• Hospitais baianos começam a receber novos respiradores

    Foto: Camila Souza/GOVBA

    Um carregamento de 159 respiradores chegou ao aeroporto de Salvador na noite desta quarta-feira (20). Os equipamentos serão utilizados na criação de novos leitos de UTI para o tratamento de pacientes infectados com o novo coronavírus. Eles serão destinados a unidades de Salvador, Ilhéus, Vitória da Conquista, Porto Seguro, Juazeiro, Jequié e Irecê. A distribuição teve início no fim da manhã desta quinta-feira (21), quando parte dos respiradores deixou o depósito da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), em Simões Filho, e foi encaminhado ao Hospital de Campanha do Subúrbio. Outro carregamento, com mais 48 respiradores, deve chegar nesta quinta-feira (21), às 14h30, ao Aeroporto Internacional de Salvador. A Bahia aguarda a chegada ainda de outros 350 respiradores, na semana que vem. Ao todo, mais de 550 novos equipamentos irão para unidades hospitalares da capital e do interior do estado. Segundo o governador Rui Costa, somente com as duas primeiras cargas de novos equipamentos já será possível a abertura de mais de 200 UTIs, em Salvador e em outras regiões do estado, como o extremo-sul e a região de Jequié. “Nós estamos garantindo que todas as regiões do estado terão leitos de UTI disponíveis. Neste momento, a maior pressão está sobre Salvador e a região de Jequié. Aqui em Salvador serão abertos novos leitos no Hospital Espanhol, no Couto Maia, na Fonte Nova e no Hospital do Subúrbio”. Somente nos dois primeiros carregamentos, que somam 219 equipamentos vindos de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, foram investidos R$ 3,5 milhões. O secretário da saúde, Fábio Vilas-Boas, afirma que parte da carga já está sendo distribuída, ainda na manhã desta quinta-feira, para os hospitais de Salvador, incluindo também o Ernesto Simões Filho. Quanto aos 350 respiradores com previsão de chegada da Alemanha na próxima semana, o secretário Fábio Vilas-Boas informa que a entrega está garantida.







  • Portaria do Detran regulamenta sistema remoto para aulas teóricas em autoescolas

    Foto: Reprodução

    A pandemia do coronavírus provocou mudanças também no processo de obtenção da primeira carteira de habilitação no país, com o surgimento de novas regras para o funcionamento das autoescolas. Na Bahia, o Departamento Estadual de Trânsito ( Detran-BA) publicou, nesta quinta-feira (21), a portaria que regulamenta o sistema remoto para as aulas teóricas em Centros de Formação de Condutores (CFCs) credenciados ao órgão, enquanto durar a crise sanitária. A portaria do Detran-BA cumpre a deliberação 189, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que trata das alterações no modelo de ensino dos CFCs. Os alunos podem aguardar o retorno das aulas teóricas presenciais ou dar continuidade ao curso, agora com aulas exclusivamente remotas. Os interessados no modelo virtual devem agendar na autoescola a coleta dos dados biométricos, seguindo medidas de prevenção à Covid-19, para que eles tenham acesso ao monitorando em tempo real. Em casa, o aluno vai precisar usar dispositivos eletrônicos compatíveis com o sistema da autoescola, equipamentos exigidos pelo Contran para a aplicação da aula remota. Para garantir a segurança no procedimento, o Detran-BA determinou que os CFCs façam um relatório das atividades, que deverá ser enviado ao órgão em até 72 horas, após o término da aula, contendo as seguintes informações: identificação do Centro de Formação de Condutores; data e horários de início e término da aula remota, com o registro biométrico facial do instrutor e do aluno; conteúdo da aula agendada; quantidade de alunos, com a presença de cada um registrada virtualmente.







  • Brumado recebe ambulância para fortalecer o combate a Covid-19

    Foto: Divulgação

    A Secretaria Municipal de Saúde de Brumado recebeu na tarde desta quarta-feira (20) uma ambulância especializada para ampliar e fortalecer o combate ao novo coronavírus ( Covid-19) na região de saúde, que atende cerca de 400 mil pessoas. "O Governo do Estado, devido ao fato de Brumado ser sede da microrregião de saúde, transferiu esse equipamento público que será muito útil, especialmente no transporte para o tratamento dos pacientes suspeitos de terem contraído a doença", ressaltou o secretário de saúde Cláudio Feres.







  • Uso da cloroquina dependerá de médico e paciente, diz Ministério da Saúde

    O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (20) novas orientações sobre o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19. As novas diretrizes são para o uso precoce do medicamento, quando o paciente apresentar sintomas leves ou moderados da doença. A prescrição, nesses casos, deverá ficar a critério do médico, além de ser necessária uma declaração do paciente ou de familiares para o uso da medicação. O protocolo começa a valer para todos os pacientes diagnosticados com o novo coronavírus em tratamento na rede púbica de saúde. O governo já distribuiu 2,9 milhões de unidades de fosfato de cloroquina para todo País.  Em suas redes sociais, o presidente da República, Jair Bolsonaro, explicou que a cloroquina pode ser usada em casos leves, com recomendação médica e autorização do próprio paciente/família. “Ainda não existe comprovação científica, mas sendo monitorada e usada no Brasil e no mundo. Contudo, estamos em guerra: ‘Pior do que ser derrotado é a vergonha de não ter lutado’.”  Segundo o Ministério da Saúde, a nova orientação do Governo Federal quer garantir a igualdade de direitos entre os pacientes da rede pública e privada de saúde. “Há um clamor da sociedade, por meio das instituições médicas, representações populares e parlamentares, pedindo ao Ministério da Saúde uma manifestação formal, uma vez que no Brasil, para brasileiros de uma determinada classe social, há o direito da prescrição médica desses medicamentos; e para uma camada menos favorecida economicamente, há a limitação do acesso a essas medicações”, disse a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro. De acordo com o Ministério da Saúde, estados, municípios e hospitais da rede privada já estabeleceram protocolos próprios de uso da cloroquina e da hidroxicloroquina. Afirmou que há estudos sobre o medicamento, mas que até o momento, não existem evidências científicas robustas que possibilitem a indicação da terapia. Mas indicou que a nova orientação uniformiza a informação para os profissionais da saúde do SUS e que caberá ao médico a decisão de prescrever o remédio com aval do paciente.







  • Transporte intermunicipal é suspenso em Bom Jesus da Lapa

    O transporte intermunicipal será suspenso em Bom Jesus da Lapa, a partir de sexta-feira (22). A decisão tem como objetivo conter o avanço do coronavírus na população baiana.  Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. A medida foi publicada na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial do Estado (DOE), que também autoriza a retomada do transporte em Itapé, Miguel Calmon, Nordestina, Piatã e Tucano, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19. No total, a Bahia possui 183 municípios com restrição no transporte. São eles: Abaíra, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Amélia Rodrigues, América Dourada, Anagé, Anguera, Araçás, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Buerarema, Cachoeira, Caém, Caetanos, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Cardeal da Silva, Castro Alves, Catu, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Condeúba, Coração de Maria, Cravolândia, Cristópolis, Cruz das Almas, Dário Meira, Dias D'Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Floresta Azul, Gandu, Gongogi, Iaçu, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Ilhéus, Ipecaetá, Ipiaú, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagi, Itagibá, Itaguaçu da Bahia, Itajuípe, Itamaraju, Itaparica, Itapicuru, Itapitanga, Itarantim, Itatim, Itiúba, Jacobina, Jaguarari, Jaguararipe, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lapão, Lauro de Freitas e Licínio de Almeida. A suspensão inclui ainda Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Madre de Deus, Manoel Vitorino, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João, Medeiros Neto, Mirangaba, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mucugê, Mucuri, Mundo Novo, Muritiba, Mutuípe, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Nova Soure, Nova Viçosa, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Paramirim, Paratinga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Piripá, Piritiba, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Ribeira do Pombal, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salvador, Santa Bárbara, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Félix, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São Sebastião do Passé, Saúde, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho, Sobradinho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Teofilândia, Ubaitaba, Ubatã, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea da Roça, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista e Wenceslau Guimarães.







  • Rio do Antônio adquire termômetros de têmpora infravermelhos. no combate a Covid-19

    Foto: Divulgação

    Como objetivo de realizar medições de temperaturas sem contato direto com o paciente, a Prefeitura de Rio do Antônio, através da Secretaria de Saúde, adquiriu termômetros de têmpora infravermelhos. Os equipamentos estão sendo utilizados nas barreiras sanitárias. Esse é um termômetro que realiza a aferição de temperatura corporal à distância, sem contato do aparelho com o paciente, o que confere mais segurança para os colaboradores e pacientes, o resultado é apresentado num visor de LCD em até três segundos.







  • Ministério da Educação adia o Enem 2020

    O Ministério da Educação (MEC) decidiu adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 em função dos impactos da pandemia do novo coronavírus. “As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao que foi previsto nos editais“, diz nota conjunta do MEC e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O cronograma inicial previa a aplicação do Enem 2020 impresso nos dias 1º e 8 de novembro. Já os participantes da versão digital, fariam a prova nos dias 11 e 18 de outubro. mais de 3,5 milhões de candidatos se inscraveram para o exame. Para definir a nova data, o Inep promoverá uma enquete direcionada aos inscritos do Enem 2020, a ser realizada em junho, por meio da Página do Participante. As inscrições para o exame seguem abertas até as 23h59 desta sexta-feira, 22 de maio. Mais cedo, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, mencionou um possível adiamento do Enem, pelas redes sociais. Em sua conta no Twitter, ele informou que a decisão ocorre “diante dos recentes acontecimentos no Congresso” e após conversas com líderes do centrão. A Câmara dos Deputados está pautada para votar requerimento de urgência para a votação do projeto de lei (PL) 2623/2020, que adia o Enem enquanto durarem as medidas sanitárias emergenciais decorrentes da pandemia do novo coronavírus, mas com o adiamento anunciado pelo próprio MEC, há a possibilidade de a pauta ser derrubada.







  • Governo envia à Alba projeto de auxílio a profissionais da rede estadual de Saúde afastados pela Covid-19

    Profissionais que atuam na rede pública estadual de saúde no combate ao novo coronavírus terão direito a um auxílio excepcional temporário que pode chegar ao valor de R$ 30 mil. O projeto de lei que estabelece o auxilio foi enviado pelo governador Rui Costa, nesta quarta-feira (20), para aprovação na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba) e posterior sanção do governador. O objetivo do auxílio é fortalecer o atendimento prestado aos pacientes infectados e a redução do contágio nas unidades hospitalares. Os beneficiários são exclusivamente profissionais que atuam em setores ou unidades da rede pública estadual de saúde, voltados ao tratamento da Covid-19. O auxílio excepcional será concedido ao profissional afastado das atividades exercidas na rede pública estadual ou no caso da morte dos profissionais. Para ter acesso ao benefício, será necessário que o profissional realize os exames que comprovem o diagnóstico de Covid-19, exclusivamente, pelo Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Moniz (Lacen/BA).  Os profissionais cobertos pelo auxílio terão direito a uma parcela correspondente à diferença entre o valor integral da remuneração, salário ou contraprestação mensal e o benefício previdenciário a que tenha direito em razão do afastamento, limitada ao valor máximo de R$ 30 mil.  Em caso de confirmação de óbito por Covid-19, os dependentes do profissional terão direito, uma única vez, do valor equivalente a 30 vezes o montante da remuneração, salário ou contraprestação mensal que seria recebida pelo profissional. O auxílio não passará a integrar a remuneração, salário, proventos de aposentadoria ou qualquer forma de contraprestação recebida pelos profissionais.







  • Prefeitura de Rio do Antônio fala sobre caso suspeito da Covid-19 que aguarda resultado do Lacen

    Por meio de nota. a Prefeitura de Rio do Antônio através da Secretaria Municipal de Saúde, prestou esclarecimentos sobre o caso suspeito da Covid-19 que estava aguardando resultado laboratorial, resultado este recebido como inconclusivo pelo Lacen - Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia, em 19 de maio. “Considerando o período do contato, já com mais de dez dias, houve indicação de repetir o teste rápido pelos órgãos competentes do estado. O mesmo foi realizado e deu resultado positivo. Levando em consideração este último resultado, bem como a história de contato com caso positivo testado laboratorialmente, confirma-se o caso como positivo para Coronavírus em nosso município. Ressaltamos que o mesmo está devidamente monitorado pela secretaria municipal de saúde e mantido em isolamento domiciliar, desde a sua chegada ao município. Reiteramos o pedido para que toda a população obedeça às orientações e determinações para o combate ao Coronavírus e que se mantenham em distanciamento social”, informa a secretaria.







  • Prefeitura de Aracatu emite nota informativa






  • Sobe para 17 o número de casos da Covid-19 em Guanambi

    Foto: Vbs Drones - Victor Boa Sorte

    Na noite desta quarta-feira (20), a Secretaria Municipal de Saúde de Guanambi  informou que quatro novos pacientes testaram positivo para o novo Coronavírus ( Covid-19). Os pacientes são uma mulher sem histórico de viagem, outra mulher sem confirmação de origem da contaminação e  dois  trabalhadores da obra da linha de transmissão de energia que está sendo executada na região e que estavam hospedados na mesma pousada onde 13 trabalhadores testaram positivo na última sexta-feira (15), após a realização de 120 testes rápidos. Ao todo, 30 funcionários da obra tiveram diagnóstico positivo por meio de testes rápidos. O Boletim atualizado indica que o município possui  17 casos confirmados da doença, sendo 13  confirmados através de testes rápidos e 4 pelo Lacen.



  • Paciente passa por teste rápido e é diagnosticado com a Covid-19 em Brumado

    A Secretaria Municipal de Saúde de Brumado informou que um paciente submetido a teste rápido testou positivo para a Covid-19. Nova coleta foi realizada e encaminhada ao Laboratório Central (Lacen) para nova análise. Conforme Boletim Epidemiológico atualizado, 03 casos estão ativos; 15 testaram negativo pelo Lacen, 159 foram destacados, 30  aguardam resultado, 859 casos suspeitos notificados foram notificados, 09 pacientes testaram positivo e, destes, 08 já estão curados. Nenhum paciente está internado no Centro de Atendimento ao Covid-19 e nem no Hospital Professor Magalhães Neto.







  • Governo disponibiliza mais dois canais para consulta do Auxílio Emergencial

    Foto - Agência Brasil

    O Governo Federal disponibilizou um passo a passo para consultar e tirar dúvidas de quem solicitou o Auxílio Emergencial.  A pesquisa pode ser feita tanto pelo site www.cidadania.gov.br/consultaauxilio   quanto pelo https://consultaauxilio.dataprev.gov.br . Os sites foram desenvolvidos para serem acessados pelo computador ou por dispositivos móveis, como celulares ou tablets. Para acessar às informações, é necessário ter em mãos CPF, nome completo, data de nascimento e nome da mãe do beneficiário. Após a inserção dos dados pelo cidadão, aparecerá uma tela com as informações de todas as etapas do processamento do benefício na Dataprev. Nos casos em que constar "benefício não aprovado", o cidadão poderá ainda verificar que critério não foi atendido, motivo que causou a sua inelegibilidade ao benefício.  Quando o benefício não é aprovado, o cidadão poderá realizar um novo requerimento junto à Caixa e corrigir ou contestar o resultado. Nesse caso, o sistema apresentará na mesma consulta o resultado das duas análises. O ministério da Cidadania ressalta que os inscritos no Cadastro Único não precisam se inscrever e que a análise ao benefício foi automática. Para facilitar ainda mais a consulta, o órgão desenvolveu também uma cartilha com o passo a passo para as pessoas acessarem as informações pelos sites.



  • Pesquisa XP Ipespe: 50% consideram governo Bolsonaro  ruim ou péssimo

    De acordo com pesquisa realizada pela XP Ipespe, em diversos municípios do Brasil, nos dias 16, 17 e 18 de maio, houve aumento na reprovação do presidente Jair Bolsonaro. Entre as pessoas que consideram o governo bom ou ótimo o índice foi de 25%, houve uma oscilação em comparação com a pesquisa anterior, do final de abril, em que esse número era de 27%. Os que avaliam a gestão como ruim ou péssima foram de 49% para 50%. No levantamento anterior, de 24 de abril, os números eram 31% e 42%, respectivamente. Quanto a expectativa para o restante do governo, 48% afirmou ser negativa e 27% positiva. Na pesquisa anterior os índices eram 46% e 30%. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.



  • Conta de luz na Bahia pode ser paga com cartão do auxílio emergencial

    Foto: Cultura&Realidade

    Através do Cartão Virtual da Caixa Econômica Federal, os beneficiários baianos  do auxílio emergencial do governo federal poderão, a partir desta terça-feira (19), pagar a conta de energia. De acordo com informações do G1, os beneficiários poderão pagar contas do mês vigente e também quitar dívidas anteriores. O pagamento é feito pelo site da Coelba. No site, o cliente deverá fazer login, selecionar as faturas que serão pagas e informar o número do cartão virtual de débito emitido por meio do aplicativo Caixa. Em seguida, é preciso selecionar a modalidade 'débito' para realização do pagamento - Pagamento com Cartão Virtual Caixa Elo - Benefício Emergencial. O processo é finalizado com emissão de um comprovante de pagamento. O cartão de débito virtual é disponibilizado gratuitamente aos correntistas da Caixa, emitido por meio do Internet Banking ou do aplicativo Caixa. Dúvidas sobre o funcionamento do cartão virtual da Caixa Econômica pode encontrar mais detalhes nos perfis oficiais do banco e por meio do site. A iniciativa também beneficia clientes baixa renda cadastrados na Tarifa Social que ultrapassem 220 kwh, limite de isenção da tarifa estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).