileiro só saiu aos 34 minutos do segundo tempo, quando Beatriz dominou uma bola de lateral e finalizou com um chute certeiro. A mudança no placar animou a torcida, que vibrou com uma energia extra e trouxe a seleção para um jogo mais agressivo. O esforço, no entanto, não foi suficiente para que as brasileiras virassem o jogo. Apesar da derrota, ao final da partida, o público aplaudiu o esforço da seleção.

 
     
     
 
19.08.2016 - ESPORTES
 
Equipe de Brumado estréia no Intermunicipal contra o time de Caetité
 
Equipe de Brumado estréia no Intermunicipal contra o time de Caetité
 

No próximo domingo, dia 21, a seleção de Brumado fará sua partida de estréia no Campeonato Intermunicipal de Futebol 2016, contra a equipe de Caetité. A partida será na casa do adversário e terá início ás 15h. A Federação Baiana de Futebol (FBF) divulgou na última quinta-feira (18) o quadro de arbitragem que irão atuar na partida, que é composto pelo árbitro Antônio Soares de Santana Júnior, de Paratinga, Leandro de Souza Cruz, de Guanambi como assistente 1, Uilson Costa Figueiredo, de Macaúbas como assistente 2 e Rogerfeson Ramos Souza, de Caetité, como 4º árbitro.

 
     
     
 
19.08.2016 - ESPORTES
 
Alison e Bruno Schmidt vencem italianos e conquistam quinto ouro para o Brasil
 
Alison e Bruno Schmidt vencem italianos e conquistam quinto ouro para o Brasil
Foto: Reuters/Adrees Latif/Direitos Reservados
 

Em um jogo impecável, a dupla de vôlei de praia Alison e Bruno Schmidt conquistou hoje (19) a quinta medalha de ouro para o Brasil na Rio 2016. Sem dar chances para os italianos Nicolai e Lupo, os brasileiros venceram por 2 sets a 0 em 45 minutos de jogo. Sob chuva, os italianos começaram um pouco melhor a partida, chegando a abrir quatro pontos de vantagem. Com bloqueios espetaculares de Alison e defesas incríveis de Bruno, os brasileiros viraram o jogo e fecharam o primeiro set por 21 a 19. Mais equilibrado, o segundo set começou a ser decido depois do 14º ponto, quando os brasileiros empataram, passaram a frente e fecharam o jogo por 21 a 17. Com a medalha do vôlei de praia, o Brasil sobe quatro posições no quadro geral de medalhas, ficando na 13ª colocação, com cinco ouros, cinco pratas e cinco bronzes, em um total de quinze medalhas. 

 
     
     
 
18.08.2016 - ESPORTES
 
Martine Grael e Kahena Kunze vencem na vela e conquistam quarto ouro do Brasil
 
Martine Grael e Kahena Kunze vencem na vela e conquistam quarto ouro do Brasil
Foto: Reuters/Benoit Tessier/Direitos Reservados
 

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram o ouro na classe 49er FX da vela. Após dez regatas, elas chegaram à regata da medalha em segundo lugar na classificação geral, mas conseguiram garantir o lugar mais alto do pódio quando terminaram em primeiro a última regata de hoje (18). A dupla teve uma boa largada. Antes da primeira boia, chegaram a liderar, mas perderam a ponta da regata para as duplas italiana e neozelandesa e fizeram a primeira virada em terceiro. Pelo desempenho na primeira fase, as italianas não tinham chance de medalha e o Brasil já tinha a prata, quando chegou em terceiro na segunda boia. A partir daí, Marite e Kahena aumentaram a pressão sobre as neozelandesas e reduziram a desvantagem de 12 para 6 segundos até a quarta boia. A dupla apostou em um lado diferente do das neozelandesas após a quarta boia, ganhando velocidade na parte esquerda da raia, o que permitiu que chegassem na quinta e última boia. A reta final foi dominada pelas brasileiras, que conseguiram chegar ao lugar mais alto do pódio, levando ao delírio a torcida que acompanhava a regata na Praia do Flamengo. As neozelandesas chegaram dois segundos depois.

 
     
     
 
18.08.2016 - ESPORTES
 
Baiano conquista segunda medalha nas olimpíadas Rio 2016
 
Baiano conquista segunda medalha nas olimpíadas Rio 2016
Foto: Reprodução/Reuters
 

O baiano Isaquias Queiroz conquistou hoje (18) a medalha de bronze na prova dos 200m da canoagem de velocidade. Com a marca de 39seg628, o canoísta superou por muito pouco o espanhol Alfonso Benavides Lopez de Ayala, que registrou tempo de 39seg649 e ficou com a quarta colocação. Após uma boa largada, o ucraniano Iurii Cheban levou a medalha de ouro, com 39seg279, seguido pelo atleta do Azerbaijão Valentin Demyanenko, que ficou com a prata com a marca de 39seg493. Isaquias Queiroz, 22 anos, conquistou, no início da semana, a medalha de prata na prova dos 1.000m da canoagem de velocidade. O brasileiro ainda compete amanhã (19), junto com Erlon de Souza, na prova de 1.000m canoa dupla.

 
     
     
 
17.08.2016 - ESPORTES
 
Brasil goleia Honduras e garante vaga na final do futebol masculino
 
Brasil goleia Honduras e garante vaga na final do futebol masculino
Foto: Reuters/Leonhard Foeger/Direitos Reservados
 

Com placar final de 6 a 0, a seleção brasileira masculina de futebol venceu hoje (17) o time de Honduras e vai disputar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016. A partida levantou o Maracanã, com direito a gol relâmpago de Neymar, dois gols de Gabriel Jesus e um pênalti já nos acréscimos do segundo tempo. Marquinhos e Luan também pontuaram um gol cada. A disputa pela medalha de ouro será no próximo sábado (20), às 17h30, também no Maracanã. O adversário da seleção brasileira será definido ainda hoje, na partida entre Alemanha e Nigéria.

 
     
     
 
17.08.2016 - ESPORTES
 
Robson Conceição vence francês e ganha o primeiro ouro para o boxe do Brasil
 
Robson Conceição vence francês e ganha o primeiro ouro para o boxe do Brasil
Foto: Reuters/Peter Cziborra/Direitos Reservados
 

O brasileiro Robson Conceição fez história e conquistou hoje (16) a primeira medalha de ouro do boxe brasileiro em olimpíadas e o terceiro ouro do Brasil na Rio 2016. Por decisão unânime dos juízes, o lutador baiano derrotou o francês Sofiane Oumiha na categoria peso ligeiro, até 60 quilos. Com o ouro de Robson, o Brasil subiu para a décima quinta colocação no quadro geral de medalhas. Relaxado na luta, Conceição não deu chances para o francês e levou a torcida presente no Pavilhão 6 do Riocentro ao delírio. Antes mesmo do fim da luta, os torcedores já gritavam “é campeão”. No primeiro round, os três juízes deram a vitória ao brasileiro. No segundo, dois dos três árbitros deram 10 a 9 para Conceição, mesmo resultado do terceiro e último round. Em uma chave considerada difícil, o brasileiro enfrentou o uzbeque Hurshid Tojibaev em sua primeira luta e venceu por decisão unânime. Mesmo placar da luta contra o cubano Jorge Alvares, que já garantia o bronze ao baiano. Conceição queria mais e na sua terceira Olimpíada – ele foi décimo sétimo em Pequim e em Londres – superou a pobreza e as dificuldades vividas na infância para subir ao lugar mais alto do pódio na Rio 2016.

 
     
     
 
16.08.2016 - ESPORTES
 
Brasil perde nos pênaltis para Suécia e fica fora da final do futebol feminino
 
Brasil perde nos pênaltis para Suécia e fica fora da final do futebol feminino
Foto: Reprodução/Agência Brasil
 

A seleção Brasileira perdeu, na disputa dos pênaltis, por 4 a 3, a partida contra a Suécia que valia uma vaga na final do futebol feminino. Agora, a seleção brasileira vai disputar a medalha de bronze. As seleções não marcaram gol no tempo regulamentar nem na prorrogação, e o jogo teve de ser decidido nos pênaltis. No último jogo, as duas equipes precisaram passar pelos pênaltis para se classificar. O Brasil passou pela Austrália, enquanto a Suécia eliminou as favoritas e maiores campeãs do torneio, as norte-americanas.

 
     
     
 
publicidade
 
16.08.2016 - ESPORTES
 
Thiago Braz bate recorde olímpico e fatura ouro no salto com vara
 
Thiago Braz bate recorde olímpico e fatura ouro no salto com vara
Foto: Junior Lago / Estadão Conteúdo
 

O atletismo enfim voltou a conquistar uma medalha para o Brasil. E não foi qualquer medalha. Na noite desta segunda-feira (15), Thiago Braz surpreendeu os favoritos e conquistou o ouro na disputa do salto com vara, no Engenhão. O brasileiro saltou 6,03 metros e, além de obter a melhor marca de sua carreira, cravou o novo recorde olímpico, transformando o estádio no palco da primeira grande conquista do atletismo nos últimos oito anos. A última medalha do Brasil no atletismo havia sido o ouro de Maurren Maggi, no salto em distância nos Jogos de Pequim-2008. "É campeão", gritavam os torcedores no Engenhão. Emocionado, o brasileiro desfilou com a bandeira brasileira.

 
     
     
 
eventos
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
04.01.2017
Inauguração da sede própria da Câmara de Guajeru
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções