• 'Nenhum beneficio o prefeito tem feito na Vila, mas presídio quer jogar pra cima de nós' diz Rosa Riqueza

    Segundo Rosa, já há novas articulações caso um outro terreno não seja encontrado. Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia.com.br

    A presidente da Vila Presidente Vargas, Rosa Riqueza, indignada com a atitude do prefeito Aguiberto Lima Dias, por disponibilizar terreno na Vila para a construção do CDP, falou ao Destaquebahia sobre o assunto.
    Segundo Rosa, a Vila está carente de muitas coisas, a principal delas é a construção de um Cemitério, já que é a comunidade recebe para sepultamento pessoas do Campo Seco I,II, Espinheiro, Junco e demais localidades. “Foi motivo de grande indignação quando, na gestão passada, foi tirado da gente o Canteiro de Obras da Fiol, e agora quer jogar pra gente, nesse mesmo terreno que é bem próximo á Vila esse presídio, que em menos de oito dias cai de “Pára – quedas” para nós. Não somos contra a construção do CDP, porém, que eles arrumem outro lugar, pois, já estamos com outras articulações caso nesta sessão que acontecerá nesta quinta-feira, eles não encontrem uma outra solução” disse Rosa.
    Os vereadores se reunirão nesta quinta-feira (19), ás 9h para votar o projeto, caso um terreno que está sendo negociado venha a dá certo, o presídio será então construído em um outro local, sem povoamento nas suas proximidades, caso contrário, vai acabar sobrando para a Vila novamente.

     




MAIS NOTÍCIAS