• Novela termina com final feliz, e Adriano assina contrato com o Atlético-PR

    Fonte: Uol Foto: reprodução

    A novela envolvendo Adriano e Atlético-PR chegou ao fim. Ou melhor, ao começo. Desde dezembro no clube paranaense trabalhando para recuperar a forma física ideal, o Imperador conseguiu convencer a diretoria de que tem condições de ajudar a equipe e, nesta terça-feira, enfim assinou um contrato para defender o Furacão.

    Uma reunião realizada na última segunda-feira entre o empresário do jogador, Luiz Claudio de Menezes, e o presidente do Atlético-PR, Marcio Celso Petraglia, definiu os últimos detalhes para a assinatura do contrato.

    "Estou muito feliz de assinar o contrato com o Atlético Paranaense. É muito gratificante, depois de tanto trabalho e dedicação durante os treinos. Hoje eu tenho a oportunidade de voltar ao futebol no Furacão.O time estava ansioso para que eu assinasse o contrato aqui, isso é muito importante, pois a equipe vem me apoiando muito nessa caminhada. É um grupo maravilhoso, unido e fechado", disse o Imperador.

    A ideia é utilizar Adriano o quanto antes na fase de grupos da Copa Libertadores, que tem início nesta quinta-feira, diante do The Strongest, da Bolívia, na Vila Capanema. Cogita-se até a possibilidade de o Imperador iniciar a partida no banco de reservas.

    Adriano deve ser inscrito como último reforço do Atlético-PR para a Libertadores até esta quarta-feira. Caso isso não aconteça, o clube só poderá contar com o jogador após a primeira fase do torneio continental.

    "É o único título que não tenho e quero ajudar o Atlético a conquistar. Agora quero pegar ritmo de jogo e esperar a oportunidade de entrar no segundo tempo das partidas para depois competir com os jogadores pela titularidade", afirmou.

    O acordo acontece mesmo após algumas polêmicas. Adriano ficou mais de uma semana no Rio de Janeiro sem treinar, após ser liberado para visitar a filha recém-nascida Lara, fruto do relacionamento do Imperador com a ex-noiva Renata Fontes. Na quinta-feira retrasada, porém, ele reapareceu no CT do Caju e, segundo sua assessoria, apresentou-se 'na data estipulada'.

    Adriano não joga uma partida profissional desde março de 2012, quando atuou pelo Corinthians no Campeonato Paulista.

    Campeão brasileiro pelo clube no ano anterior, o Imperador ficou sem espaço no time de Tite por causa de lesões. A saída do clube alvinegro aconteceu por se ausentar de dezenas de sessões de fisioterapia para recuperação.

    Ainda em 2012, Adriano retornou ao Flamengo, mas voltou a ter problemas com faltas no trabalho de recuperação física ao qual se submeteu no Rubro-Negro após uma cirurgia no pé esquerdo e acabou desligado do clube.




MAIS NOTÍCIAS