• Funcionários do Hospital Susy Zanfretta expressam profundo pesar pela morte de Dr. Kiyoshi

    Todos os funcionários e administradores do hospital se comoveram profundamente com a morte do médico Dr.Kiyoshi

     A morte de Dr. Kiyoshi Koshimizu, ocorrida na manhã de hoje (17), em Salvador, onde o médico tentava se recuperar de uma cirurgia no Hospital Ana Neri , causou grande comoção na  população de Barra da Estiva; aos colegas de trabalho, mais ainda. 
           
             Nas horas de folga o médico gostava de pescar e curtir a natureza
      
    A reportagem do Destaquebahia esteve na manhã desta quinta – feira no Hospital Susy Zanfretta , onde, por mais de 25 anos o Dr. Kiyoshi Koshimizu prestou relevantes serviços como médico. 

    O clima era de desolação entre todos, de faxineiro a médicos. Dr. Kiyoshi era muito querido e admirado pela dedicação e amor com que atendia os seus pacientes, e a forma com que tratava os amigos e colega de trabalho; a reciprocidade fazia de Dr. Kiyoshi Koshimizu um ser humano extraordinário, segundo os funcionários do Zanfretta.


    Cristão e membro da  Igreja Metodista Wesleyana de Barra da estiva, ele sempre semeava a fé; o amor e a esperança, a qualquer hora do dia ou da noite, se fosse solicitado para alguma emergência ou urgência ele se fazia presente.

            

    “É uma perda irreparável para nós, pois, foi um médico que doou parte de sua vida a este hospital; servindo a população barrestivense, podemos dizer que era quase 24 horas que ele passava aqui, curando, salvando e dando o máximo de si...a família Suzy Zanfreta está muito triste e, não temos o que dizer a não ser pedi para que Deus o recompense por tudo que ele fez por nós” disse a Imã Silvane. 

            

    A Técnica de Enfermagem Simone, que presta serviços no hospital a quase nove anos, era uma das pessoas que também estava muito abatida com a morte de Dr. Kiyoshi Koshimizu, pois ela, teve a oportunidade de conhecer e trabalhar junto com o médico, que para ela, era uma pessoa sem igual “Ele tinha um coração imenso, uma pessoa muito humilde, humana, e sempre dava um jeito para tudo, nunca via dificuldade ou impossibilidade diante de certas situações; além disso, os funcionários aqui do hospital era considerado por ele como sua família, assim como nós também o considerávamos” disse Simone ao Destaquebahia
    .

           

    Dona Nice Santana já foi paciente de Dr. Kiyoshi e também demonstrou profundo pesar pela morte do médico “Ele nos acolhia sempre de braços abertos, era um grande profissional e amigo, nossos corações estão dilacerados com tamanha perda” disse Nice Santana.

    A prefeitura decretou luto oficial de 03 dias, e a igreja Igreja Metodista Wesleyana de Barra da Estiva que foi fundada por Dr. Kiyoshi há mais de 20 anos,  através do pastor Edmar Ferreira, emitiu nota de pezar e convocou os membros da igreja para estarem na igreja durante todo o dia para prestar homenagens ao médico que eles consideravam como um grande “Servo de Deus”.

    O corpo assim que chegar de Salvador será velado na Igreja Metodista Wesleyana, os barrestivense pretendem fazer uma grande homenagem de despedida.