BUSCA PELA CATEGORIA "FEIRA DE SANTANA"

  • Feira de Santana: Hospital da Mulher realiza cirurgia de redução de mamas gratuitamente

    O Hospital da Mulher, localizado no município de Feira de Santana, disponibilizará gratuitamente um total de 200 cirurgias de gigantomastia (redução de seios gigantes). Mulheres interessadas devem se dirigir até a instituição nesta quinta-feira (29), quando será realizada a triagem para os procedimentos, que devem acontecer a partir de fevereiro de 2016. Este é o quinto ano em que o hospital oferece esse tipo de cirurgia, segundo o site Acorda Cidade. De acordo com Gilberte Lucas, diretora-presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, entidade mantenedora do Hospital da Mulher, apenas serão submetidas à gigantomastia mulheres que enfrentam problemas de saúde devido ao tamanho dos seios. "São pessoas cujos seios pesam a partir de cinco quilos", explicou. Gilberte afirmou ainda que, em 2014, mais de 300 mulheres se inscreveram. No entanto, apenas 120 preenchiam o perfil estabelecido. As mulheres devem morar em Feira de Santana, ter mais de 18 anos, ter filhos e comprovar a ausência de condição financeira para realização da cirurgia, além de seios com mais de cinco quilos. "A avaliação médica que vai definir se a pessoa tem ou não o perfil para ser submetida à cirurgia", finalizou a diretora. (FONTE:BAHIANOTICIA.)



  • Feira: Obras do BRT voltam nesta segunda; Grupo acusa violência de guarda municipal

    Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

    As obras do BRT [sigla inglesa para Transporte Rápido por Ônibus] de Feira de Santana devem ser reiniciadas nesta segunda-feira (26). De acordo com o prefeito José Ronaldo (DEM), “um pequeno detalhe” exigido pelo Ministério das Cidades foi aceito pela prefeitura, o que fez a Caixa Econômica Federal voltar a fazer o repasse de verbas, que estavam suspensas desde o dia 30 de setembro. Segundo Ronaldo, a prefeitura não vai mais mexer em um trecho de 250 metros na Avenida Maria Quitéria, onde as obras do modal também são realizadas. “O Ministério das Cidades entendeu que não era bom diminuir o passeio [na Maria Quitéria], onde iríamos abrir uma via, e nós concordamos. Foi a única solicitação do Ministério para que nós não alterássemos o projeto”, disse em entrevista ao Bahia Notícias. Nesta mesma segunda, manifestantes contrários à instalação do modal da forma como foi concebido acusaram a guarda municipal da cidade de os ter expulsado sem mandado judicial do canteiro de obras da Maria Quitéria. O prefeito afirmou desconhecer a informação e disse que as pessoas foram retiradas sem violência. “Posso lhe assegurar que eles foram retirados sem nenhuma violência”, declarou. O Grupo Unificado contra o BRT estava acampado há cerca de 50 dias no canteiro de obras da Maria Quitéria. 



  • Uefs: Quase 300 vigilantes estão de aviso prévio, diz sindicalista

    Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

    Em torno de 300 vigilantes que prestam serviços de segurança na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) devem ser demitidos da unidade. Conforme o Acorda Cidade, os trabalhadores já estão de aviso prévio. Segundo o presidente do sindicato da categoria (Sindvigilantes), Wilson Pereira, o contrato com a terceirizada BRK será encerrado no próximo dia 31 de outubro e, segundo ele, não há perspectiva de renovação com a instituição acadêmica. Pereira informou que, pela lei de licitações, o contrato, feito em outubro do ano passado, deveria valer por cinco anos. Mas antes de completar o período pode haver a quebra de contrato e a universidade tem que contratar outra empresa que preste o serviço emergencialmente, já que não há tempo para se fazer outra licitação. Ainda segundo o site feirense, Pereira disse que sem vigilância a universidade pode parar as atividades, pelo risco de que pessoas que não tenham vínculo com a entidade possam entrar e sair do campus.(FONTE:BAHIANOTICIA)



  • Feira: Acidente provoca morte de porcos após caminhão afundar em calçamento

    Foto: Paulo José / Acorda Cidade

    Pelo menos 23 porcos morreram em um acidente em que o caminhão onde eram carregados tombou na madrugada desta segunda-feira (12), em Feira de Santana, Portal do Sertão. O acidente foi provocado depois que um cano da Embasa estourou e o calçamento da Estrada da Pedra Ferrada, cedeu. O caso ocorreu na madrugada desta segunda-feira (12), por volta das 4h30. De acordo com o Acorda Cidade, um veículo Parati carregado com verduras também afundou no calçamento. Moradores da localidade contaram que o calçamento foi inaugurado há menos de um ano. Até o momento, não foi informado o prejuízo com o acidente. Não houve pessoas feridas.



  • Feira: Quatro homens são executados em chacina na zona rural

    Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

    Quatro pessoas foram mortas em uma chacina na zona rural de Feira de Santana, Portal do Sertão, nesta quarta-feira (8). O caso ocorreu por volta das 22h em uma casa no povoado de Tanquinho, no distrito de Humildes. Essa é a segunda chacina registrada em Feira de Santana neste ano. A primeira ocorreu no dia 8 de abril na localidade Bom Viver, também em Humildes, com quatro mortos. De acordo com a Polícia, foram executados a tiros Josevaldo Silva Conceição, 28 anos, José Augusto Nunes da Silva, 25, Maurício Lima de Jesus, 38, e Maurício Francisco de Souza, 30. Três deles morreram no local. Apenas Maurício Francisco, que foi baleado no pescoço e tórax, ainda foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu, informou o Acorda Cidade. A polícia ainda informou que os corpos de três vítimas estavam de bruços e dois estavam com as mãos na cabeça. Havia muito sangue. Até o momento, não há informações sobre autoria e motivo da chacina. 



  • Polícia desarticula quadrilha que agia em bancos de Feira de Santana

    Uma ação da Polícia Militar, na manhã deste domingo (4), em Feira de Santana, resultou na prisão em flagrante de três homens suspeitos de integrar uma quadrilha que aplica fraude em agências bancárias. De acordo com a 64ª Companhia Independente, os homens são de Goiânia e se preparavam para instalar nos caixas eletrônicos equipamentos que retêm envelopes de depósitos quando foram presos. De acordo com o G1, os criminosos instalam uma peça de inox com um fio dental na entrada do caixa eletrônico, no compartimento onde o cliente coloca os envelopes. Ao final da operação, o fio dental não permite que o envelope entre no equipamento e o dinheiro, depois, é "pescado" pelos bandidos. Eles também são suspeitos de fazer clonagem de cartões, instalar “chupa-cabras” e roubar dados das contas bancárias de clientes. Todos os presos foram levados para o Complexo de Delegacias do Sobradinho.Bahianoticias.



  • Justiça descobre fraude de R$ 100 mi em empresa de Feira de Santana

    Empresa, que vendia produtos cirúrgicos, fechou as portas no ano de 2007.
    Representantes depositaram cerca de R$ 100 milhões em nome de laranjas.
     

    Investigação da Justiça do Trabalho em Feira de Santana, na Bahia, detectou uma fraude de aproximadamente R$ 100 milhões. A investigação começou após 1.200 funcionários terem recorrido à Justiça para receber salários atrasados e dívidas trabalhistas da empresa Plascalp, que decretou falência.

    A investigação aponta que representantes da empresa depositaram cerca de R$ 100 milhões em nome de laranjas para não pagar as dívidas. Depois de oito anos, a Justiça conseguiu penhorar R$ 50 milhões em dinheiro e R$ 100 milhões em bens materiais do grupo de pessoas físicas e jurídicas relacionadas à empresa.

    A Plascalp, que vendia produtos cirúrgicos, fechou as portas no ano de 2007 e deixou uma dívida trabalhista no valor de R$ 80 milhões, com alegação de falência. Foram em torno de 700 processos vinculados às varas do Trabalho de Feira de Santana e Salvador e mais de 50 advogados envolvidos no caso.

    De acordo com a Justiça, o dinheiro da Plascalp estava espalhado com 53 pessoas e 81 empresas, todos apontados como “laranjas”. Eles vão responder por crimes financeiros.
    "O tribunal tem o setor de inteligência, que trata desses assuntos que envolvem valores altos de grandes empresas. Através de ferramentas de investigação, de internet, utilizadas pelo Banco Central, pela Refeita Fderal, descobriu que o dinheiro dessa empresa estava em outras empresas. E está conseguindo bloquear, ainda estão sendo feitos outros bloqueios", disse o juiz Gilber Santos.

    O ex-funcionário da Plascalp, Clécio Oliveira, conta que se surpreendeu com a vitória judicial.  “Me senti bem aliviado, até porque a gente não acreditava mais nessa vitória. Não só eu como os 1.200 funcionários da empresa”, disse. “É uma vitória fantástica, que traz o devido respeito ao Poder Judiciário, porque os grandes devedores não estão pagando. Estão usando de milhares de expedientes para não pagarem às execuções em curso”, disse uma das advogadas dos trabalhadores, Odejane Franco.

    Em nota, o advogado dos donos da Plascalp, Dante Pereira, criticou a condução do processo na Justiça do Trabalho e prometeu recorrer da decisão. (G1 Bahia)



  • Feira: ‘Princesa do Sertão’ completa 182 anos de emancipação nesta sexta

    As repartições públicas municipais não funcionam nesta sexta-feira (18) em Feira de Santana, Portal do Sertão. A cidade comemora 182 anos de emancipação política. Segundo o secretário de Administração, João Marinho, as repartições públicas não sujeitas a regime de plantão não vão funcionar nesta sexta.  De acordo com Marinho, o dia não será feriado, isso porque o município já encerrou a cota de quatro feriados municipais, que ocorreram nos dias da Paixão de Cristo (3 de abril), Corpus Christi (4 de junho), São João (24 de junho), Senhora S’Antana (26 de julho). As comemorações pelos 182 anos de emancipação política contarão com ampla programação durante todo o dia, começando com uma missa de ação de graças celebrada às 7h, na Igreja da Matriz. Ainda de acordo com a prefeitura, o ponto alto da programação será a entrega da Ordem Muncipal do Mérito para 55 cidadãos e cidadãs às 19h, no Spazzio Eventos.



  • Feira de Santana entra no terceiro dia sem ônibus

    Pelo terceiro dia, a população de Feira de Santana está sem o serviço de transporte coletivo. Na manhã desta terça-feira (18) todos os ônibus continuam retidos nas garagens das empresas e os motoristas e cobradores não compareceram ao local, como ocorreu na manhã de segunda. Uma reunião entre representantes do município, sindicato e o Ministério Público foi realizada na tarde de ontem (18), mas não se chegou a uma solução para o problema. As empresas alegam que faltam recursos financeiros para o abastecimento dos veículos e que por isso as atividades foram paralisadas desde o final da manhã de domingo (16). O procurador do município Cleudson Almeida informou na noite de ontem que se reuniu com o prefeito José Ronaldo de Carvalho para mais uma vez tentar chegar a uma solução, mas que não conseguiu contanto com representantes das empresas Princesinha e 18 de Setembro. Para atender a demanda de passageiros, a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito autorizou que todos os 1.200 táxis regulares em Feira de Santana façam o transporte de passageiros na modalidade conhecida como "ligeirinho". Além disso, estão sendo disponibilizados à população as 106 vans do transporte complementar e cerca de 500 moto-táxis regularizados. (Fonte e foto: Acorda Cidade)



  • Família de Feira de Santana diz que cemitério perdeu corpo de parente

    Gaveta onde o corpo de márcio foi sepultado está ocupada com o corpo de outra pessoa (Foto: Reprodução/TV Subaé)

    Uma família da cidade de Feira de Santana, localizada a cerca de cem quilômetros de Salvador, denuncia que os restos mortais de um parente, que estava sepultado no cemitério São Jorge, desapareceu.

    Ivoneide Oliveira foi ao cemitério para retirar os ossos do irmão Márcio de Almeida Santos, que morreu há três anos, vítima de latrocínio. Chegando no local, teve uma surpresa desagradável: na gaveta em que o corpo do irmão foi sepultado tinha o corpo de outra pessoa desde setembro de 2014.

    A família de Márcio conta que o corpo passou os últimos três anos enterrado na gaveta de número 840, e agora seria retirado para ser colocado em um túmulo entretanto. Foi quando eles descobriram que os restos mortais do parente desapareceram.

    Ivoneide conta que o cemitério dá um prazo de três anos e 30 dias para que a família retire o corpo da gaveta e passe para um túmulo. Se o prazo for ultrapassado, o próprio cemitério fica responsável pelos restos mortais, porém ela diz que a família afirma que cumpriu o prazo.

    “Fez três anos de sepulcro dia 7 [de março] agora”, diz Ivoneide.

    Maria Cristina Oliveira, outra irmã de Márcio, mostrou todos os documentos que comprovam que o corpo foi colocado na gaveta de número 840. “Vou ter que fazer tudo que estiver dentro da lei, mas isso não vai ficar assim”, afirma Maria Cristina.   

    A equipe da Rede Bahia procurou a direção do cemitério para falar sobre o sumiço do corpo, mas nenhuma resposta foi dada.







  • Criminosos explodem caixa eletrônico em shopping

    Foto: Portal Bahia News / Jefferson Oliveira / Leandro Alves

    Um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, localizado no estacionamento no Boulevard Shopping, em Feira de Santana, foi explodido por volta das 4h deste sábado (22). O caixa vizinho ao que foi explodido, na mesma cabine, ficou danificado. Os seguranças disseram que, como no momento da explosão o shopping estava fechado, só é feito o controle de passagem de veículos e que não há segurança para os caixas eletrônicos. Eles têm funcionamento de 24 horas e pessoas entram no estacionamento para utilizarem os terminais de autoatendimento. Segundo informações,os bandidos fortemente armados, fugiram em dois veículos.



  • Secretária morre ao cair em fosso de elevador de prédio comercial

    Acidente ocorreu na tarde desta sexta-feira (21). G1 BA, com informações da TV Subaé

    Uma mulher de 53 anos morreu ao cair no fosso do elevador de um prédio comercial na cidade de Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador. De acordo com informações de testemunhas, a vítima trabalhava como secretária em uma clínica que fica no local, no bairro de Santa Mônica, e estava acompanhada de outra mulher quando o elevador parou entre o 5º e o 6º andar.

     

    Ao solicitarem o resgate, enquanto uma delas era retirada do elevador com a ajuda de uma equipe, a vítima tentou sair por conta própria e caiu no fosso. As duas mulheres estavam voltando do horário do almoço, por volta das 14h, quando ficaram presas no equipamento.

     

    A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros estiveram no local. De acordo com informações da administração do prédio, os três elevadores do prédio apresentaram defeito na quinta-feira (20), mas passaram por conserto e foram liberados nesta sexta-feira. O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana. Não há informações sobre o enterro.



  • Acidente na BR-101 envolvendo ambulância resulta na morte de pai e filha

    Destaquebahia / Informações e fotos: Aldo Matos / Acorda Cidade

    Um acidente na BR-101 na última sexta-feira (5), envolvendo uma ambulância de Conceição da Feira e outros dois veículos vitimou fatalmente duas pessoas. O fato ocorreu nas proximidades de São Gonçalo dos Campos, Região Metropolitana de Feira de Santana. Na ambulância que ia para Salvador, viajavam Aristides Moreira de Freitas e a filha dele, Valdete Nascimento de Freitas, que morreram no local. Segundo informações, o acidente foi provocado quando um caminhão fez uma ultrapassagem proibida e colidiu frontalmente com o veículo Hyundai Tucson, que foi projetado em cima da ambulância. Ainda segundo informações, o Sr. Aristides ia fazer um procedimento no Hemoba, e a filha dele o acompanhava. O motorista do caminhão evadiu-se do local.

     

    No momento da colisão o veículo Hyundai Tucson, foi projetado em cima da ambulância 



  • Grávida não acha vaga em hospital e tem filho dentro de carro

    Criança nasceu dentro de carro. G1 BA (Foto: Reprodução)

    Após não achar vaga em hospital, uma mulher teve o filho dentro do carro do vizinho na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador. A dona de casa Alessandra dos Santos Rodrigues entrou em trabalho de parto por volta das 6h da última quarta-feira (20), quando o marido, Dermival Santos, pediu uma carona ao vizinho para levá-la ao Hospital Clériston Andrade.

    Ao chegar no local, a unidade de saúde não tinha vaga e a gestante seguiu para um outro hospital da região. Porém, ao passar pela Avenida João Durval, uma das mais movimentadas de Feira de Santana, a mulher não aguentou esperar e teve o filho dentro do carro. "Nunca pensei que iria acontecer algo assim, mas graças a Deus deu tudo certo e agora a mãe está de parabéns. À equipe do Samu eu agradeço mais uma vez, foi muito rápida", disse o vizinho de Alessandra, Gerônimo Costa, que registrou o momento do parto. 

    A dona de casa contou também com ajuda de Hélio Ferreira, dono de um salão de beleza que fica na avenida. "O pai estava muito nervoso, muito mesmo. Ele atravessou a pista correndo e não sabia o que fazer. Estava desesperado. Aí ele pediu para ligar para o Samu e eu chamei rapidamente", contou o cabeleireiro.

    Uma ambulância do Samu chegou logo após o parto e levou mãe e a criança, um menino, para uma maternidade da cidade. Os dois passam bem, mas ainda não têm previsão de alta. A criança, que ganhou o nome de Miguel, nasceu com 2,860 kg e 49 cm. O bebê é quarto filho do casal.

    A direção do Hospital Clériston Andrade disse que o hospital só faz partos de alto risco e que neste caso ela deveria ter procurado outro unidade de saúde.



  • Briga de Casal evangélico e mãe de santo por causa de despacho vira caso de justiça

    Foto: Ney Silva / Acorda Cidade

    A filha de santo Antônia Barbosa de Souza, 67 anos, que mora no bairro Tomba, em Feira de Santana, diz que está sofrendo perseguição e intolerância religiosa por um casal evangélico. Um despacho colocado na porta da casa dela teria incomodado o vizinho e a mulher dele. Segundo Antônia Barbosa, o casal teria a agredido e ainda entrou com uma ação na Vara de Sistema de Juizados contra ela. 

    “Eu sou filha de santo e moro no Tomba há cinco anos. Apareceu um despacho no portão da minha casa, eu dei providência de tirar, mas os evangélicos me acusaram de ter feito a macumba. Eu falei que não foi eu que tinha feito. Como é que eu mesma ia colocar um despacho na porta da minha própria casa? Não sei porque eles se sentiram incomodados, já que o despacho estava na minha porta”, afirmou. 

    Uma manifestação contra intolerância religiosa também foi realizada com a participação de um grupo de mulheres, presidente de ONGs, estudantes, professores e representantes de terreiros de candomblé. Lurdes Santana, que faz parte da coordenação do Conselho Municipal das Comunidades Negras, Indígenas e Quilombolas, definiu a situação vivida por Antônia Barbosa de Souza como intolerância religiosa.