• Amargosa: Acusado de atirar e matar criança pede afastamento da Câmara

    Foto: Reprodução / BN

    O vereador suspeito de atirar e matar um bebê em Amargosa, no dia 16 de julho, pediu afastamento da Câmara de Vereadores de Cachoeira, onde exerce mandato, no último dia 22. Carlos Raimundo de Jesus Cardoso, o Cacau PC (PRP), é acusado de atirar em uma criança e matá-la, na cidade de Amargosa, há quinze dias. Logo depois do fato, o vereador que é policial foi encaminhado para a Corregedoria da Polícia Civil, teve a arma retirada para ser feita perícia e foi transferido para a delegacia de Santo Amaro, também no recôncavo baiano. A morte gerou revolta entre os moradores, que resultou em 30 motos, 18 carros e um ônibus incendiados, além da delegacia da cidade, que teve os 14 presos custodiados na unidade soltos.