•  Sinalização improvisada com cones pelo STTU recebe críticas

    Destaquebahia / Fotos: Emanuel Fernandes

    A Superintendência Municipal de Trânsito usou o improviso, fato que pode ser observado na utilização de cones para orientar os condutores na Avenida Centenário, em frente a Cesta do Povo. O DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), que realizou as obras de recapeamento da via, disse na época que também iria sinalizar todo percurso do centro comercial da cidade, mas não é o que se observa. Um condutor disse que reprova a sinalização que foi improvisada pela Superintendência Municipal de Trânsito. Ele disse que o espaço naquele trecho da via é estreito e os cones são grandes e toma muito espaço. “Já que o DNIT não fez e nem faz, por que a Superintendência Municipal de Trânsito não toma a iniciativa de fazer, será que a prefeitura não tem verba suficiente para realizar a sinalização horizontal naquele trecho” questionou o condutor que fez questão de salientar, ”acidentes podem acontecer por conta daqueles cones, tendo em vista que quando o sinal abre os veículos saem em uma velocidade considerável, e se houver uma colisão com um cone daqueles pode acontecer o efeito dominó e pessoas se ferirem. Sou a favor da sinalização em toda cidade, porém, naquele trecho especificamente, o barato pode sair caro. Como cidadão contribuinte, sugiro que coloque os guardas de trânsito para fazerem o trabalho de orientação até que a sinalização horizontal seja feita". concluiu o homem que solicitou reserva de identidade.

     

            




MAIS NOTÍCIAS