publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
ELISEU AURELIANO DA ROCHA em:
Um morre e outro fica gravemente ferido durante briga no município de Tanhaçu
 
 
Iana Lopes em:
Açougueiro vítima de acidente quando bandido empreendia fuga em Brumado, morre no hospital
 
 
Bernabe neto em:
Homem é morto pelo próprio sobrinho na zona rural de Aracatu; autor foi preso
 
 
José Silveira da Rocha em:
Governo do Estado publica edital de licitação para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Piabanha em Aracatu
 
 
 
curta nossa fanpage
12.05.2017 - BRASIL
 
Operação Bullish: PF apura fraudes em transações entre BNDES e companhia frigorífica
 
Operação Bullish: PF apura fraudes em transações entre BNDES e companhia frigorífica
Foto: Agência Brasil
 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (12) a Operação Bullish, que apura fraudes e irregularidades em empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), por meio da subsidiária BNDESPar, a uma grande empresa que atua no ramo de proteína animal. Os aportes foram feitos a partir de junho de 2007 e eram destinados a aquisição de empresas do ramo de frigoríficos, somando R$ 8,1 bilhões. São cumpridos 37 mandados de condução coercitiva, sendo 30 no Rio de Janeiro e 7 em São Paulo; e 20 de mandados de busca e apreensão, sendo 14 no Rio de Janeiro e 6 em São Paulo. Também foram emitidas medidas de indisponibilidade de bens de pessoas físicas e jurídicas que participam direta ou indiretamente da composição acionária do grupo empresarial investigado. Segundo a PF, as operações tiveram tramitação recorde entre o BNDES e a companhia após a contratação de uma consultoria ligada a um parlamentar. As transações foram realizadas sem a exigência de garantias e dispensando indevidamente o prêmio previsto em contrato, o que gerou um prejuízo de aproximadamente R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos. Por determinação judicial, os controladores do grupo estão proibidos de fazer qualquer mudança societária na empresa alvo da investigação e de sair do país sem autorização prévia. Cinco investigados que estão no exterior também estão sendo monitorados pela PF. O nome da operação faz menção à tendência de valorização gerada entre os operadores do mercado financeiro em relação às ações da empresa, que ocorreu após os aportes do BNDESPar.(BahiaNotícias)

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
21.Nov.2017 - Polícia apreende homem com espingarda e munições em Maetinga
21.Nov.2017 - Brumado: aluna se classifica no IV Concurso Para Escritores de Poesia e Redação 2017
21.Nov.2017 - Assaltante que atuava em Brumado, Tanhaçu, Ituaçu e região morre em confronto com a PM
21.Nov.2017 - Livramento: MP pede republicação de seleção simplificada
21.Nov.2017 - Paramirirm: homem é encontrado morto em ponte pelo irmão
21.Nov.2017 - Rússia proíbe a importação de carne bovina e suína do Brasil
21.Nov.2017 - Rui acelera ritmo de inaugurações no interior e pré-campanha acaba intensificada
20.Nov.2017 - Léo Vasconcelos, presidente da Câmara de Vereadores sanciona lei que eleva Umburanas, Samambaia e Arrecife a categoria de distritos
20.Nov.2017 - Homem morre ao ser atingido por uma carreta em Aracatu
20.Nov.2017 - Prazo de aditamento de contratos do Fies do 2º semestre termina hoje, 20
eventos
31.07.2017
Aniversário de 55 anos de Rio do Antônio 2017
 
04.07.2017
São Pedro de Guajeru 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções