• Flamengo só poderia usar área incendiada como estacionamento

    Foto: Divulgação

    Segundo prefeitura, no licenciamento não havia informação de edificações

    A área em que o Flamengo construiu o alojamento para as categorias de base, que pegou fogo nesta sexta (10), tinha autorização da prefeitura do Rio de Janeiro para funcionar apenas como estacionamento. Em nota, a prefeitura diz que a área atingida "não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/2018, como edificada". Pelo menos dez pessoas, entre atletas e funcionários, morreram no incêndio.

    Ainda de acordo com a prefeitura, a atual licença do centro de treinamento tem validade até 8 de março. No projeto protocolado pelo clube, a área é descrita como um estacionamento e não houve novos pedidos de licenciamento para que o local fosse usado como dormitório. A prefeitura diz que, como manda a lei, "só há inspeção nesse tipo de edificação em casos de denúncia". 

    Flamengo
    Incendio



MAIS NOTÍCIAS