• Salvador: Por engano família recebe três vezes notícia de morte do paciente

    G1 BA com informações da TV BA

    A família de um idoso de 89 anos, que está internado há 20 dias no Hospital Professor Eládio Lasserre, no bairro de Cajazeiras, em Salvador, afirma que foi notificada por engano, da morte do paciente durante três vezes na última quarta-feira (26). 

    O idoso sofreu derrame cerebral e, desde então, a família está à procura de uma vaga em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de algum hospital da rede estadual.

    A família está com medo que Martinho Vasconcelos não resista à longa espera já que o estado de saúde dele é grave. Ele está sedado, apresenta sinais de infecção e os rins não estão funcionando. "Tenho muita esperança dele ainda sobreviver, mesmo com as condições em que ele está. Muito sofrimento. Ele está sofrendo muito", afirma a irmã, Maria Vasconcelos.

    A nora faz um apelo para que o idoso seja ao menos transferido para a UTI. "A pressão dele agora está em cinco por seis, se baixar mais um pouquinho ele morre. Mesmo que depois a UTI chegue aqui [hospital] e ele venha a falecer, pelo menos tentamos, pelo menos eles fizeram alguma coisa para salvar a vida dele. Eu sei que é idoso, que requer mais cuidado ainda, mas é uma vida", conta Geanine Machado.

    De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a Central de Regulação está em busca de vaga para que o paciente seja transferido. A Sesab ainda disse que está apurando a informação de que a família teria sido avisada por engano da morte do idoso.




MAIS NOTÍCIAS