publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
ELISEU AURELIANO DA ROCHA em:
Um morre e outro fica gravemente ferido durante briga no município de Tanhaçu
 
 
Iana Lopes em:
Açougueiro vítima de acidente quando bandido empreendia fuga em Brumado, morre no hospital
 
 
Bernabe neto em:
Homem é morto pelo próprio sobrinho na zona rural de Aracatu; autor foi preso
 
 
José Silveira da Rocha em:
Governo do Estado publica edital de licitação para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Piabanha em Aracatu
 
 
 
curta nossa fanpage
28.06.2017 - BAHIA
 
Promotor de Justiça será demitido após acusações de assédio sexual
 
Promotor de Justiça será demitido após acusações de assédio sexual
 

ex-secretário estadual de Justiça, o promotor de Justiça Almiro Sena, será demitido do cargo público, segundo determinação do plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). A punição foi decidida durante sessão do plenário nesta terça-feira (27). De acordo com o Conselho, a pena ao promotor é motivada por "infrações disciplinares análogas aos crimes de estupro e assédio sexual", conforme previsto Lei Orgânica do Ministério Público da Bahia.

Além disso, o plenário determinou que o procurador-geral de Justiça do Estado da Bahia encaminhe uma ação civil de perda de cargo, independente da autorização do Órgão Especial do Colégio de Procuradores baiano. A ação deverá ser ajuizada no prazo de 30 dias, a contar da data de notificação do pedido. 

Almiro Sena é acusado de ter assediado servidores da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, quando era titular da pasta, de janeiro de 2011 a junho de 2014. À época, ele foi licenciado do MP para exercer o cargo no poder executivo.

Na votação, os outros conselheiros seguiram o parecer do relator do processo, conselheiro Antônio Duarte. De acordo com o relator, o depoimento de várias vítimas e testemunhas demonstraram a autoria e materialidade dos fatos atribuídos ao promotor de Justiça.

“Tais fatos, carregados de tamanha gravidade e reprovabilidade, atraíram a atenção da imprensa nacional, maculando a imagem do Ministério Público da Bahia e do Ministério Público brasileiro”, concluiu o conselheiro. 

Ainda segundo o conselheiro, o processo exige aplicação de medidas disciplinares "à altura dos impactos causados pelo promotor de Justiça à sociedade baiana e brasileira, pois transpassaram a dignidade de liberdade sexual das vítimas, trazendo para elas danos emocionais irreparáveis, afrontando também os valores sociais e morais". 

O CORREIO ainda não conseguiu contato com o promotor Almiro Sena até a publicação dessa reportagem. 

Exoneração

Almiro Sena pediu exoneração do cargo em junho de 2014, após as acusações das servidoras serem divulgadas. Na época, Almiro Sena negou todas as acusações e resumiu o processo contra ele a uma “armação política profissional”, sem citar nomes. 

O ex-secretário chegou a afirmar que as acusações eram “levianas e covardes”. “Só tenho a afirmar e reafirmar que jamais pratiquei, pratico ou praticarei atos dessa natureza”.

Em 2015, o Tribunal de Justiça da Bahia aceitou a denúncia contra o ex-secretário. O processo seguiu em segredo de justiça. Em dezembro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal acatou o pedido apresentado pela defesa do promotor e adiou o julgamento do habeas corpus que tentava anular a ação de assédio sexual movida contra ele. (Fonte: Correio24horas)

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
19.Nov.2017 - Dois acidentes envolvendo motocicletas deixam duas vítimas fatais em Brumado
19.Nov.2017 - Polícia apreende drogas na Urbis IV em Brumado; três pessoas foram presas
18.Nov.2017 - Aproveite o Black Friday da Taisan Auto e compre o seu veículo
18.Nov.2017 - Começou ontem (17) o pagamento do segundo lote do PIS/PASEP para idosos
17.Nov.2017 - Resultados de exames de laboratório apontam que bactérias presentes em fezes estavam em bolos servido por escola em Rio do Antônio; dezenas de crianças passaram mal
17.Nov.2017 - Adriano se oferece para jogar de graça no Flamengo em 2018
17.Nov.2017 - Preso há um ano, Cabral pode pegar pena de até três séculos em ações ajuizadas
17.Nov.2017 - Vídeo: Ourivesaria é assaltada no centro de Brumado e câmeras flagram a ação dos bandidos
17.Nov.2017 - Novo golpe no WhatsApp promete passagens aéreas para fim de ano
17.Nov.2017 - É o Tchan deixará de usar 'ordinárias' e 'inocentes' para identificar banheiros em ensaio
eventos
08.09.2017
Desfile de 7 de Setembro em Brumado 2017
 
29.08.2017
Cavalgada de Barra da Estiva - A Top da Chapada
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções