• Juiz reduz fiança e médico preso por exercer a medicina de forma ilegal em Tanhaçu é solto

    Foto: Destaque Bahia

    O jovem médico que havia sido preso na cidade de Tanhaçu, exercendo ilegalmente a profissão foi solto após redução e pagamento de fiança. O Alvará de soltura foi concedido pelo Juiz Egildo Lima Lopes, da vara criminal da Comarca de Tanhaçu. A redução foi concedida após alegação da defesa de que o médico não possui renda suficiente para arcar com o valor, que foi reduzido de R$ 50 mil para R$ 8 mil. Saullo teve a liberdade provisória decretada mediante pagamento da fiança e não poderá mudar de residência, ou se ausentar pelo tempo de até 10 dias sem autorização judicial, até que seu processo seja julgado e concluído.

    Tanhaçu
    Médico
    Medicina
    Justiça
    Fiança







MAIS NOTÍCIAS