• TCE/BA desaprova contas do ex - gestor de Malhada de Pedras, José Monteiro Neto e imputa multa por irregularidades

    Em sessão plenária do dia 13 deste mês (dezembro), a Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) desaprovou as prestações de contas do convênio, firmado pela administração estadual com Prefeitura Municipal de Malhada de Pedras, na gestão do ex - prefeito José Monteiro Neto e, devido às graves irregularidades encontradas, teve o as contas desaprovadas pela Segunda Câmara referente ao convênio de número 172/2004 (Processo TCE/3521/2012), que a Prefeitura Municipal de Malhada de Pedras firmou com duas pastas estaduais: a Secomp (Secretaria de Combate à Pobreza e às Desigualdades Sociais) e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), para a construção de casas populares. Além de ter as contas do convênio desaprovadas, o gestor responsável, o ex-prefeito José Monteiro Neto, terá que pagar multa.

    As irregularidades resultaram na interrupção dos repasses e ajustes firmados, na ocasião, deixando a população prejudicada.

    José Monteiro Neto
    Malhada de Pedras
    Bahia







MAIS NOTÍCIAS