• Salvador: Padre que estava desaparecido é encontrado morto em um matagal

    O pároco foi encontrado com perfurações nas proximidades de uma praia / Destaquebahia / Foto:Divulgação / Santuário de Mãe Rainha

    O padre Francisco Carlos de Souza, de 45 anos que desapareceu na tarde do último domingo (05), quando teria saído de casa para celebrar uma missa no Santuário de Mãe Rainha, da Paróquia Nossa Senhora da Esperança, em Salvador, foi encontrado morto na última segunda-feira (06) em um matagal no bairro de Stella Maris, na capital baiana. O corpo do padre foi reconhecido pelo advogado da igreja e pelo Padre Valter Reis, que faz parte da Paróquia. Segundo a polícia, o corpo de Francisco Carlos de Souza foi encontrado com perfurações nas proximidades de uma praia. Em nota de pesar, a Arquidiocese afirma que Francisco Carlos de Souza foi ordenado como sacerdote em 20 de setembro de 1999. Ele é natural de São João Del Rei, cidade em Minas Gerais. "Manifestamos a seus irmãos e demais parentes, residentes em Minas Gerais, a expressão de nossa unidade à sua dor. Agradecemos as manifestações de carinho de todos aqueles que choram sua partida. Pedimos que todos se unam às nossas orações pelo descanso eterno deste sacerdote amigo", afirmou Dom Murilo Krieger, arcebispo Primaz do Brasil. Francisco Carlos de Souza, 45 anos, será sepultado à tarde, no Campo Santo, depois de missa marcada para as 15h. O corpo dele já foi liberado e é velado no cemitério. O crime é investigado por Marcelo Sansão, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Nenhum suspeito foi detido até agora.

     

     

     




MAIS NOTÍCIAS