publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
maria maria em:
Rui Costa anuncia concurso para Educação com 3,4 mil vagas
 
 
Nicolas em:
Prefeitura de Brumado emite comunicado de fechamento da casa estudantil em Conquista e universitários recorrem à câmara; veja o vídeo
 
 
Armindo José Nardes em:
Prefeito de Barra da Estiva reduz o próprio salário, os dos secretários e dos cargos comissionado para conter gastos
 
 
Pedro Miguel em:
Jovem guajeruense de 18 anos morre após colidir moto contra trem em Malhada de Pedras
 
 
 
curta nossa fanpage
06.06.2017 - BRASIL
 
Operação Manus: PF investiga corrupção nas obras da Arena das Dunas
 
Operação Manus: PF investiga corrupção nas obras da Arena das Dunas
 

A operação deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (6), que prendeu o ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), tem como foco os crimes de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal (RN). De acordo com a PF, o superfaturamento das obras alcança R$ 77 milhões. Além de Alves, também são cumpridos outros cinco mandados de prisão preventiva – um deles contra o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – seis de condução coercitiva e 22 de busca e apreensão no Rio Grande do Norte e no Paraná. A apuração tem baase nas provas obtidas com a Operação Lava Jato, que indicam pagamento de propina a ex-parlamentares que atuavam politicamente para favorecer duas grandes construtoras envolvidas na construção do estádio. Entre os elementos de prova, estão delações premiadas, quebras de sigilos fiscal, bancário e telefônico dos envolvidos. A PF identificou diversos valores recebidos entre os anos de 2012 e 2014 como doação eleitoral oficial – os repasses, na verdade, serviram como pagamento de propina. Ainda de acordo com os investigadores, foi identificado que os valores supostamente doados para a campanha eleitoral em 2014 de um dos investigados foram desviados para benefício pessoal. A operação desta terça foi batizada de Manus, em menção a expressão em latim “Manus Manum Fricat, Et Manus Manus Lavat” (“Uma mão esfrega a outra; uma mão lava a outra”). Os investigados responderão, considerando suas participações, pelos crimes de corrupção ativa e passiva, e lavagem de dinheiro.(Bahia Notícias)

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
23.Ago.2017 - Governo federal vai liberar saques de R$ 16 bilhões do PIS/Pasep para idosos
23.Ago.2017 - Criança é atacada e mordida por jumento na zona urbana de Guanambi
23.Ago.2017 - Vídeo: Projeto de Lia Teixeira que reduz em 15 dias o recesso dos vereadores em Brumado é aprovado; Zé Ribeiro se absteve
23.Ago.2017 - Van Escolar e Motocicleta se envolvem em acidente no Bairro Urbis 2 em Brumado
23.Ago.2017 - Ex-procuradora-geral da Venezuela viaja ao Brasil
23.Ago.2017 - Ex-ministro Geddel Vieira Lima vira réu por obstrução de Justiça
23.Ago.2017 - PF deflagra 45ª fase da Lava Jato; há mandados em Salvador, Brasília e Cotia
22.Ago.2017 - Guajeru: Prefeito Gil rocha cumpre agenda em Salvador em busca de melhorias para o município
22.Ago.2017 - Arquiteto de 30 anos é encontrado morto em casa na cidade de Vitória da Conquista
22.Ago.2017 - Na rodoviária: brumadense é presa em Caetité com drogas na bagagem do filho de 05 anos
eventos
31.07.2017
Aniversário de 55 anos de Rio do Antônio 2017
 
04.07.2017
São Pedro de Guajeru 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções