publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Bell em:
Veículo passa por cima de pé de transeunte na faixa de pedestre em Brumado
 
 
joaquim barbosa em:
Tiro e confusão em Maetinga após abordagem da polícia ao vereador Chicãozinho
 
 
Jose em:
Eduardo Vasconcelos diz que não contratará políticos para cargos em sua administração
 
 
Travessuras Avessas em:
Jovem morre vítima de disparo acidental na zona rural de Maetinguense
 
 
 
curta nossa fanpage
14.02.2017 - MUNDO
 
Assessor de Segurança Nacional dos EUA renuncia após conversas com a Rússia
 
Assessor de Segurança Nacional dos EUA renuncia após conversas com a Rússia
Foto: Reprodução / Al Jazeera
 

Após virem à tona conversas com a sede do governo russo, Michael Flynn, assessor de Segurança Nacional do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, renunciou ao cargo. "Infelizmente, pelo ritmo dos acontecimentos, informei inadvertidamente e de forma incompleta ao vice-presidente [Mike Pence] e a outros sobre minhas ligações com o embaixador russo [em Washington, Sergey Kislyak]", afirmou Flynn, em sua carta de renúncia. As conversas ocorreram antes da posse de Trump, que foi realizada no dia 20 de janeiro e foram interceptadas pelo FBI. Flynn tratou sobre as sanções impostas pelo ex-presidente Barack Obama contra o Kremlin pela suposta ingerência da Rússia nas eleições dos Estados Unidos, em novembro passado. Flynn mentiu para o vice-presidente e a outras autoridades sobre o conteúdo das ligações: ele disse que não tinha falado com Kislyak sobre as sanções e acabou fazendo Pence negar à imprensa que o contato foi feito. Na carta de renúncia, Flynn defendeu que as conversas "são uma prática comum em qualquer transição de tal magnitude", e que o objetivo era "facilitar uma transição suave e começar a construir uma relação necessária entre o presidente, seus assessores e líderes estrangeiros". Mesmo antes da sua nomeação, o assessor esteve envolto em polêmica, já que, durante a campanha eleitoral, ele divulgou notícias falsas publicadas em portais de extrema direita sobre supostos crimes cometidos pela concorrente de Trump, Hillary Clinton.

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
28.Abr.2017 - Greve Geral movimenta populares, sindicatos e diversas representatividades em Brumado
28.Abr.2017 - Paulo Afonso: Protesto contra governo federal fecha ponte que dá acesso à cidade
27.Abr.2017 - Juventude e Palmas de Monte Alto realizam jogo beneficente em prol da Caase em Brumado
27.Abr.2017 - Mulher mata marido que arrancou genitália do filho de 2 anos com mordida
27.Abr.2017 - CIPE/SUDOESTE E 34ª CIPM EM AÇÃO CONJUNTA APRENDE DROGAS E PRENDE SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS
27.Abr.2017 - Câmara aprova proposta de reforma trabalhista; texto segue para o Senado
27.Abr.2017 - Estudante de jornalismo brumadense retratará em TCC história da Capital do Minério
27.Abr.2017 - Brumado pode ser sobrecarregada com aumento de processos com desativação de comarcas da região
26.Abr.2017 - Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta
26.Abr.2017 - Prefeitura de Aracatu recolherá animais soltos nas ruas e proprietário só liberará o animal após pagamento de multa
eventos
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
04.01.2017
Inauguração da sede própria da Câmara de Guajeru
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções