• Coreias abrem telefone vermelho para facilitar comunicação entre seus líderes

    As duas Coreias abriram nesta sexta-feira (20) o telefone vermelho entre seus líderes, anunciou Seul, a uma semana da reunião de cúpula entre o presidente sul-coreano Moon Jae-in e líder norte-coreano Kim Jong Un na zona desmilitarizada que divide a península.    

    Esta linha liga a Casa Azul (presidência sul-coreana em Seul) ao escritório da Comissão dos Assuntos de Estado, presidido pelo líder norte-coreano, em Pyongyang.    

    "A conexão histórica entre os líderes das duas Coreias acaba de ser criada", disse Yoon Kun-young, um alto funcionário da Casa Azul. Houve uma conversa de teste entre os operadores que durou quatro minutos e 19 segundos.  

    A cúpula entre Kim e presidente sul-coreano será o momento culminante de semanas de efervescência diplomática na região desde os Jogos Olímpicos em fevereiro, na Coreia do Sul. E o prelúdio para uma cúpula histórica planejada entre Kim e o presidente dos EUA, Donald Trump.    

    Os líderes das duas Coreias se encontrarão no lado sul da zona desmilitarizada. Será a terceira cúpula desde o fim da Guerra da Coreia (1950-53), que terminou com um armistício em vez de um tratado de paz, o que explica que ambos estejam tecnicamente em guerra.    

    Moon disse na quinta-feira (19) que quer uma declaração oficial de fim de guerra como um prelúdio para um tratado.    O presidente Trump deu sua "bênção" às duas partes para negociar esse tipo de acordo.(RFI )




MAIS NOTÍCIAS