• Afastados por suspeita de fraude que somam R$ 200 milhões, prefeitos do sul da BA voltam ao cargo após liberação da Justiça

    Foto: Reprodução

    Afastados há cerca de cinco meses, a prefeita de Porto Seguro, Cláudia Silva Santos Oliveira (PSD), e o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD), voltaram aos cargos. Eles foram afastados por suspeita de fraude em contratos dos municípios.

    Robério, Cláudia e Agnelo são suspeitos de fraudar contratos de 33 licitações que somam R$ 200 milhões.

    A retomada foi autorizada pela Justiça na última quarta-feira (4). De acordo com a prefeitura de Cabrália, Agnelo Santos reassumiu o cargo na segunda-feira (9).

    A cerimônia de posse dele foi feita na noite de sexta-feira (6), na câmara de vereadores da cidade, conforme a assessoria.

    A prefeitura de Porto Seguro havia informado, preliminarmente, que a gestora retomou o cargo "automaticamente", logo após a autorização judicial, na quarta.

    O prefeito de Eunápolis, Robério Batista de Oliveira (PSD), que também havia sido afastado, voltou ao cargo na tarde de sábado (7).

    A decisão de retomada foi do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que ainda determinou que cada um deles pague dez salários mínimos (R$ 9.540) para reassumir a gestão das cidades.

    santa cruz crabália
    porto seguro
    eunápolis



MAIS NOTÍCIAS