publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
José Silveira da Rocha em:
Governo do Estado publica edital de licitação para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Piabanha em Aracatu
 
 
Aliane Aguiar em:
Homem é preso com 9 kg de maconha em Guanambi, no Bairro Beija Flor II
 
 
Leandro Vieira de Andrade santos em:
GUANAMBI: CÂMARA APROVA CRIAÇÃO DE GUARDA CIVIL ARMADA
 
 
Reginaldo em:
Caminhão roubado em Urandi pode ter dispensado a carga em Brumado
 
 
 
curta nossa fanpage
20.09.2016 - FEIRA DE SANTANA
 
Menino de 10 anos morre após receber anestesia para fazer exame
 
Menino de 10 anos morre após receber anestesia para fazer exame
Foto: Reprodução/G1 Bahia
 

Um menino de dez anos morreu depois de receber anestesia para fazer um exame de ressonância magnética em uma clínica de Feira de Santana, cidade baiana distante cerca de 100 km de Salvador. O caso aconteceu na segunda-feira (19). Os pais da criança registraram ocorrência na delegacia e a Polícia Civil vai investigar o que aconteceu.

A criança morava em Utinga, município localizado na região da Chapada Diamantina, e distante cerca de 300 km de Feira de Santana. Conforme a família, o garoto viajou só para fazer esse exame, que custou R$ 1.430. Os familiares do menino ainda não sabem o que provocou a morte dele. Os pais aguardam o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para saber o que provocou a morte da criança. O prazo é que o documento fique pronto em 45 dias.

A lavradora Gesibel Lemos da Mota, mãe do menino Gilberto, relatou que ela e o filho chegaram à clínica, onde o procedimento foi feito por volta das 8h30. Em seguida, segundo Gesibel, uma enfermeira fez uma espécie de entrevista para saber se o garoto tinha algum tipo de alergia. A mãe disse que não tem conhecimento de nenhuma rejeição do garoto a medicamentos e relatou que ele tomava remédio controlado.

 

De acordo com a lavradora, logo depois da conversa com a enfermeira, a criança foi sedada para passar pelo exame. "Aplicaram a sedação nele, depois ele começou a ficar molinho, depois ele começou a ficar sem ar. Aí os médicos tentaram reanimar ele, mas não conseguiram", relatou Gesibel.

Conforme a mãe, o garoto Gilberto já tinha passado por uma cirurgia no olho e outra no braço e não teve problemas. "Ele já fez um exame do olho, que ele tinha catarata congênita, fez cirurgia e não aconteceu nada. Fez uma cirurgia há pouco tempo do braço, que quebrou brincando de bicicleta, graças a Deus não aconteceu nada. Veio acontecer simplesmente aqui, em uma simples ressonância. Vim trazer meu filho para fazer um exame para saber o que ele tem realmente e perdi meu filho", lamenta a lavradora. Informações do G1 Bahia.

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
20.Set.2017 - Viúva de empresário brumadense morto em acidente de trânsito é presa por suposto envolvimento em esquema de contrabando
20.Set.2017 - Supremo decide hoje sobre suspensão de denúncia contra Temer
20.Set.2017 - Número de mortos após terremoto no México chega a 226
20.Set.2017 - Funcionários dos Correios na BA decidem entrar greve após assembleia em Salvador
19.Set.2017 - Prefeita de Malhada de Pedras entrega sistema de abastecimento de água na casas populares IV; veja o vídeo
19.Set.2017 - Comissão de Finanças da ALBA aprova contas de Rui Costa referentes ao exercício de 2015
19.Set.2017 - Atleta brumadense conquista título na 3º Edição da Corrida de Rua em Bom Jesus da Lapa
19.Set.2017 - Incêndio atinge Serra das Éguas em Brumado: Área corresponde a território da Magnesita
19.Set.2017 - AGORA FICOU MUITO MAIS FÁCIL COMPRAR A SUA CHURRASQUEIRA, VASOS ORNAMENTAIS OU FOGÃO A LENHA COM FORNO
19.Set.2017 - Semana do Administrador acontece em Bom Jesus da Lapa
eventos
08.09.2017
Desfile de 7 de Setembro em Brumado 2017
 
29.08.2017
Cavalgada de Barra da Estiva - A Top da Chapada
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções