BUSCA PELA CATEGORIA "GUAJERU"

  • Em períodos críticos Guajeru, M. de Pedras e L. Almeida terão prioridade nas águas do Truvisco

    atualmente o volume de Truvisco é 13 milhões de m3, menos da metade da capacidade máxima do Açude que é igual a 38,5 milhões de m3 de água. Foto: Divulgação.

    Em período crítico de estiagem, os municipios de Guajerú, Malhada de Pedras e Licínio de Almeida terão prioridade na alocação das águas do Truvisco, Brumado ficou de fora, conforme decisão do CGA


    Criada pela Portaria do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS sob Nº 66 de 02 de fevereiro de 2007, a Comissão Gestora do Açude - CGA de Truvisco, de acordo com o seu regimento, é um colegiado formado por representantes do poder público federal, estadual e municipal, representantes da sociedade civil organizada e representantes dos usuários diretos de água, tendo como área de abrangência o Açude do Truvisco e seus entornos, incluindo as áreas das bacias dos rios tributários desde suas nascentes (Riacho São Domingos, Barreiros e Rio do Salto no Município de Licínio de Almeida) e do prolongamento do Rio do Antônio (fazendo parte desse conjunto hidrográfico o Rio do Paiol desde sua nascente no Município de Jacaraci), até a Barragem da Cidade de Brumado.
     
    O objetivo da CGA de Truvisco é garantir a implementação da gestão descentralizada, participativa e integrada dos recursos hídricos daquele Açude. E dentro desse propósito no último dia 21 de maio, quinta-feira, foi realizada mais uma reunião daquele Colegiado, na Cidade de Caculé, onde se fez exposições sobre o volume de água no Açude de Truvisco, formou-se uma comissão para resolver conflitos pelo uso da água em áreas problemáticas da Bacia do Rio do Antônio e aprovou-se a alocação de água do Açude.
     
    Estiveram presentes à reunião, representantes da Agência Nacional de Água – ANA, do DNOCS, da Secretaria de Recursos Hídricos do Estado da Bahia, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA, do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Contas – CBHRC, da Secretaria de Meio Ambiente de Caculé, da Gerência da Embasa de Caetité, da Secretaria de Agricultura de Licínio de Almeida, da Prefeitura de Guajeru, da Secretaria de Infraestrutura de Rio do Antônio e do MODERA, nas pessoas do Coordenador Geral Henrique Moreira Rocha e da ex-Coordenadora Geralda Ribeiro Amorim.
     
    Conforme exposições dos técnicos da ANA, atualmente o volume de Truvisco é 13 milhões de m3 . Ou seja, menos da metade da capacidade máxima do Açude que é igual a 38,5 milhões de m3 de água. De acordo com os técnicos, a vazão média da comporta de Truvisvo não poderá comprometer o volume do seu reservatório em menos de 3,3 milhões de m3, o que já seria um volume morto.
     
    O MODERA entrou na composição da comissão para resolver os conflitos pelo uso da água, que além de entidades da sociedade civil incluiu também órgãos públicos.
     

    Sobre a alocação de água para o período crítico de estiagem, foi aprovado que deverá haver prioridade para atender os Municípios de Licínio, Rio do Antônio, Guajeru e Malhada de Pedras. Embora o Coordenador do MODERA, Henrique Rocha, tenha feito a defesa de Brumado, o Colegiado da CGA de Truvisco não aprovou aquele Município como prioritário. Atualmente existem as comunidades de Campo Seco II, Espinheiro, Arrasta-Pé, Arrecifinho, Santa Luzia e Queimada Grande, no Município de Brumado, que ainda dependem do uso direto das águas do Rio do Antônio para abastecimento humano, dessedentação animal e irrigação.

    COMENTAR
  • Público pequeno e a ausência de Rui Costa marcaram as inaugurações em Guajeru

    Fotos: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    A tão aguardada visita do governador Rui Costa ao município de Guajeru não aconteceu, o evento de inauguração das obras asfálticas, que liga o município a Malhada de Pedras, bem como de Malhada de Pedras a Rio do Antônio, contou com a presença do vice-governador do Estado, João Leão.
    Mesmo com divulgação em redes sociais, blogs de notícias, rádios e demais meios de comunicação, o prefeito Gil Rocha não conseguiu mostrar a sua força e influência perante as autoridades políticas que compareceram; a exemplo de deputados e prefeitos de outras cidades, pois, além dos funcionários públicos do município e correligionários políticos, poucas pessoas atenderam ao convite do gestor, e a aglomeração se limitou apenas nas áreas próximas ao palanque.

            

    Se o público esperava o governador, o governado não foi; e se o vice-governador esperava um grande público, isso também não aconteceu. Ambos os lados tiveram certa decepção.

    Deputados e prefeitos de outros municípios acompanharam João Leão que depois de ser recebido e feito o seu discurso, descerrou a placa que marca o início da pavimentação e a entrega das obras realizadas na região. "Essas são mais duas obras que entregamos na gestão do governador Rui Costa, que vão beneficiar a produção agropecuária, gerar renda no campo e criar infraestrutura para o interior do estado”, destacou João Leão.
     

    A justificativa da ausência do governador Rui Costa, é que devido a uma doença que aconteceu de última hora, ficou impossibilitado de vir a Guajerú.
     

    COMENTAR
  • 'Vamos agradecer, mas também cobrar mais beneficios para Guajeru' diz Gil Rocha

    O prefeito Gil Rocha esteve prestigiando as festividades da cidade de Maetinga, governada por seu colega de partido, Edcarlos Lima. Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    O prefeito de Guajeru, Gil Rocha, em companhia do vice – prefeito Fernando e do vereador , Valdeiney Souza, estiveram prestigiando as comemorações do aniversário dos 30 anos de emancipação política da cidade de Maetinga, no último fim de semana. Na oportunidade, o prefeito Gil Rocha falou ao Destaquebahia, sobre a visita do governador Rui Costa ao municipio no próximo dia 23, e segundo o prefeito, a oportunidade será aproveitada para reivindicar alguns benefícios para o município, além de agradecer pelas obras já realizadas. “A gente tem algumas demandas que vamos está protocolando em palanque, revitalização do centro, praças e a pavimentação do Bairro Jardim Paraíso; a principio vamos está apresentando essas demandas e agradecendo outras obras que foram desenvolvidas pelo Governo do Estado no município” disse o prefeito.

    COMENTAR
  • Rui Costa estará em Guajeru para inauguração das obras de pavimentação asfáltica

    Foto: Fabiano Neves / arquivo do Destaquebahia

    No próximo dia 23 de maio (sábado) o governador Rui Costa estará no município de Guajeru para entrega das obras de pavimentação asfáltica da BA-148 que liga o município a Malhada de Pedras.

    Concluídas no segundo semestre de 2014, as obras no trecho de cerca de 22 km serão oficialmente entregues pelo governador em cerimônia a ser realizada às 09:00h. Na oportunidade o governador também visitará o Colégio Estadual Jorge Amado e o Colégio Municipal Antônio Andrade.

    Para o prefeito de Guajeru, a obra é um marco para o desenvolvimento do município e da microrregião. “O asfalto interligando Guajeru e Malhada de Pedras, e consequentemente a outras vias, já tem facilitado ao povo de Guajeru o acesso a centros de referência na saúde, educação e serviços. A melhoria no acesso pela BA-148 também trará ao município benefícios que até então não foram possíveis e que irão melhor, de forma significativa, a vida do nosso povo. Portanto é uma ação que deve ser comemorada por todos nós.” Destacou Gil Rocha.

    COMENTAR
  • Prefeito de Guajeru tira a esposa do Cargo de Tesoureira e a coloca como Secretária de Administração

    Prefeito Gil Rocha e a esposa Marta Santos Lima Rocha. Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    Após um longo período ocupando o cargo de tesoureira da Prefeitura Municipal de Guajeru, a 1ª Dama, Marta Santos Lima Rocha, foi exonerada do cargo na última segunda-feira (11). A notícia soou de forma positiva perante os guajeruenses, os quais, usando as redes sociais, teciam duras críticas ao prefeito, que insistia em manter no cargo a sua esposa, além do cargo de Secretária de Assistência Social ocupado por sua irmã, Ivanilde Aparecida Rocha Meira.

    Alegria dos guajeruenses durou pouco, vez que, na manhã desta terça-feira (12), a 1ª Dama, Marta Santos Lima Rocha, foi nomeada Secretária de Administração do Município, gerando novamente vários comentários negativos por parte dos munícipes, que vê como nepotismo o que vem acontecendo na gestão do atual prefeito Gilmar Rocha Cangussu, (PT) .

    O Destaquebahia entrou em contato por telefone com o prefeito Gil Rocha, mas não foi atendimento, o mesmo aconteceu com 1ª Dama Marta Santos Lima Rocha. A nossa reportagem conseguiu falar apenas com José Carlos Rodrigues Oliveira, Secretário de Administração que foi exonerado para dar lugar a esposa do prefeito, mas José Carlos não quis comentar sobre o assunto, se limitando apenas a dizer que tem conhecimento da nomeação da 1ª dama para ocupar o seu cargo, mas disse não saber qual será o seu destino dentro da prefeitura.

    COMENTAR
  • Vereadora cobra melhorias de trabalho para os Garis e carro apropriado para coleta de lixo

    Vereadora Mônica Araújo. Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    A vereadora Mônica Araújo, durante a Sessão da Câmara de Vereadores de Guajeru, ocorrida na manhã de terça - feira (05) cobrou melhorias nas condições de trabalho dos garis que prestam serviços de limpeza pública para o município.


            
                        Um trator é um dos veículos utilizado na coleta de lixo

    Segundo a vereadora, os garis estão trabalhando sem fardamento adequado, dificultando até mesmo na identificação; ainda segundo a vereadora, a coleta de lixo precisa ser feita em veículos apropriados para tal serviço, já que atualmente a coleta é feita por caminhão e até mesmo um Trator (Máquina Agricola), sendo até um risco para os trabalhadores.

             

    A vereadora e presidente da Casa Legislativa, Eliene Rocha, disse que os fardamentos dos garis já foram solicitados à prefeitura que já está providenciando.

    COMENTAR
  • Local destinado a mercado público é utilizado por usuários de Drogas em Guajeru

    Fotos: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    Um galpão localizado no Bairro Jardim Paraíso, em Guajeru, está tirando o “sono” dos moradores da localidade. Segundo informações de populares o local que há anos começou a ser construído com o objetivo de ser um mercado público, não teve as obras concluídas; e o pior, hoje serve de esconderijo para usuários de drogas e outras pessoas que alí praticam atos ilícitos.
    Com os portões abertos, o local se tornou um ambiente propicio para marginais e usuários de drogas. Segundo os moradores da localidade, com um simples cadeado resolveriam o problema, mas, mesmo diante das constantes reclamações nem isso ainda foi feito pela prefeitura.

         

    “Este local onde tanto dinheiro foi gasto, poderiam estar servindo para abrigar algum órgão do município, já que muitas secretarias estão em espaços alugados, ou outra coisa de utilidade para a sociedade, e não deixar ai abandonado e sendo motivo de risco para nós moradores” disse um morador do bairro, o qual aguarda que providências sejam tomadas.

    COMENTAR
  • Rádio Cultura FM de Guajeru disponibiliza aos seus ouvintes programa jornalístico

    Locutor Fabiano Neves. Foto: Vanilson Santos / Destaquebahia.com.br

    O blogueiro e radialista, Fabiano Neves, empreendeu um novo trabalho, desta vez na cidade de Guajeru, onde, em companhia de Valfredo Silva, leva aos munícipes guajeruenses todas as terças – feiras, as principais noticias da cidade, da Bahia, do Brasil e do mundo através da Rádio Cultura Fm, 87,9, com o Jornal da Cultura.
    O jornal que teve na última terça-feira (31) a sua 3º edição, já é o principal programa de rádio no dia e horário a dominar a audiência no município.

    A população recebeu de bom grado o jornalismo, algo que só demonstra que a Cultura Fm está sempre inovando e buscando levar a população de Guajeru e região, além de música e entretenimento, informações com qualidade, imparcialidade e o principal – credibilidade.
    Além de ouvir a programação da rádio através da frequência 87,9 a Cultura também pode ser ouvida através da internet no site: fmculturaguajeru.com.br.

    COMENTAR
  • Avô diz ter socorrido o neto em carrinho de mão porque ambulância de Guajeru estava com faróis queimados

    Foto: Fabiano Neves / arquivo do Destaquebahia

    No fim da tarde de ontem, domingo (29), por volta das 17h, dois jovens menores de idade, um com 14 e o outro com 10 anos, sofreram um acidente motociclistico numa estrada vicinal que dá acesso a Guajerú. Informações obtidas pelo Destaquebahia são de que os menores perderam o controle da motocicleta ao atropelar um Tatú, vindo a cair e sofrer algumas fraturas.

    O Samu 192 de Guajerú foi acionado, porém, segundo informações passadas ao Destaquebahia pelo Avô de um dos jovens, o Sr. Antônio Rocha Lima, a atendente do Serviço Móvel de Urgência teria dito que não haveria como enviar a ambulância devido o veículo estar com os faróis queimados. “Eu liguei para o Samu e a moça que atendeu falou que não teria como mandar o Samu porque a ambulância estava com o farol queimado, então eu desesperado coloquei ele num carrinho de mão e levei até a casa de um vereador que o trouxe até o posto de saúde” disse o Sr. Emanuel.

    Um dos garotos foi encaminhado ao Hospital de Guanambi, mas já retornou para casa, o outro quebrou uma perna e se encontra internado no Hospital de Brumado.

    O Destaquebahia entrou em contato com a secretaria de saúde, e segundo a secretária Érica, o Samu teria sim se deslocado até o local, porém as vítimas já haviam sido socorridas.


    É comum se vê na zona rural menores conduzindo motocicletas, mas vale lembrar que a entrega de veículo a menor de idade (que, portanto, não é habilitado) constitui tanto infração administrativa, quanto crime de trânsito, previstos, respectivamente, nos artigos 163 e 310 do Código de Trânsito Brasileiro. Tais dispositivos legais aplicam-se ao proprietário do veículo (ou à pessoa que tem responsabilidade sobre ele), independente das penas cominadas à conduta do motorista. As consequências administrativas são a multa de R$ 574,62 e apreensão do veículo, enquanto que, criminalmente, o CTB estabelece detenção, de seis meses a um ano

    COMENTAR
  • Motos com restrições judiciais são apreendidas em Guajeru

    Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    A Polícia Militar de Guajeru, apreendeu na manhã de ontem (25), algumas motocicletas, algumas delas com restrições judiciais. As apreensões se deram após abordagem a motociclistas que não estão fazendo o uso de capacete no município. Os veículos apreendidos foram conduzidos para a delegacia e estão a disposição da justiça. Vale ressaltar que o uso do capacete é obrigatório e em muitos casos de acidentea salvam vidas.

    COMENTAR
  • Moradores de Guajeru ficaram mais de seis horas sem energia

    Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    Os moradores da cidade de Guajeru enfrentaram do inicio da tarde até a noite de ontem (19), mais uma queda de energia na cidade. Algo que era constante somente nos períodos chuvosos, agora esta corriqueiro independente da época.

    Apesar dos grandes prejuízos causados a população, principalmente aos comerciantes e órgãos municipais, ainda não foi tomada uma providência por parte da Coelba para solucionar esse problema que já ocorre há anos na cidade. E para agravar ainda mais a situação não existem técnicos locais, o mesmo se deslocam de cidades vizinhas para fazer reparos, ás vezes pequeno, que causa a queda de energia. Os moradores pedem uma providência por parte do poder público no sentido de buscar uma solução junto a Coelba (GRUPO NEOENERGIA), já que tem se tornado insustentável essa “dura” realidade na vida dos guajeruenses.


     

    COMENTAR
  • Representantes da prefeitura fizeram esclarecimentos na última Sessão da Câmara em Guajeru

    Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    A sessão da Câmara de Vereadores de Guajeru,  ocorrida no último dia 17 (terça-feira), foi considerada de grande proveito por parte das pessoas que compareceram ao plenário e os ouvintes que acompanharam através da transmissão realizada pela Rádio Cultura; afinal de contas, além dos vereadores estiveram presentes o Coordenador da Atenção Farmacêutica Newton Viana e a Secretária de Saúde do município Érica Leal, os quais fizeram esclarecimentos quanto alguns questionamentos feitos na sessão do dia 10/03, onde, segundo a vereadora Mônica, uma mulher entrou em trabalho de parto na zona rural, mas, ao solicitar uma ambulância do Samu ou do município para se deslocar até uma unidade de saúde não teria sido atendida, devido as mesmas estarem com faróis queimados e pneus furados, além da falta de medicamento na farmácia básica.

    Por este motivo, a própria vereadora que levantou o assunto, fez uma solicitação junto à presidência da Casa Legislativa para que os representantes dos setores citados comparecessem para esclarecer as veracidades dos fatos.

              

                               Érica Leal, secretária de saúde de Guajeru

    O Coordenador da Atenção Farmacêutica Newton Viana e a Secretaria de Saúde Érica Leal, disseram aos parlamentares e ao público que não houve a tal solicitação, e que o município nunca deixou de atender as necessidades do povo, que se alguém tivesse precisado do transporte e as ambulâncias não pudessem ir, por estarem em outra ocorrência ou algum com algum problema, que o município daria outro jeito, mas não deixaria a pessoa sem atendimento “O responsável pelas ambulâncias do centro de saúde não foi procurado, portanto essa informação de que procurou a ambulância e que esta estava com faróis queimados não procede, foi uma informação equivocada, relatada na sessão do dia 10/03 e que hoje a gente veio esclarecer para a população” disse a secretária Érica Leal.

    Quanto a falta de alguns medicamentos na farmácia básica, NeltonViana declarou que “O Estado ao longo de dois anos tem deixado de repassar o valor que é de competência dele para o município de Guajeru, por conta disso é que está ocorrendo o desabastecimento na farmácia básica, ocasionando prejuízos para a população”. Ainda segundo Nelton Viana,  o Estado deve mais de 200 mil ao município de Guajeru em repasse que não tem sido feito ao longo de dois anos

    Após a explanação do coordenador da farmácia básica e da secretaria de saúde, alguns do vereadores disseram que iriam procurar o prefeito e tentar uma audiência, se preciso for, até com o governador Rui Costa, para que esta questão seja resolvida, mas que a comunidade não pode ficar no prejuízo.

    COMENTAR




  • ‘Tem gente que paga Carro Pipa; Há mais de 10 anos sem água encanada na rua’ diz morador.

    Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    Tem coisas que parece impossível, mas acontece. Como pode uma rua dentro do perímetro urbano de uma cidade estar a mais de 10 anos sem água enganada? Isso está acontecendo em Guajeru. Segundo moradores da Rua Nova, no Bairro Jardim Paraíso, não existe água encanada e os moradores têm ou que utilizar do encanamento de uma rua vizinha, ou comprar água de Carro Pipa para os afazeres domésticos e água mineral para beber, já que a embasa há anos não tomou a providência de instalar o encanamento, como se não bastasse, além de não haver água encanada na rua também não há pavimentação, o que tem deixado os moradores ainda mais indgnados.

    COMENTAR
  • Prefeito Gil Rocha participou do encontro de agricultores com a ASFAB em Malhada de Pedras

    Prefeito Gil Rocha (o segundo da direita para a esquerda), prefeito Ceará (o primeiro da esquerda para a direita)

    Na última quinta-feira (12), a cidade de Malhada de Pedras recebeu a ASFAB (Associação de Agricultores Familiares Camponeses da Bahia), na oportunidade, agricultores de cidades vizinhas estiveram presentes, a exemplo de Guajeru, Rio do Antônio, Brumado e outros.

    O encontro realizado na Igreja do Evangelho Quadrangular teve a participação de autoridades, representando secretarias e outros setores de órgãos importantes do Estado. Tendo com principal objetivo debater as conquistas e avanços da agricultura familiar na microrregião, atendendo principalmente os pequenos produtores no que se refere a melhorias para a renda familiar e estruturação das comunidades camponesas no interior de cada município representado, o encontro aglomerou centenas de agricultores.

          
    O prefeito de Guajeru, Gil Rocha, também marcou presença no encontro e, bem recepcionado pelo prefeito de Malhada de Pedras, Valdeci Alves Bezerra (Ceará). Gil Rocha, prestigiou as apresentações e participou dos debates ocorridos. Em entrevista ao Destaquebahia, Gil Rocha disse que: “Esses encontros são muito importantes para os nossos agricultores, pois, é a partir desses encontros que benefícios são alcançados e que temos a oportunidades de realmente ouvir, aprender um pouco mais com as suas culturas e procurar buscar melhorias que atendam as suas necessidades”.
     

    COMENTAR
  • Ambulâncias com faróis queimados e pneus furados foram tema de discussão na Câmara de Guajeru

    A vereadora Mônica cobrou da secretaria de saúde providências para que o problema não se repita. Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    Na Sessão da Câmara de Vereadores de Guajeru, ocorrida na manhã de terça – feira (09), vários assuntos foram debatidos e alguns projetos aprovados, mas, a discussão que atraiu a atenção das pessoas que se fizeram presentes na Casa Legislativa, foi a falta de manutenção das ambulâncias do município, as quais são de grande importância para os munícipes, principalmente da população da zona rural, que quando necessitam de atendimento médico de urgência ou emergência fazem uso das mesmas.

    A vereadora Mônica e o vereador Antônio, cobraram da Secretaria de Saúde, providências urgentes no conserto das ambulâncias do Samu e da Prefeitura, pois, segundo eles, uma mulher que entrou em trabalho de parto na zona rural e necessitou do transporte, teve que recorrer a um veículo particular, pois, as ambulâncias do municípios não puderam ser disponibilizadas devido estarem com pneus furados e faróis queimados. Os vereadores disseram que situação como essas não podem se repetir, e cobraram providencias do município.

       

    A vereadora Eliene e o vereador Salvador prometeram que iriam buscar junto ao Executivo a solução do problema.

    COMENTAR