publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
maria maria em:
Rui Costa anuncia concurso para Educação com 3,4 mil vagas
 
 
Nicolas em:
Prefeitura de Brumado emite comunicado de fechamento da casa estudantil em Conquista e universitários recorrem à câmara; veja o vídeo
 
 
Armindo José Nardes em:
Prefeito de Barra da Estiva reduz o próprio salário, os dos secretários e dos cargos comissionado para conter gastos
 
 
Pedro Miguel em:
Jovem guajeruense de 18 anos morre após colidir moto contra trem em Malhada de Pedras
 
 
 
curta nossa fanpage
25.11.2016 - MALHADA DE PEDRAS
 
PF realiza operação contra fraude em transporte escolar cumpre mandados em Malhada de Pedras e outras cidades da Bahia
 
PF realiza operação contra fraude em transporte escolar cumpre mandados em Malhada de Pedras e outras cidades da Bahia
Foto: Fabiano Neves / Destaquebahia
 
A suspeita de um esquema de desvio de recursos federais do transporte escolar no município de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, provoca o cumprimento de dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, oito conduções coercitivas, três medidas cautelares e 15 mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (25). A ação integra a Operação Vigilante, que é comandada pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal. Os mandados relativos ao suposto esquema em Vitória da Conquista são cumpridos em cinco municípios: Malhada de Pedras, Salvador, Alagoinhas, Itagibá e São José do Jacuípe. Conforme a CGU, investigações apontam que as pessoas que são alvos da operação estão envolvidas em um esquema de fraudes em licitação, que direcionava a contratação de empresas vinculadas a gestores municipais. Além disso, o órgão destaca a existência de superfaturamento por meio da adulteração de quilometragem de linhas percorridas e cobrança pela prestação de serviço de transporte, em dias sem atividade escolar. Em alguns casos, a CGU aponta que a quilometragem cobrada era mais do que o dobro da distância real percorrida. A CGU afirma que o prejuízo estimado aos cofres públicos é R$ 3 milhões. Os envolvidos devem responder pelos crimes de responsabilidade, fraudes em licitação, organização criminosa, além de atos de improbidade.
 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
23.Ago.2017 - Governo federal vai liberar saques de R$ 16 bilhões do PIS/Pasep para idosos
23.Ago.2017 - Criança é atacada e mordida por jumento na zona urbana de Guanambi
23.Ago.2017 - Vídeo: Projeto de Lia Teixeira que reduz em 15 dias o recesso dos vereadores em Brumado é aprovado; Zé Ribeiro se absteve
23.Ago.2017 - Van Escolar e Motocicleta se envolvem em acidente no Bairro Urbis 2 em Brumado
23.Ago.2017 - Ex-procuradora-geral da Venezuela viaja ao Brasil
23.Ago.2017 - Ex-ministro Geddel Vieira Lima vira réu por obstrução de Justiça
23.Ago.2017 - PF deflagra 45ª fase da Lava Jato; há mandados em Salvador, Brasília e Cotia
22.Ago.2017 - Guajeru: Prefeito Gil rocha cumpre agenda em Salvador em busca de melhorias para o município
22.Ago.2017 - Arquiteto de 30 anos é encontrado morto em casa na cidade de Vitória da Conquista
22.Ago.2017 - Na rodoviária: brumadense é presa em Caetité com drogas na bagagem do filho de 05 anos
eventos
31.07.2017
Aniversário de 55 anos de Rio do Antônio 2017
 
04.07.2017
São Pedro de Guajeru 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções