• Rio de Janeiro: Homem é preso suspeito de estuprar sobrinha  grávida e mais duas crianças da família

    Jorge Wanderson pode pegar de 8 a 15 anos de prisão / R7 / Reprodução / Rede Record

    Um homem foi preso suspeito de estuprar a própria sobrinha, de 12 anos, e abusar de mais duas crianças de 10 e 9 anos, em Paracambi, na Baixada Fluminense. Na delegacia, Jorge Wanderson dos Santos Henriques, de 32 anos, confessou que teria estuprado uma das meninas.

    Segundo a polícia, os abusos eram realizados na presença do filho do acusado, de 5 anos de idade. Uma das vítimas, que já estava grávida por conta dos abusos do ex-companheiro da mãe, afirma que Jorge ameaçava a família caso ela contasse o crime para alguém.

    — Ele dizia se eu não fizesse ele ia vir mata minha mãe e meus irmãos. Eu ficava com medo e fazia tudo o que ele queria.                

    A mãe da jovem, Suzy dos Santos, afirmou que os abusos aconteciam sempre na casa do acusado. Ainda segundo ela, as meninas apresentavam um comportamento suspeito, mas nunca imaginou que elas estivessem sendo vítimas do próprio irmão.

    — Como é que eu iria desconfiar sendo meu irmão? Elas nunca me contaram.

    A Polícia informou que o preso, se condenado, pode pegar de 8 a 15 anos de prisão. O acusado foi encaminhado para o sistema prisional e a polícia aguarda apenas o laudo psicológico das outras duas meninas para que ele seja anexado a outro documento do inquérito. 



  • São Paulo: Após brigar com esposa, homem mata filho de dois anos a facadas na zona leste

    José Murilo Ziakm Santos, de dois anos, não resistiu aos ferimentos / R 7 /Foto: Reprodução/ Facebook

    O ajudante José Valter dos Santos, de 48 anos, foi preso em flagrante depois de matar o filho de dois anos, no bairro Lajeado, zona leste de São Paulo. O crime foi cometido após ele brigar com a esposa na casa de uma amiga.

    Segundo a polícia, a mãe do bebê, uma vendedora de 31 anos, estava com o marido na casa de uma amiga quando se eles desentenderam. Ele a ameaçou com um soco no rosto e voltou para casa, na mesma rua.

    Quando chegou ao local, o ajudante esfaqueou José Murilo Ziakm Santos, seu filho de dois anos, no peito e no braço. Em seguida, ele tentou se matar com uma facada no peito, mas um menino de 12 anos, que havia presenciado o crime, conseguiu correr e pedir ajuda.

    Policiais militares foram acionados e, ao chegaram ao local, encontraram a vítima caída ao lado do pai. O bebê foi levado ao PS Central de Guaianases, onde morreu. Santos está internado em um hospital sob escolta policial. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, ele passou por cirurgia e seu estado é estável.

    O caso foi registrado no 50º Distrito Policial como homicídio qualificado e lesão corporal, informou a polícia.



  • Prazo para se inscrever no Enem 2014 termina às 23h59 desta sexta

    G1 / Foto: Reprodução

    Quem quiser participar da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem até esta sexta-feira (23) para acessar o sistema. O prazo será encerrado às 23h59 e não será prorrogado, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela prova. As inscrições devem ser feitas no site oficial do exame.

    Após o prazo, os candidatos que não têm isenção na taxa de inscrição podem pagar o boleto no banco até a próxima quarta-feira (28). A taxa de inscrição custa R$ 35. Ficam isentos da cobrança todos os alunos de escola pública ou que comprovarem renda familiar mensal inferior a R$ 1.086.

    Na quinta-feira (22), o Enem superou a marca dos 7 milhões de inscritos e bateu o recorde alcançado em 2013. Segundo o balanço mais atualizado, são 7.769.000 candidatos que farão a prova nos dias 8 e 9 de novembro.

    A expectativa é que até 8,2 milhões de pessoas se inscrevam nesta edição. Em 2013, foram 7,1 milhões de candidatos, e mais de 5 milhões fizeram os dois dias de prova.

    Até o momento, São Paulo é o estado com o maior número de estudantes no Enem 2014: até as 16h20 de quinta-feira, os paulistas haviam feito 1.085.438 inscrições. E as mulheres continuam sendo maioria de inscritos em todo o país: 4.115.318 ao todo, contra 2.903.435 homens.

    O exame deverá ser usado pelas 115 universidades federais brasileiras para acesso a cursos de graduação. Os candidatos podem tirar dúvidas sobre a inscrição em um passo a passo no site enem.inep.gov.br.

    Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

    Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.



  • tiroteio e um homem é baleado no Bairro Urbis 2

    Foto: Emanuel Fernandes / Destaquebahia.com.br

    Na noite desta quinta - feira, por volta das 20h30min, moradores do bairro urbis 2, conhecido como "Malocão" presenciaram mais uma ação de violência.
    Segundo informações obtidas pelo Destaquebahia, um homem de prenome Bruno, recebeu três disparos de arma de fogo, sendo que apenas dois tiros o atingiu. A polícia foi acionada, mas o homem foi socorrido por populares ao Hospital Magalhães Neto e não corre risco de vida. A ação foi parecida com outras já ocorridas na Capital do Mineiro, dois homens de moto passaram e atiraram em Bruno, que também possui passagens pela polícia. (Matéria atualizada às 22 horas.



  • CDL E SINDILOJAS NÃO CHEGAM A ACORDO COM O SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS

    Foto: Fabiano Neves/Destaquebahia.com.br

    Em reunião realizada no auditório do SEMAC no dia 20 de maio às 19:00 horas, com a presença dos representantes do SINDILOJAS, CDL e presença considerável de comerciantes locais, foi debatido sobre o Acordo Coletivo Individual proposto pelo Sindicato dos Comerciários de Poções.
     
    " Decidimos manter a nossa posição da NÃO ACEITAÇÃO e NÃO RECOMENDAÇÃO de assinaturas desses acordos individuais, sob pena de termos inúmeras distorções em nossa base territorial e a consequente insatisfação das empresas prejudicadas. Estamos aguardando a nossa Convenção Coletiva 2014/2015, e segundo nossa BASE SINDICAL SINDILOJAS a mesma encontra-se em conversação em SALVADOR para liberação das negociações. Acreditamos que em breve estaremos discutindo e negociando em nossa região " .
     
    " Também ficou decidido e proposto aos comerciários a elaboração do aditivo, reajustando o piso salarial da categoria em 6,8%. Com o aumento o piso salarial que era de R$ 693,00 passará à R$ 740,00. Sabemos que a falta da Convenção prejudica as duas categorias, e com esse aditivo aplicado, estaríamos contemplando os nossos colaboradores que são a base sólida de nossas empresas" Aguardamos resposta do Sindicato dos Comerciários para a aceitação.D



  • Supremo absolve deputado Marco Feliciano do crime de estelionato

    O deputado Marco Feliciano (PSC-SP), em audiência na Câmara (Foto: Gabriela Korossy/Câmara )

    Denúncia afirmou que pastor firmou contrato para culto, mas não compareceu.
    STF avaliou que caso não é crime e só poderia haver punição na área cível.
     

    O parlamentar, que é pastor evangélico, foi acusado de firmar contrato para ministrar um culto religioso e não comparecer. Os ministros do Supremo entenderam que não ficou configurado o cometimento de crime e, caso seja necessária punição, deverá ser discutida na área cível e não na área criminal.

    Feliciano presidiu a Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados no ano passado. O mandato dele à frente da comissão foi marcado por embates com grupos de militantes em defesa de homossexuais. Ele recebeu acusações de racismo e se manifestou publicamente contra a união de pessoas do mesmo sexo. No Supremo, ainda responde a outro processo por homofobia.
     

    A denúncia do MP do Rio Grande do Sul é de 2009, amtes de Feliciano se tornar deputado, e foi recebida pela Justiça do estado. O MP acusou o deputado de obter para si a vantagem ilícita de R$ 13.362,83 simulando um contrato "para induzir a vítima a depositar a quantia supramencionada na conta bancária fornecida". A ação penal foi remetida ao STF em razão do foro privilegiado.

    No processo, a defesa de Feliciano classificou o episódio de "desacordo comercial" e afirmou que ele não pôde ir ao culto em razão de outros compromissos e, inicialmente, tentou devolver os valores recebidos, mas os organizadores não quiseram receber. Posteriormente, diz a defesa, os valores foram ressarcidos.

    A Procuradoria Geral da República opinou pelo arquivamento. O relator do processo, ministro Ricardo Lewandowski, disse que "não há como condenar" o deputado. "Todos nós, professores, ficamos impossibilitados eventualmente de comparecer a compromissos agendados. É uma temeridade dar prosseguimento à ação penal desta natureza", afirmou o ministro.



  • Greve de professores completa 25 dias em Jequié; 18 mil estão sem aula

    G1 BA / Foto: Reprodução

    Dezoito mil estudantes da cidade de Jequié, no sudoeste do estado, completaram 25 dias sem aulas nesta quinta-feira (22), por conta da greve dos professores da rede municipal. Enquanto as negociações não avançam, os pais dos alunos se preocupam com os filhos que ficam em casa, sem estudar.

    “A menina mesmo tá maior, todo dia ela fala (sic), pra terminar logo essa greve, porque ela gosta de estudar, não gosta de perder aula” diz Maria Francisca dos Santos, que tem dois netos matriculados em uma escola da rede municipal.

    Os professores deflagraram greve no dia 28 de abril e com isso, somente no maior colégio municipal da cidade, mil estudantes do ensino fundamental sem aula. Nas zonas urbana e rural são quase 100 escolas na mesma situação.

    Segundo a categoria de professores da cidade, a maior parte dos professores aderiu ao movimento. Os professores pedem o cumprimento do plano de carreira que foi assinado em acordo desde o ano passado e a Lei do Piso, que ainda não foi reajustada este ano.

    “Estamos ainda com a tabela do magistério do ano passado que é com o reajuste de 7.7 do ano passado” conta Caroline Morais,  diretora da Associação dos Professores Licenciados (APLB) de Jequié.

    Os professores também informam que já passaram por diversas rodadas de negociação, mas até agora não houve acordo com a prefeitura.

    De acordo com o secretário de educação do município, João Magno Chaves, uma nova proposta será feita para os professores para tentar dar fim da greve. “Nós estamos trabalhando uma contra proposta a que nós apresentamos na perspectiva de que o movimento paredista se encerre. Porque a gente compreende que há prejuízo para as partes, tanto governo quanto os professores e a comunidade em geral, também acaba sendo penalizada”, explica.

     



  • Fugitivo da cadeia de Caetité se entrega a policia em Guanambi

    Marcos Cardoso França estava escondido na casa de parentes / Destaquebahia / Foto: Divulgação Polícia

    Dos dez presos que realizaram uma fuga em massa da cadeia de Caetité na madrugada da última quarta-feira (21), quatro já se entregaram a policia. No final da tarde foi a vez de Marcos Cardoso França 18 anos. O fugitivo se apresentou na Delegacia de Guanambi e segundo ele, resolveu se entregar por que estava com medo. O foragido estava escondido na casa de parentes.  Ainda continuam foragidos seis detentos. As operações no sentido recapturar os outros fugitivos continuam. 



  • Rapaz baleado ao sair de igreja evangélica, morre após despedir da mãe por celular

    A imagem mostra o momento em que o jovem despedia da mãe pelo celular / Destaquebahia / Foto: Vermelhinho

    Um rapaz que saia de um culto em uma igreja evangélica foi vitima de assalto. O fato aconteceu em Maceió capital de Alagoas. Os marginais além de roubar ainda atiraram no jovem, que mesmo agonizando, pediu o celular para um das pessoas que estavam ali e realizou uma ligação para sua mãe. A vitima durante a conversa se despediu e disse, “mãe não se preocupe, eu estou salvo”. Após desligar o telefone o jovem morreu. A cena comoveu todos que presenciaram o momento da despedida do jovem. Os autores deste homicídio ainda não foram identificados.



  • Comissão em prol da reinstalação da defensoria pública define novas ações em reunião

    ASCOM/CMB/Eliana Costa

    Na manhã da última quarta-feira (21) a comissão em prol da reinstalação da defensoria  pública em Brumado se reuniu mais uma vez a fim de definir novas ações em busca da efetivação da causa que vem defendendo com o único objetivo de devolver à população um benefício que lhe foi retirado sem a mínima explicação e que tem causado inúmeros transtornos a todos que necessitam deste importante serviço.   

    Os membros da Comissão voltaram a falar sobre a ausência da Defensora Geral do Estado em audiência realizada em Salvador, assim como a sua falta de sensibilidade em nomear um defensor para Brumado a fim de resolver o problema que afeta não só esse município, mas também Malhada de Pedras e Aracatu. 

    O vereador Weliton Lopes informou a todos que no Diário Oficial do último dia 14 de maio foram publicados mais seis arquivamentos de processos em razão da falta de defensor público e este fato, com certeza, não deve ainda ser de conhecimento dos interessados, que terão suas causas sem continuidade, já que a maioria das pessoas não possui condições financeiras para contratarem um advogado.

    Sabendo-se que no próximo dia 25 de maio o pré-candidato Rui Costa estará em Brumado a fim de realizar reunião sobre o Plano Participativo a comissão definiu que entregarão todo o material que possuem sobre as ações já realizadas a fim de conquistarem o retorno da defensoria, assim como explanar sobre a audiência ocorrida em Salvador. Para a realização da explanação, assim como a entrega do material foi escolhido o presidente do CMDS, Sr. Gilberto Lima Dias. “Iremos fazer um apelo a Rui Costa para que nos auxilie nessa luta, pois estamos a mais de um ano sem defensor no Município e centenas de processos já foram arquivados, prejudicando a população. Durante o evento também estaremos com faixas e adesivos falando sobre nossa luta”, salientaram os membros da Comissão.

    A fim de chamar a atenção dos deputados que estarão presentes no evento serão colocados em pontos estratégicos da cidade outdoors com frases que chamam a atenção para a importância do fato e a urgente necessidade de nomeação de um defensor para Brumado.



  • Senado aprova piso nacional de R$ 1.014 para agentes comunitários e de endemias

    BN / Foto: Divulgação

    O projeto de lei do Senado que institui o piso nacional de agentes comunitários e de endemias em R$ 1.014 foi aprovado na último quarta-feira (21) no plenário da Casa e segue para sanção da presidente Dilma Rousseff. Para agilizar a tramitação da proposta, que já passou pela Câmara dos Deputados antes de voltar à Câmara Alta do Congresso, o senador Walter Pinheiro (PT-BA) fez acordos para que o texto não precisasse passar por todas as comissões. O congressista também foi relator, em 2006, da matéria que incluiu a profissão na Constituição Federal. “Abrimos uma luta diária no Congresso Nacional desde 1997, com a tramitação de projetos que já defendiam a categoria, que ainda não tinha o reconhecimento como profissão. Essa luta foi ampliada com a aprovação, em 2006, da emenda constitucional que regulamentou a profissão de agente comunitário de saúde e de combate às endemias. Agora essa discussão chega com a aprovação de novas conquistas cruciais, como a questão da fixação do piso”, elenca. Ainda segundo o petista, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) elabora um aplicativo para auxiliar o trabalho da classe. A partir da publicação da lei, estados e municípios terão 12 meses para elaborar ou ajustar os planos de carreira dos profissionais, que contemplem a remuneração e critérios de progressão e promoção. A contratação temporária é prevista no projeto, mas apenas para combate a surtos epidêmicos.



  • Detento é flagrado atualizando Facebook em presídio de segurança máxima de AL

    Detento foi punido por manter página em rede social Reprodução Facebook

    Um detento da Penitenciária Baldomero Cavalcanti de Oliveira, em Alagoas, foi flagrado atualizando o Facebook dentro da unidade de segurança máxima. Segundo a direção, agentes prisionais faziam uma revista de rotina e encontraram o celular do preso, na terça-feira (21).

    Ele foi identificado como Silvio da Silva e autuado em flagrante pelo delito. A direção informou ainda que ele foi transferido no fim da tarde como medida de punição.

    Outros celulares e aparelhos eletrônicos foram recolhidos dentro das celas.



  • Comissão da Câmara aprova Lei da Palmada, rebatizada Menino Bernardo

    Acordo com bancada evangélica alterou redação e permitiu aprovação.
    Projeto, que agora homenageia menino morto no RS, vai para o Senado.
    A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou nesta quarta-feira (21), após acordo entre parlamentares, a chamada Lei da Palmada, rebatizada Lei Menino Bernardo, em homenagem a Bernardo Boldrini, morto no Rio Grande do Sul com uma injeção letal – o pai, a madrasta e uma assistente social foram indiciados pelo crime em 13 de maio.

    A proposta proíbe pais e responsáveis legais por crianças e adolescentes de baterem nos menores de 18 anos. Aprovada em caráter terminativo, seguirá diretamente para análise pelo Senado, sem necessidade de votação no plenário da Câmara.

    O projeto prevê que os pais que agredirem fisicamente os filhos devem ser encaminhados a cursos de orientação e a tratamento psicológico ou psiquiátrico, além de receberem advertência. A matéria não especifica que tipo de advertência pode ser aplicada aos responsáveis. As crianças e os adolescentes agredidos, segundo a proposta, passam a ser encaminhados para atendimento especializado.

    O texto altera o Estatuto da Criança e do Adolescente para incluir trecho que estabelece que os menores de 18 anos têm o direito de serem "educados e cuidados sem o uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante" como formas de correção ou disciplina.
     

    O acordo que permitiu a aprovação foi costurado no gabinete do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-AL). A necessidade de entendimento foi motivada pela discordância da bancada evangélica em relação à definição do termo “castigo físico”.

    Para viabilizar a aprovação, o relator, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), concordou em alterar a definição, especificando tratar-se de “ação de natureza disciplinar com uso da força física que resulte em sofrimento físico ou lesão à criança ou adolescente”. A definição anterior falava em “sofrimento”, sem o termo “físico” logo em seguida. 

    “Foi uma pequena mudança para explicitar que o sofrimento em questão é o sofrimento físico. Havia uma impressão de que apenas a palavra sofrimento não traduzia aquilo que tinha sido debatido”, disse.

    O deputado Marcus Rogério (PDT-RO), um dos representantes da bancada evangélica que mais demonstrou rejeição ao projeto, participou da reunião com Henrique Alves e saiu do encontro defendendo o acordo firmado.

    “Decidimos votar fazendo a mudança apenas na definição de ‘castigo físico’. Do jeito que a lei tinha sido construída qualquer correção que vá aplicar pode ser considerada castigo. A definição era muito aberta. Falava-se em ação que causasse sofrimento. Mas que tipo de sofrimento?”, indagou o deputado.

    Xuxa
    Para Alessandro Molon, a presença da apresentadora Xuxa Meneghel na sessão da CCJ pela manhã foi importante para “jogar luz” sobre o projeto e viabilizar o acordo.

    “Não tenho dúvida de que a presença da apresentadora Xuxa foi importante. Há anos que a CCJ tenta reiteradamente votar essa proposta”, afirmou.

    Após participar de sessão na CCJ, Xuxa visitou o Disque 100 – centro que coleta por telefone denúncias de violação aos direitos humanos e faz orientações a agredidos, incluindo crianças e adolescentes.

    Ela afirmou que é preciso proteger as crianças e garantir que elas tenham os mesmos direitos que os adultos em casos de agressão.

    “Hoje, os pais têm o direito de fazer o que quiser [com os filhos]. A gente quer que a criança tenha os mesmos direitos dos adultos. Se eu bater em você, eu posso ser presa, é agressão, física ou psicológica. Com a criança, não. Ela pode ouvir que não vale nada, que não presta, e apanhar em nome da educação”, declarou.  “Muitas pessoas que batem falam ‘eu não espanco, eu só bato’. E depois você vê que ela dá beliscão, espanca, o que pode levar à morte.”

    De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos, pasta responsável pelo Disque 100, a central recebeu 124.094 denúncias de agressão contra crianças em 2013. Em 2012, foram 130.033 ligações, enquanto em 2012 foram 96.474. As denúncias incluem violência, exploração de menores, abuso sexual, trabalho forçado, negligência e violência psicológica.



  • Com requinte de crueldade idosa é encontrada morta na zona rural

    A morte de dona Isaura Maria de Jesus deixou a população de Dom Basílio chocada. (Foto: Reprodução / Álbum Familiar)

    Uma idosa foi encontrada morta em sua residência na comunidade de Fazendinha, zona rural do município de Dom Basílio, Bahia. Isaura Maria de Jesus, 64 anos, foi encontrada por vizinhos, que chamaram a polícia. Segundo testemunhas, a vítima já não era vista há alguns dias naquela localidade. Ainda segundo informações de testemunhas, a idosa estava com as mãos e pés amarrados, asfixiada e já estava em avançado estado de decomposição, o que pode ser um indício de que ela tenha sido violentada. A misteriosa morte de dona “Isaurinha”, como era carinhosamente chamada pela vizinhança, deixou toda a população de Dom Basílio chocada, visto que ela era considerada uma pessoa tranquila e querida pela comunidade. Nas redes sociais, vizinhos manifestaram pesar pela morte de Isaura: “luto... muito triste lamentável o que aconteceu com a nossa amiga Isaura. Uma pessoa humilde, que veio de uma família muito simples, chegou a nossa comunidade muito nova, ainda criança perdeu sua mãe e com seu pai continuou sua vida por aqui... há alguns anos perdeu seu pai, mas com força e coragem sobreviveu ali naquele lugarzinho simples, procurando sempre ter amigos, sendo sempre amiga de toda a vizinha... ai de repente aparece um monstro sem coração, nem piedade e faz uma tamanha crueldade com essa pobre indefesa... meu Deus sabemos que a justiça aqui na terra não será cumprida, mas a justiça divina será feita... Descanse em paz nossa amiga,e vizinha. muito triste”, lamentou uma amiga de dona Isaura, em sua página no facebook. O corpo foi levado para o DPT de Brumado a fim de realizar no mesmo a perícia técnica para verificar o que motivou a morte da vítima. (fonte: L12.com.br)



  • Novo Horizonte: Paralisação suspensa após empresa chamar sindicato para negociação

    Paralisação de advertência chega ao fim, após empresários chamar sindicato para negociar. Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia

    A paralisação de advertência ocorrida nesta quarta – feira (21), na empresa de transporte interestadual, Novo Horizonte, por parte dos funcionários respaldados pelo Sindicato dos Rodoviários de Vitória da Conquista (SINTRAVC) e região, foi suspensa.
    A suspensão aconteceu por volta das 11h30min, quando, os empresários decidiram chamar o sindicato para uma negociação.

    Segundo o diretor do SINTRAVC, Vilmar Maciel, a empresa não havia apresentado nenhuma proposta que satisfizesse o anseio da categoria, por isso, a paralisação de advertência foi decretada e comunicada a empresa.

    Entre as principais pauta de negociação, estão o reajuste salarial de 15%, Ticket de Alimentação que os funcionários da Novo Horizonte não recebem, o fim do maior controle de jornada para que os trabalhadores não excedam a carga horária que é de 8 horas por dia, dentre outros.  

    Ao discursarem, os sindicalistas ainda disseram que a empresa, coloca ônibus ruins para rodar em algumas cidades, ônibus que quebram o tempo todo, sem higienização, e que colocam em risco a vida dos passageiros, além de pagar salários “sertão” para os funcionários.

    A reportagem do Destaquebahia procurou o gerente da empresa na cidade de Brumado para falar sobre o assunto, porém, o Sr. Josivaldo, além de agredir verbalmente a imprensa, só deu uma satisfação aos passageiros que foram prejudicados “a empresa vendeu passagens sabendo que os funcionários iriam paralisar” depois dos tumultos e discursões , onde, algumas pessoas que perderam os seus compromissos, chegaram a chama – lo de covarde. “Por não vem nos dá alguma satisfação? Deixa de ser corvade” exclamava as pessoas que foram prejudicadas com a paralisação.