publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Bernabe neto em:
Homem é morto pelo próprio sobrinho na zona rural de Aracatu; autor foi preso
 
 
José Silveira da Rocha em:
Governo do Estado publica edital de licitação para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Piabanha em Aracatu
 
 
Aliane Aguiar em:
Homem é preso com 9 kg de maconha em Guanambi, no Bairro Beija Flor II
 
 
Leandro Vieira de Andrade santos em:
GUANAMBI: CÂMARA APROVA CRIAÇÃO DE GUARDA CIVIL ARMADA
 
 
 
curta nossa fanpage
11.10.2017 - LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA
 
Livramento: Justiça libera realização de festa do aniversário do município
 
Livramento: Justiça libera realização de festa do aniversário do município
Foto: Reprodução
 

A liminar que impedia a realização da festa de emancipação política de Livramento de Nossa Senhora, agendada para os dias 06 e 11 de outubro, foi suspensa pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), nesta terça-feira (10). O pedido do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), aceito pela Justiça determinava que o prefeito cancelasse os contratos firmados com artistas e com empresas para organização das festas. O objetivo era evitar pagamentos tendo em vista as situações de crise econômica e de emergência reconhecidas pelo Decreto nº. 540/2017. Os shows marcado para o dia 06 não chegaram a acontecer.

Entretanto, o município entrou com recurso sustentando que a decisão causava lesão à ordem e à economia pública, já que o evento é realizado há 96 anos. Dentre os riscos ao município, estaria as multas por descumprimento aos contratos celebrados com empresas e artistas e também a suspensão do efetivo policial e do uso de equipamentos de segurança pública, material que já havia sido solicitado e autorizado pelo Governo do Estado da Bahia.  

Além disso, a gestão apontou os prejuízos aos comerciantes, que teriam adquirido produtos para comercialização no evento e pago taxas de ocupação de área pública, entre outros. Considerando a situação, a desembargadora Maria do Socorro Barreto Município declarou que, já que o município por conta das despesas já efetuadas com a realização da festa, o cancelamento seria ainda mais danoso. "Um evento deste porte movimenta a economia local, oportunizando a geração de emprego e renda, além de fomentar um aumento na arrecadação tributária, o que, induvidosamente, corrobora com o interesse público", afirmou na sentença. Apontando um possível risco à economia pública causado pelo cancelamento à véspera, a desembargadora decidiu aceitar o pedido de suspensão e viabilizar a realização do festejo do dia 11.

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
20.Out.2017 - Terezinha Baleeiro fiscaliza obras em Malhadas de Pedras
20.Out.2017 - Oportunidade: Sesoc oferece curso gratuito de Almoxarife a partir da próxima segunda (23)
20.Out.2017 - Inscritos no Enem 2017 já podem consultar local de prova
20.Out.2017 - Adolescente, suspeito de tráfico de drogas e homicídios em Guanambi, é detido pela Polícia em Caetité
30.Nov.1999 -
20.Out.2017 - Homem é preso por ameaçar atear fogo em outra creche em Janaúba
19.Out.2017 - Estudante de enfermagem é presa com munições com poder de fogo para derrubar aeronave e danificar carros-fortes; com ela, drogas também foram apreendidas
19.Out.2017 - Indivíduo é surpreendido no momento em que jogava drogas no teto da delegacia de Brumado; ao tentar fugir sofre grave acidente
19.Out.2017 - Compre o seu veículo na Taisan Auto e tenha sempre mais vantagens e melhores preços
19.Out.2017 - Representantes do SMTT esclarecem polêmica sobre sinalização em Brumado; placas estão sendo retiradas
eventos
08.09.2017
Desfile de 7 de Setembro em Brumado 2017
 
29.08.2017
Cavalgada de Barra da Estiva - A Top da Chapada
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções