publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
regiana em:
Mais uma pessoa morre após ficar três dias no Hospital de Brumado aguardando vaga numa UTI em Conquista
 
 
Marcos Andre em:
Torre da Oi cai e serviços de internet e telefonia ficam prejudicados em Aracatu
 
 
Mano Barreto em:
A segunda edição do Encontro de Motociclistas de Brumado promete movimentar o município
 
 
Maria aparecida santos moreira em:
Kezinha Produções realizou Páscoa Solidária em Brumado
 
 
 
curta nossa fanpage
22.02.2017 - Educação
 
Fechamento de escolas na zona rural provoca manifesto de moradores em Barra da Estiva
 
Fechamento de escolas na zona rural provoca manifesto de moradores em Barra da Estiva
Foto: Informe Barra
 

"Defender as escolas do campo é uma obrigação, fechá-las é um CRIME quando há opção" relatam moradores.

Moradores das comunidades de Mateiros, Babilônia e Samambaia têm se manifestado contra o fechamento das unidades escolares Arnóbia Pires Fernandes e Rochael Alves da Silva, pois, segundo eles,  não foram comunicados como reza o parágrafo único do art. 28 da Lei de Diretrizes e Bases que diz:
"Parágrafo único. O fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas será precedido de manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino, que considerará a justificativa apresentada pela Secretaria de Educação, a análise do diagnóstico do impacto da ação e a manifestação da comunidade escolar. (Incluído pela Lei nº 12.960, de 2014)" - Uma vez que as comunidades não foram ouvidas, nem foi realizado estudo ou análise do impacto que poderá ocorrer nas comunidades com o fechamento das unidades escolares.

Para as famílias da zona rural, o fechamento de uma escola em sua comunidade é uma perca irreparável. O que as comunidades questionam é que não têm conhecimento de nenhum parecer da Secretaria Municipal de Educação, justificando o fechamento das referidas escolas sem saber quais os critérios adotados, pois escolas com maior número de alunos foram fechadas e outras com menor numero vão continuar funcionando por serem multisseriadas.
Outra questão que preocupa os pais é: como colocar crianças de 4, 5, 6 anos em viagens diárias de ida e volta? A situação têm causado grande polêmica nas comunidades atingidas.

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
22.Jun.2017 - Sete alunos de Medicina, Direito e Odontologia são expulsos de universidade por fraude em cotas quilombolas
22.Jun.2017 - A caminho do Paraguai, Cézar Paulo 'Cézar de Lim', acusado da morte de Camarão acaba de ser preso
22.Jun.2017 - Polícia elucida os dois últimos homicídios ocorridos em Brumado; Empresário César Paulo está foragido
22.Jun.2017 - Acidente com carreta, ônibus e duas ambulâncias deixa ao menos 15 mortos no ES
22.Jun.2017 - TRE-BA lança edital de concurso público com 41 vagas
22.Jun.2017 - MPT-BA investiga desabamento de palco no Pelourinho e responsáveis por acidente
22.Jun.2017 - Andrea Neves deixa presídio em MG e segue para prisão domiciliar
21.Jun.2017 - São João: 74 municípios são contempladas em edital da Bahiatursa com até R$ 100 mil
21.Jun.2017 - Prefeita de Malhada de Pedras autoriza antecipação de salário dos servidores municipais
21.Jun.2017 - Lixo hospitalar é visto sendo descartado de forma inadequada em Barra da Estiva
eventos
30.05.2017
Transmissão de comando da 34ª CIPM
 
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções