• Ação que pode render nova condenação a Lula está pronta para sentença de substituta de Moro

    Os autos do processo investiga se Lula participou de esquema de corrupção envolvendo contratos entre a Odebrecht e a Petrobras.

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pode receber sua segunda sentença na Operação Lava Jato a qualquer momento. Desde a última segunda-feira (05), os autos de um processo que investiga se Lula participou de esquema de corrupção envolvendo contratos entre a Odebrecht e a Petrobras estão prontos para a conclusão. Nesta quarta (07), a defesa do petista entrou com um pedido para que ele seja interrogado novamente.

    Nesta ação penal, Lula é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter recebido, como vantagem indevida pela Odebrecht, um terreno em São Paulo onde seria realizada a instalação do instituto que leva seu nome, além de um apartamento vizinho ao que ele vivia em São Bernardo do Campo (SP). A defesa de Lula nega as acusações.

    O ex-presidente, que foi condenado pela primeira vez na Lava Jato pelo juiz Sergio Moro no caso do tríplex de Guarujá (SP), deve receber sua nova sentença pelas mãos de outra magistrada: a juíza substituta Gabriela Hardt.

    Foi também na segunda-feira que Hardt assumiu interinamente todas as funções de Moro após o juiz pedir seu afastamento da Lava Jato. O magistrado, que aceitou um convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o ministério da Justiça e Segurança Pública no novo governo, pediu férias até dezembro – quando, só então, deverá solicitar sua exoneração do cargo.

    Lula
    condenação
    MPF
    corrupção







MAIS NOTÍCIAS