•  Amargosa: Tiro que matou bebê foi disparado por policial, aponta laudo

    BN / Foto: Reprodução

    O laudo da Polícia Civil comprovou, na última quarta-feira (20), que o tiro que matou um bebê em Amargosa, em julho, foi disparado pelo investigador Carlos Raimundo de Jesus Cardoso. O policial foi indiciado por homicídio qualificado pela corregedora chefe, a delegada Heloísa Brito, que já repassou o inquérito de 116 páginas para a Justiça. Além disso, uma cópia foi enviada ao Gabinete do Delegado Geral (GDG), que decidirá sobre a instauração de Processo Administrativo Disciplinar. “As oitivas de testemunhas do episódio não comprovam a tese de legítima defesa, apresentada pelo investigador, em seu depoimento”, afirmou a corregedora chefe. O investigador está preso na 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Amaro) e se encontra à disposição da Justiça.




MAIS NOTÍCIAS