A apuração dos fatos (Inquérito Policial n° 0173/2015) culminou na deflagração da Operação Overbooking, realizada em conjunto pelo MPF, Polícia Federal (PF) e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) em outubro de 2016, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão no aeródromo e em quatro residências.

 

Na ação, o MPF pede também a penhora de bens dos acusados como garantia para pagar o dano ambiental pelo desmatamento de 15 hectares de Mata Atlântica.

 

O órgão agora espera que a Justiça Federal receba a denúncia para instaurar a respectiva ação penal. A medida pode resultar na condenação e na aplicação das penas cabíveis aos denunciados.(BahiaNotícias)

CONTINUE LENDO