publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Mano Barreto em:
A segunda edição do Encontro de Motociclistas de Brumado promete movimentar o município
 
 
Maria aparecida santos moreira em:
Kezinha Produções realizou Páscoa Solidária em Brumado
 
 
Bell em:
Veículo passa por cima de pé de transeunte na faixa de pedestre em Brumado
 
 
joaquim barbosa em:
Tiro e confusão em Maetinga após abordagem da polícia ao vereador Chicãozinho
 
 
 
curta nossa fanpage
22.02.2017 - Educação
 
Fechamento de escolas na zona rural provoca manifesto de moradores em Barra da Estiva
 
Fechamento de escolas na zona rural provoca manifesto de moradores em Barra da Estiva
Foto: Informe Barra
 

"Defender as escolas do campo é uma obrigação, fechá-las é um CRIME quando há opção" relatam moradores.

Moradores das comunidades de Mateiros, Babilônia e Samambaia têm se manifestado contra o fechamento das unidades escolares Arnóbia Pires Fernandes e Rochael Alves da Silva, pois, segundo eles,  não foram comunicados como reza o parágrafo único do art. 28 da Lei de Diretrizes e Bases que diz:
"Parágrafo único. O fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas será precedido de manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino, que considerará a justificativa apresentada pela Secretaria de Educação, a análise do diagnóstico do impacto da ação e a manifestação da comunidade escolar. (Incluído pela Lei nº 12.960, de 2014)" - Uma vez que as comunidades não foram ouvidas, nem foi realizado estudo ou análise do impacto que poderá ocorrer nas comunidades com o fechamento das unidades escolares.

Para as famílias da zona rural, o fechamento de uma escola em sua comunidade é uma perca irreparável. O que as comunidades questionam é que não têm conhecimento de nenhum parecer da Secretaria Municipal de Educação, justificando o fechamento das referidas escolas sem saber quais os critérios adotados, pois escolas com maior número de alunos foram fechadas e outras com menor numero vão continuar funcionando por serem multisseriadas.
Outra questão que preocupa os pais é: como colocar crianças de 4, 5, 6 anos em viagens diárias de ida e volta? A situação têm causado grande polêmica nas comunidades atingidas.

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
25.Mai.2017 - Em encontro com governador, prefeita de Malhada de Pedras oficializa reivindicações
25.Mai.2017 - Prefeitura de Rio do Antônio divulga as atrações do São João de Ibitira
25.Mai.2017 - Brumadense fica no prejuízo de R$ 2.500,00 após anunciar venda de moto na internet
25.Mai.2017 - Ministério do Trabalho é evacuado após ameaça de bomba; PF está no local
25.Mai.2017 - Prefeitura de Rio do Antônio realizará audiência pública para prestar contas à população
25.Mai.2017 - Tricampeão! Bahia bate o Sport e volta a conquistar a Copa do Nordeste após 15 anos
25.Mai.2017 - ‘Ele escreveu que gritou muito, mas ninguém escutava’, diz mãe de espanhol que se perdeu na Chapada
25.Mai.2017 - MUDANÇAS: Major Jocevã deixará 34ª CIPM/Brumado para assumir o comando de Ipiaú
24.Mai.2017 - COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR VISITA A 34ª CIPM/ Brumado
24.Mai.2017 - Polícia recupera Smartphone roubado em posse de cigano em Aracatu
eventos
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
04.01.2017
Inauguração da sede própria da Câmara de Guajeru
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções