• Novo código de obras foi aprovado e

    Destaquebahia.com.br

    Após negociação entre as duas bancadas, o "Código de Obras e Urbanismo de Brumado", que foi enviado para câmara na gestão passada e rejeitado por apresentar falhas no projeto, finalmente teve sua aprovação por unanimidade na sessão do legislativo brumadense desta segunda-feira (09). O Centro Industrial de Brumado (CIB), de acordo com o novo código foi retirado da área urbana. o que para a oposição foi uma grande conquista.  

     



  • Jovem morre a tiros no Rio após briga por R$ 0,65

    Marcos Paulo foi atingido por dois disparos no tórax / Reprodução: Rede Record

    Um jovem de 21 anos morreu atingido por dois tiros depois de brigar com um motorista de ônibus em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O autor dos disparos fugiu após o crime. Segundo testemunhas, Marcos Paulo Zanasi não tinha dinheiro suficiente para pagar o valor da passagem, faltando R$ 0,65. Ele começou a bater boca com o motorista, Flávio Assis, que o chamou para “resolver a questão” do lado de fora do veículo. Quando Marcos desceu, Flávio efetuou os disparos e saiu correndo. A vítima chegou a ser levada para o Hospital da Posse, mas não resistiu aos ferimentos. 



  • Sobe para 16 número de mortos em temporal em Lajedinho

    Foto: G1 - informações: JOÃO PEDRO PITOMBO

    A TRAGÉDIA QUE ACONTECEU DEVIDO Á UM TEMPORAL EM LAJEDINHO (CHAPADA DIAMANTINA)  TÊM SIDO DESTAQUE NAS PRINCIPAIS MÍDIAS DO BRASIL.


    Equipes de resgate localizaram mais quatro corpos em Lajedinho (a 466 km de Salvador), na Chapada Diamantina, fazendo subir para 16 o número de mortos durante um temporal que atingiu a cidade no fim de semana.

    Os corpos foram achados em áreas remotas da zona rural do município e ainda não foram identificados. Uma pessoa permanece desaparecida.

    O governador Jaques Wagner e o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, estão reunidos com o prefeito Antônio Mário Lima (PSD) para traçar um plano de ação para apoiar as famílias.

    O prefeito de Lajedinho, Antônio Mário Lima (PSD), está entre as cerca de 200 pessoas que ficaram desabrigadas após o temporal. Ele estava em casa com a mulher e um sobrinho quando a água invadiu a residência, obrigando a família a subir em uma laje que fica numa parte superior da casa.

    "Seria bom se isso tivesse acontecido só comigo. Mas a maioria das famílias enfrentou situação parecida. A cidade está um caos, foi uma grande tragédia", afirma o prefeito, que decretou situação de emergência e luto oficial de três dias.

    A água inundou o prédio e destruiu móveis, documentos e arquivos. As duas ambulâncias e cinco veículos da frota da prefeitura foram danificados e seguiram de guincho até o município de Rui Barbosa. Com isso, veículos e equipamentos de cidades vizinhas estão sendo utilizados nas ações de resgate e apoio às famílias.

    "Perdemos 100%, não deu para recuperar nada. Vamos ter de recomeçar tudo do zero, vai ser uma grande batalha", afirmou Lima, destacando o apoio dado por municípios vizinhos e governo estadual.



  • Lajedinho: Mortos chegam a 16; ‘O maior desastre natural na história da Bahia’, avalia Cordec

    Bahia Noticias / Fotos: Haroldo Abrantes/GOVBA

    O temporal que destruiu a cidade de Lajedinho, na Chapada Diamantina, já é tratado como “o maior desastre natural na história da Bahia”, proporcional ao número de habitantes, segundo a Coordenaria Estadual de Defesa Civil (Cordec) (ver aqui e aqui). Na tarde desta segunda-feira (9), o número de mortos chegou a 16, entre eles, oito pessoas da mesma família. “Falta uma pessoa, segundo os vizinhos. Estamos trabalhando com 28 bombeiros, mais voluntários e os proprietários das fazendas, já que alguns corpos foram encontrados até 30 ou 40 quilômetros da sede, já na cidade de Ruy Barbosa. Eles foram arrastados pela água”, contou o coordenador adjunto da Cordec, Paulo Sérgio Menezes, em entrevista ao Bahia Notícias. Entre os mortos estão duas crianças, uma de quatro e outra de dois anos. A segunda morreu junto com o pai. “Ele estava com o pai em cima do telhado, fugindo da chuva, quando tudo desabou”, lamentou o coordenador. Por causa da tragédia, a prefeitura de Lajedinho decretou estado de calamidade pública, já reconhecido pela Defesa Civil Nacional, o que pode facilitar e agilizar a chegada de verbas emergenciais e ações prioritárias. 

     

    Técnicos da Cordec realizam um levantamento do prejuízo total, mas ainda não há um número parcial dos estragos. A chuva deixou 202 casas destruídas, 41 danificadas, 90% do comercio totalmente destruído e 840 famílias desabrigadas, além de 205 desalojadas, que aguardam a liberação de imóveis – que tiveram a estrutura preservada – para retornar. “Casas ainda estão desabando. Esse é o maior desastre natural já ocorrido na Bahia, proporcional ao numero de habitantes. É como se em Salvador tivesse mais de 1,5 mil mortos. A Bahia nunca assistiu nada como isso. Na sede [da cidade de Lajedinho] moram duas mil pessoas e mil estão fora de casa”, contou Paulo Sérgio. O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, está na cidade, acompanhado pelo secretário nacional da Defesa Civil, general Cristiano, do governador Jaques Wagner e secretários do Executivo baiano. A prefeitura de Lajedinho vai contar com o “Benefício Eventual Emergencial” de R$ 100 mil, para atender às necessidades básicas das famílias afetadas, como a compra de colchões, fraldas, água mineral, cestas básicas, pagamento de aluguéis sociais, cobertor, entre outras. O recurso será repassado via Fundo Estadual de Assistência Social ao Fundo Municipal de Assistência Social. Além disso, o governo já repassou R$ 127,9 mil dos recursos do cofinanciamento da assistência social para o município. A Defesa Civil colocou à disposição 1,6 mil m² de lona, 140 cobertores e 6 mil copos de água mineral.

     



  • Escritor chama Rui Costa de “bundão” e “pequeno polegar”

    Escritor Antonio Risério questiona até capacidade de candidato do PT de pensar / Fonte: Politica Livre / Foto: Democracia&Política

    Está tendo uma repercussão estrondosa nos meios políticos o artigo que o escritor baiano Antonio Risério escreveu na edição de ontem do jornal A Tarde, chamando o candidato do PT à sucessão estadual, Rui Costa, entre outros adjetivos, de “bundão autoritário” e “pequeno polegar” do governador Jaques Wagner (PT). Risério ficou irritado com o fato de Rui, que também é chefe da Casa Civil do governo estadual, ter questionando a suposta intromissão do governador de Pernambuco, presidente do PSB e presidenciável Eduardo Campos na política baiana por meio da senadora Lídice da Mata, escolhida candidata do partido ao governo. “Primeiro, Eduardo Campos é presidente do PSB. Esse partido tem quadros de relevo na Bahia, a começar pela senadora Lídice da Mata, candidata ao governo baiano. E o presidente de um partido nacional tem de se meter, até obrigatoriamente, no jogo político de cada unidade da federação. Em segundo lugar, Eduardo é candidato a presidente. O grosseirão Rui Costa quer proibir que ele faça campanha na Bahia? Terceiro, ele vem, com Marina Silva, para apoiar a candidatura de Lídice. Não pode? O brucutu não quer?”, questiona o escritor, no passado muito identificado com as esquerdas, depois de lembrar que o ex-presidente Lula é pernambucano, o governador da Bahia é carioca e a presidente Dilma Rousseff é carioca. “É uma atitude pequena demais. Mesquinha, provinciana, grosseira e burra – para dizer o mínimo”, afirma Risério. Em tom sarcástico, o escritor ainda faz um alerta para que, depois das declarações, se desconfie sobre a capacidade do político petista de pensar. “Pelo visto, Rui Costa não pensa no que diz, se é que por acaso pensa sobre alguma coisa, do que de agora em diante devemos desconfiar”, afirma.



  • Matriculas abertas na Escola Nossa Senhora de Fátima

    Destaquebahia.com.br / Foto: Divulgação

    A Escola Nossa Senhora de Fátima já se encontra com as matriculas abertas. Venha fazer parte desta seleção de campeões. Fazendo sua matricula até o dia 30 de Dezembro, você ganha a camisa da torcida ENSF. Maiores informações pelo telefone: 3441- 3680.

     



  • Encerramento da 5ª edição do Abracadabra superou as expectativas

    Grupo Arte em Cena encantou adulto e criança. (Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia)

    Aconteceu na noite deste domingo (8) o encerramento de mais uma edição do projeto cultural Abracadabra. Milhares de pessoas, de todas as idades, puderam desfrutar de uma noite com diversas atrações, dentre elas: Balé, música, dança e peça teatral.
    Todas as apresentações foram brilhantes, mas, a que mais atraiu a atenção do público foi a apresentação do Grupo Arte em Cena, com a peça Torturas de Um Coração. De criança a adulto, era notória a emoção que transparecia na face de cada, um diante de cada cena.
    Mesmo com algumas dificuldades financeiras, por falta de apoiadores, o evento foi considerado um sucesso por parte dos integrantes do Abracadabra, superando assim as suas expectativas.



    Antes de finalizar, o professor Eliseu, pediu a todos um minuto de silêncio em homenagem ao ícone da luta contra o apartheid, Nelson Mandela. A morte de Nelson Mandela, aos 95 anos, foi anunciada na quinta-feira à noite pelo presidente da República da África do Sul, Jacob Zuma, motivando de imediato reações de pesar em todo o mundo. E em Brumado ele [Mandela] foi homenageado, pelo professor Eliseu e todos os demais que comparecereceram á Praça da Prefeitura.



  • Itamaraju: Filho agride a mãe com golpes de facão

    O agressor foi preso por uma guarnição da Polícia Militar/ Fonte e foto: Blog Ferraz e o Povo

    Denílson Rodrigues Viana, de 42 anos, foi preso por uma guarnição da Polícia Militar depois de utilizar um facão para agredir os pais na residência do casal em Itamaraju, cidade no Extremo Sul da Bahia. 

     

    De acordo com informações da polícia, Denílson se desentendeu com as vítimas e de posse da arma desferiu diversos golpes contra a mãe, Doraci Rodrigues Viana, e fez ameaças ao pai, João da Silva Viana.  Os dois conseguiram correr, entraram no quarto e trancaram a porta.  Para tentar invadir o local, o filho se apossou de um cavador e tentou derrubar a porta batendo com o instrumento.

     

    O casal de idosos conseguiu ligar para a emergência da polícia que chegou ao local antes do acusado invadir o quarto. De acordo com o Itamaraju Notícias, Denílson chegou a agredir e ferir um dos policiais. Mesmo na delegacia, o homem continuou violento e terminou sendo sedado com medicamentos aplicados por médicos do Samu.

     

     

    Os pais do autor foram socorridos para o hospital onde receberam atendimento. De acordo com a polícia essa não foi à primeira vez que Denílson foi conduzido para a unidade policial por violência. Ele vai permanecer mais uma vez detido por agressão e ameaça.



  • Ibititá: Vereador é morto a tiros em emboscada

    Irecê Repórter / Foto Reprodução

    O vereador do município de Ibititá, Ricardo Rodrigues Alencar (PRB), 35 anos, foi morto a tiros por volta das 22h deste domingo (8). Segundo informações da delegacia local, ele foi vítima de uma emboscada quando trafegava em uma estrada do povoado de Canoão, a 9km de Ibititá.

     

    Uma criança de 11 anos que viajava com o vereador, identificada como Reinato Alencar, também foi atingida pelos disparos e não resistiu. O carro do edil teria sido parado por homens a bordo de um outro veículo, que dispararam cerca de 20 tiros.

     

     

    Ricardo de Reinato, como era mais conhecido, foi eleito nas eleições de 2012 com 550 votos e estava em seu primeiro mandato. Ele era esposo de Marília Gabriela Martins, desaparecida desde o dia 03 de outubro do ano passado. O vereador deixa um filho de 10 anos de idade. O clima é de total comoção na cidade. Nenhum suspeito foi preso até o momento. A polícia abriu uma investigação minuciosa para apurar a motivação do crime.



  • Abatido, Fred diz que jogará a Série B: 'Cumpro o meu contrato até o fim'

    Em Salvador, atacante garante permanência nas Laranjeiras e diz que Fluminense precisa pensar no futuro: ‘Temos que levantar a cabeça e olhar para frente’
     

    Desde o fim de agosto sem jogar, por causa de um edema na coxa direita, Fred desembarcou no domingo em Salvador para acompanhar o drama do Fluminense. De um camarote da Arena Fonte Nova, ele chorou ao ver o time vencer o Bahia, mas ser rebaixado para a Série B. No fim da noite, no hotel onde a delegação tricolor ficou hospedada, Fred prometeu que não deixará o clube, com o qual tem contrato até o fim de 2015.

    - Fico no Fluminense. Cumpro o meu contrato até o fim - disse o atacante, ainda demonstrando abatimento, ao GloboEsporte.com.

