•  Seabra: Anjos da Chapada param serviços após prefeito vetar projeto

    Sempre prontos para atender a população, eles permanecem em alerta 24h e enfrentam ocorrências todos os dias. Esta é a equipe de voluntários Anjos da Chapada, que atua há mais de três anos salvando vidas e prestando socorro à população em diferentes situações na região da Chapada Diamantina.

    Desde a criação da associação no final do ano de 2015, a equipe é mantida através de doações, não possui nenhum convênio direto com o Estado ou prefeitura. No entanto, a demanda de atendimentos só tem aumentado e as doações não estão sendo suficientes.

    Atento a isso, o presidente da Câmara Municipal de Seabra, o vereador Marcos Pires, acrescentou uma Emenda Modificativa de número 012/2019 ao projeto de Lei Orçamentária Anual de número 14/2019, de 30 de outubro de 2019. A emenda foi aprovada por todos os vereadores e vetada pelo prefeito.

    O veto da prefeitura sobre a Emenda Modificativa referente a "Implantação de Instituição de Utilidade Pública e Manutenção da Associação Anjos da Chapada", fez com que os Anjos da Chapada parassem os serviços.

    De acordo com Cezar Maciel, coordenador da equipe voluntária, cerca de oito ocorrências são atendidas por dia. A aprovação do projeto daria melhores condições de trabalho à equipe. Com a paralisação dos serviços por tempo indeterminado, toda a população perde. Seabra não tem bases próximas do Samu ou Corpo de Bombeiros.

    É necessário incentivar o serviço voluntário dos Anjos da Chapada para que continuem na missão de salvar vidas. Em muitos casos, a equipe é a primeira a prestar socorro a vítimas de acidentes rodoviários. A exemplo do acidente que ocorreu no dia 18 de janeiro deste ano na BR- 242, envolvendo uma carreta e uma moto. O acidente deixou três mortos e um ferido.

    Fonte: Ascom - Câmara de Seabra

     




MAIS NOTÍCIAS