• João de Deus pensou em se matar na prisão

    O médium João de Deus, de 77 anos de idade, preso desde 16 de dezembro no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, pensou em se matar. Laudo encomendado pela defesa do médium diz que João de Deus está doente. Ele perdeu 17 quilos desde que foi preso, não cuida da higiene, anda com roupas sujas de urina e chora com frequência. “(João de Deus) só não cometeu suicídio pois ainda tem sua filha pequena e não quer morrer sem voltar a vê-la, além de não querer ‘contrariar a Deus’”, escreveu o psiquiatra Leo de Souza Machado.

    Acusado de abusar sexualmente de mais de 500 mulheres que buscavam tratamento espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO), o médium concedeu a primeira entrevista desde que foi preso em dezembro. João de Deus diz que nunca abusou sexualmente de ninguém — e conta detalhes de como tem sido sua rotina na cadeia. “Tenho vergonha de dizer, mas até para sentar na privada eu tenho dificuldade”, disse ele.(VEJA.com )




MAIS NOTÍCIAS