    Mesmo com o rebaixamento, Fred foi assediado por alguns torcedores na recepção do hotel e teve paciência para posar para fotos. O atacante chegou a achar que estava sendo provocado por um gremista que lhe deu parabéns, mas logo percebeu que ele se referia à vitória sobre o Bahia. A nítida expressão de abatimento, porém, contrastou com o discurso sereno.

    - Estou tranquilo. É vida que segue. Fiquei muito triste, mas futebol é assim mesmo. Agora temos que levantar a cabeça e olhar para frente - afirmou aquele que em 2009 comandou uma reação incrível, livrando o Flu do rebaixamento.

    Na recepção do hotel, entre uma foto e outra, Fred conversou com Wagner, autor do primeiro gol do Fluminense. Na saída de campo, o meia foi enigmático e disse que os problemas extracampo foram cruciais para o rebaixamento. Wagner deu a entender, no papo com o camisa 9, que mudanças ocorrerão nas Laranjeiras na próxima temporada

    - Muita água vai rolar - disse Wagner para Fred, referindo-se ao futuro do Fluminense.

    Após o rebaixamento, os jogadores do Fluminense estão de férias, e poucos devem retornar ao Rio de Janeiro no voo da delegação, que tem chegada prevista na capital carioca para o início da tarde desta segunda-feira. O clube vive um momento de indefinições. As permanências do técnico Dorival Júnior e do diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano, são incertas. Alguns jogadores que têm contrato até o fim deste ano podem não permanecer, casos de Edinho, Anderson e Felipe. O certo é que o time deve passar por uma grande reformulação e ganhar uma nova espinha dorsal para a próxima temporada.

     



  • Tentativa de homicidio no bairro Baraúnas

    Destaquebahia.com.br

    Na noite deste Sábado (07) uma pessoa foi alvejada com cinco tiros em um bar (conhecido como bar da Sheila ) no bairro Baraúnas.
    As informações que chegaram ao Destaquebahia, é quê um individuo de posse de uma moto Azul, chegou no bar e disparou cinco tiros contra um homem. O Samu 192 foi acionado e a pessoa foi conduzida em estado grave ao hospital Magalhães Neto.
    Maiores informações a qualquer momento.

     



  • Bauru: Alvejado com 8 tiros brumadense morre em uma mercearia

    Foto: Malavolta Jr / Destaquebahia com informações do JCNet

    Osman Francisco dos Santos, cuja idade não foi informada, mais conhecido como “Baiano", que era proprietário de uma mercearia, que também funcionava como uma padaria, morreu, na manhã deste domingo (8), após ser baleado em uma mercearia localizada no cruzamento das ruas João Quaggio com Nelson Luiz, na Vila Dutra, em Bauru. A vitima foi alvejada com 8 tiros de pistola nove milímetros. Dois disparos atingiram a cabeça da vítima, que morreu na hora.

     

    Segundo informações, dois homens em um moto Falcon preta seriam os suspeitos de atirar contra o comerciante na manhã de hoje. O crime ocorreu por volta das 10h. Equipes da Polícia Militar (PM) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas para atender a ocorrência. Até o momento, ninguém foi preso. 

     



  • Itaitu: Pai estuprou filha paraplégica de 4 anos

    R7 Noticias / Vítima estava com pai para que mãe fosse a agência bancária / Foto: Divulgação

    O trabalhador rural Gemilton Santos Paula, de 26 anos, que foi preso acusado de estuprar a filha de quatro anos, que é paraplégica, no distrito de Itaitu, município de Jacobina, a 330 km de Salvador, afirmou que teve vontade de se matar depois que abusou da criança.



    Segundo a denúncia da mãe, a vítima estava com pai para que ela fosse a agência bancária no centro da cidade e quando voltou para casa encontrou a menina ensanguentada no quintal da residência, e uma bermuda do companheiro, com marcas de sangue. O acusado disse que não houve penetração, mas afirmou que fez sexo oral na menina.


     

    O homem disse que foi trocar a filha e quando a viu nua, sentiu atração pela menina, mas diz não saber explicar o que aconteceu e que está arrependido. O acusado afirmou que não bebe, nem usa drogas.
     

     

    O acusado disse que quando a esposa descobriu o que tinha acontecido o mandou sair de casa e ele foi para a residência da avó. O criminoso foi preso na zona rural do município baiano de Várzea da Roça. A criança e a mãe vêm sendo acompanhadas por psicólogos e assistentes sociais.



