publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Carlos em:
Grave acidente deixa uma vítima fatal em estrada vicinal de Malhada de Pedras
 
 
Ana paula em:
A caminho do Paraguai, Cézar Paulo 'Cézar de Lim', acusado da morte de Camarão acaba de ser preso
 
 
regiana em:
Mais uma pessoa morre após ficar três dias no Hospital de Brumado aguardando vaga numa UTI em Conquista
 
 
Marcos Andre em:
Torre da Oi cai e serviços de internet e telefonia ficam prejudicados em Aracatu
 
 
 
curta nossa fanpage
25.11.2016 - MALHADA DE PEDRAS
 
PF realiza operação contra fraude em transporte escolar cumpre mandados em Malhada de Pedras e outras cidades da Bahia
 
PF realiza operação contra fraude em transporte escolar cumpre mandados em Malhada de Pedras e outras cidades da Bahia
Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia
 
A suspeita de um esquema de desvio de recursos federais do transporte escolar no município de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, provoca o cumprimento de dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, oito conduções coercitivas, três medidas cautelares e 15 mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (25). A ação integra a Operação Vigilante, que é comandada pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal. Os mandados relativos ao suposto esquema em Vitória da Conquista são cumpridos em cinco municípios: Malhada de Pedras, Salvador, Alagoinhas, Itagibá e São José do Jacuípe. Conforme a CGU, investigações apontam que as pessoas que são alvos da operação estão envolvidas em um esquema de fraudes em licitação, que direcionava a contratação de empresas vinculadas a gestores municipais. Além disso, o órgão destaca a existência de superfaturamento por meio da adulteração de quilometragem de linhas percorridas e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar. Em alguns casos, a CGU aponta que a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida. A CGU afirma que o prejuízo estimado aos cofres públicos é R$ 3 milhões. Os envolvidos devem responder pelos crimes de responsabilidade, fraudes em licitação, organização criminosa, além de atos de improbidade.
 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
28.Jun.2017 - Promotor de Justiça será demitido após acusações de assédio sexual
28.Jun.2017 - Em vídeo, Rui Costa diz que inaugurará UTI de Brumado no mês de julho
28.Jun.2017 - Autores de mortes de pai e filho em Brumado são julgados e condenados; pena ultrapassa 50 anos
28.Jun.2017 - Rio do Antônio: Pacientes denunciam que unidade de fisioterapia estava de portas abertas, mas sem atendente e fisioterapeuta
28.Jun.2017 - Jovem guajeruense de 18 anos morre após colidir moto contra trem em Malhada de Pedras
27.Jun.2017 - Destaque na região, São João de Barra da Estiva atraiu grande público; na última noite bateu recorde
27.Jun.2017 - Brumado: Motociclista atropelado próximo a Lagoa Funda segue em coma induzido aguardando vaga em UTI
27.Jun.2017 - Acabou de chegar na Taisan Auto: Amarok SE 2.0 2014/2014 completa
27.Jun.2017 - Dos R$ 80.000,00 repassados pelo Bahiatursa, prefeitura de Brumado aplicará apenas R$52.000,00 nos festejos dos Olhos Dágua
27.Jun.2017 - UE multa Google em € 2,4 bilhões por abuso de poder econômico
eventos
30.05.2017
Transmissão de comando da 34ª CIPM
 
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções