• Idoso é alvejado por policiais com cinco tiros e mesmo em estado grave é mantido algemado no leito do hospital

    Destaquebahia Foto: Folha do Vale

    O idoso Antônio Pinto Gonçalves, (Bigodão) de 63 anos, que está internado no hospital Regional, foi alvejado com cinco tiros por policiais militares do 17º Batalhão de na noite do último sábado (6), no bairro BNH, durante uma ronda de rotina. A primeira versão é que é que o idoso teria enfrentado os policias armado com um facão. Os policiais teriam pedido para ele parar, como ele não obedeceu foi alvejado por cinco disparos de arma de fogo na região do abdômen e perna. Existe outra versão narrada por populares que os policiais surpreenderam (Bigodão) no momento em que ele estava sentado em cima de uma moto. Os policias procuravam motoqueiros que estavam perturbando o sossego dos moradores com descargas cadron e papaleguas. Mesmo em estado grave o idoso é mantido algemado como se fosse um bandido de alta periculosidade e a policia mantêm um esquema de segurança para vigiar. Segundo informações colhidas pelo Destaquebahia, Bigodão é conhecido de todos e não há necessidade de mantê-lo algemado. O Escritório de Direitos Humanos em Salvador prometeram enviar uma equipe a Guanambi para analisar se está havendo abuso de autoridade. Após repercussão da reportagem, dez advogados se mostraram interessado em defender o idoso. Em nota o Comando do 17º Batalhão informou que instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o fato.