• Após furtar caminhonete em revenda ladrão é preso na BR- 030.

    Fonte e foto: JJshow

    Guarnições da policia militar que realizavam diligencias buscando prender dois assaltantes que atacaram um homem e seus dois filhos, que estavam numa caminhonete Hillux parada na Avenida Barão do Rio Branco em Guanambi, deparam com um elemento caminhando pela BR 030, nas proximidades de um condomínio empresarial e o abordaram.
    O individuo de nome Tiago Viana dos Santos ao ser parado pela PM tentou justificar o porquê de está naquele local. Segundo contou aos policiais, o seu veículo Gol tinha acabado o combustível e ele estaria voltando para comprar.
    Quando questionado a respeito da chave do veículo, o elemento informou que tinha deixado dentro do carro, pois era um veículo velho e ninguém iria pegá-lo. Os policiais então se prontificaram a ajuda-lo, levando o mesmo a um ponto de táxi, em seguida foram a um posto de combustível na Avenida José Neves Teixeira comprar o combustível, mas a polícia resolveu seguir o taxista. Mais adiante, muito ansioso e irritado Tiago informou, que seu primo de nome Aliomar já teria pego o carro, pois anteriormente tinha pedido ao mesmo que o socorresse.
    Então o taxista retornou com o elemento ao terminal rodoviário e passaram a esperar o suposto primo que estaria na Praça do Feijão, mas ninguém apareceu, então os policiais conduziram Tiago á delegacia de policia. Na unidade policial ao consultar o sistema INFORSEG, ficou constatado que o elemento, reside à Rua São Boa Aventura, casa 30 ,  no centro da cidade de Camacan (BA) e tem várias passagens pela polícia na região sul do estado, principalmente pela delegacia de Itabuna, inclusive por furtos de veículo e falsificação de notas. Mesmo assim o criminoso insistia que era inocente, pois tinha perdido os documentos e outra pessoa estaria usando-os indevidamente e que de fato estava aguardando o primo de nome Aliomar Everton de Jesus Neves, fornecendo um número de telefone que seria do primo. Os policiais tentaram fazer vários contatos com o suposto primo, mas sem sucesso.
    O elemento seguiu custodiado na Unidade Policial, sendo apreendidos com o mesmo uma carteira com a quantia de R$ 227,00 (duzentos e vinte e sete reais) e um aparelho celular, marca Multilaser de cor rosa.
    As investigações prosseguiram e o caso ganhou uma atenção maior após o comerciante Marcos Roberto Vales Ferreira, procurar a delegacia de polícia para registrar o furto de um veículo, pois de acordo seu relato naquela Unidade Policial, o mesmo é proprietário de uma revenda de veículos na Avenida Barão do Rio Branco e ao chegar ao local percebeu que o cadeado estava arrombado e um veículo D-10, cor branca, placa policial HQJ-8542, ano e modelo 1987, licença de Tanque Novo havia sido furtado. Foi então que os agentes investigadores do SI (serviço de investigação) da policia civil: Armando, Cássio Venâncio, Simões, Arthur e Welton começaram a trabalhar o elemento preso, que acabou confessando ser o autor do furto da D-10; conduzindo em seguida os policiais à BR-030 e na Serra dos Brindes mostrou onde o veículo estava escondido, no meio do mato após acabar o óleo.
    O elemento ainda informou aos policiais que após o furto se deslocava para sua cidade natal, mas teve a infelicidade do óleo acabar, tendo retornado a pé para comprar o combustível, momento que acabou preso pela Polícia Militar. 




MAIS NOTÍCIAS