  • Preso com cocaína em helicóptero faz parte de quadrilha do MS, aponta auto

    G1 Espirito Santo / Momento da prisão dos envolvidos no transporte de 445 kg de droga, em Afonso Cláudio. (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

    Um dos quatro presos por descarregar 445 kg de pasta base de cocaína de um helicóptero -pertencente a uma empresa da família do senador mineiro Zezé Perrella (PDT) - informou que faz parte de uma quadrilha chefiada em Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, município próximo a uma rota para o tráfico internacional de drogas. As informações constam no auto de prisão em flagrante emitido pelo juiz Jorge Orrevan Vaccari Filho, da 2ª Vara da Comarca de Afonso Cláudio, região Serrana do Espírito Santo, no dia 26 de novembro. Pela autoridade considerar o crime “transnacional”, o documento foi encaminhado para a Justiça Federal. O G1 teve acesso ao material neste sábado (7).

     

    No dia 24 de novembro, a Polícia Militar apreendeu o helicóptero, a droga e prendeu o piloto, o copiloto e dois homens que aguardavam a transação em uma fazenda, em Afonso Cláudio, no Espírito Santo. A cocaína, que vinha do município de Avaré, no interior de São Paulo, havia sido descarregada da aeronave e estava pronta para ser despachada quando aconteceu a prisão. A movimentação já estava sendo investigada há 20 dias, antes do flagrante.

     

    De acordo com o auto de prisão, o grupo receberia mais de R$ 186 mil para fazer o transporte da droga, de São Paulo ao Espírito Santo.

     

    O responsável por organizar a transação ilegal disse que o piloto da aeronave receberia R$ 106 mil pelo transporte, mais o custo da despesas. Já o copiloto iria ganhar R$ 60 mil. O transporte terrestre seria feito por R$ 20 mil e o morador que conhecia a região receberia US$ 100, que equivale a aproximadamente R$ 233.Os 445 kg de cocaína foram transportados em uma aeronave com valor estimado em R$ 3 milhões. Segundo consta no documento, uma fazenda, próxima ao local onde o helicóptero fez o pouso, foi adquirida apenas para a chegada da droga, no valor de R$ 500 mil.

     

    Com os suspeitos, a polícia também apreendeu 11 aparelhos celulares, sendo dois deles com comunicação via satélite, e dois aparelhos GPS, com capacidade de navegação aérea em grandes distâncias.

     

    De acordo com o documento da Justiça, o copiloto e responsável pelo carregamento da aeronave se negou a informar como a carga teria entrado no aeroporto do Campo de Marte, em São Paulo, e de onde ela teria vindo. Segundo a Justiça do Espírito Santo, ele quer evitar que o grupo responda por um crime mais grave, o de tráfico internacional.

     

    Na última sexta-feira (6), agentes da Polícia Federal (PF) fizeram uma vistoria no local de pouso da aeronave, na cidade de Afonso Cláudio, e também na fazenda que teria sido comprada para receber a droga.



  • Na China, homem vive há 20 anos em bueiro para pagar estudos dos filhos

    G1 Mundo / Chinês vive há 20 anos em bueiro para pagar estudos dos filhos (Foto: Reprodução/OnTV)

    As autoridades de Pequim, na China, descobriram que um homem passou cerca de duas décadas vivendo debaixo da terra, com uma tampa de bueiro como única porta, com o objetivo de economizar dinheiro e pagar os estudos de seus filhos, informou neste domingo (8) a rede de televisão estatal "CFTV".

     

    O homem, de sobrenome Wang e de 53 anos, praticamente faliu com as altas multas que teve que pagar ao governo por violar a política do filho único vigente no país (ele tem três filhos) e decidiu se mudar do campo para a capital Pequim e ganhar a vida lavando carros.

     

    Para reduzir ao mínimo suas despesas e poder investir todo o seu modesto salário nos filhos, Wang viveu em um sistema de esgoto a dois metros da superfície, junto de encanamentos e tendo como bens um saco de dormir, cobertores e uma garrafa térmica.

     

    O caso de Wang chegou às autoridades da cidade, que selaram a tampa de esgoto pela qual o homem entrava em sua 'casa' e lhe ofereceram um alojamento temporário, advertindo a população que viver nestas precárias instalações debaixo da terra pode ser muito perigoso.

     

    Embora o caso de Wang chame atenção pelo longo período de tempo em que ele viveu em condições sub-humanas, boa parte da imprensa da China destacou que não se trata de um caso único no país, e que muitas pessoas sem recursos vivem no subsolo das cidades chinesas.