• Barra da Estiva: Padrasto acusado de espancar criança que veio a morte se apresenta a polícia

    Foto: Destaque Bahia

    Rafael Caires Ferreira se apresentou a polícia de Barra da Estiva com o seu advogado na manhã desta quinta-feira (26). Ontem (25) a Justiça havia decretado a sua prisão preventiva por maus tratos com resultado de morte, na última segunda-feira (23).

    Rafael era padrasto de Samuel, de 3 anos, e é acusado de ter torturado a criança, que deu entrada no Hospital Susy Zanfretta, em Barra da Estiva no dia 11 de abril.

    Samuel foi transferido no mesmo dia para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, onde veio a falecer na tarde de 19 de abril.

    Rafael, que estava foragido da polícia, presta depoimentos em audiência com o seu advogado ao delegado, Dr. Joildo.




MAIS NOTÍCIAS