publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Nicolas em:
Prefeitura de Brumado emite comunicado de fechamento da casa estudantil em Conquista e universitários recorrem à câmara; veja o vídeo
 
 
Armindo José Nardes em:
Prefeito de Barra da Estiva reduz o próprio salário, os dos secretários e dos cargos comissionado para conter gastos
 
 
Pedro Miguel em:
Jovem guajeruense de 18 anos morre após colidir moto contra trem em Malhada de Pedras
 
 
Carlos em:
Grave acidente deixa uma vítima fatal em estrada vicinal de Malhada de Pedras
 
 
 
curta nossa fanpage
19.05.2017 - POLÍTICA
 
Fina ironia: Maior processador de carne do mundo, Grupo JBS abate Temer e Aécio
 
Fina ironia: Maior processador de carne do mundo, Grupo JBS abate Temer e Aécio
Foto: Charge do Borega
 

O Grupo JBS, considerado um dos maiores produtores e processadores de carne do mundo, cometeu uma fina ironia com o Brasil nos últimos dois dias: abateu, com chances praticamente nulas de sobrevida, os caciques Michel Temer, do PMDB, e Aécio Neves, do PSDB. O impacto das gravações de Joesley Batista foi tão grande que Temer, ainda presidente da República, se viu obrigado a fazer um pronunciamento público de que não renunciaria ao posto. É uma espécie de mentira para si. A divulgação do áudio da conversa entre Joesley e Temer, no Palácio do Jaburu, confirma o que o presidente insiste em negar. Se Temer não deu aval para a mesada para o cala a boca de Eduardo Cunha, foi cúmplice do dono do Grupo JBS nas relações pouco ortodoxas com o poder. O presidente já perdeu ministros e partidos. E reza para não perder a cabeça. Já que o peemedebista ainda acredita sobreviver, não se pode falar o mesmo do senador afastado Aécio Neves. De 2014 para 2017, o tucano deixou de ser quase presidente da República para ser um quase preso. O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou o pedido para que Aécio fosse trancafiado. O mesmo não aconteceu com a irmã dele, Andrea Neves. Amanhecerá com o sol quadrado. Um interlocutor do ex-candidato ao Palácio do Planalto, flagrado recebendo recursos não lícitos do Grupo JBS, foi a isca perfeita para atrair Aécio para o abate. Caiu no grampo de Joesley tanto quanto Temer. E sepultou de vez as chances do grão-tucano seguir os passos do avô, Tancredo Neves. Os irmãos Batista agora, além de responsáveis por processar produtos de origem animal, são responsáveis por abater humanos. Ainda que politicamente.(Bahia Notícias)

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
20.Ago.2017 - ​FIB 2017: com 2º lote esgotado, ingressos têm novos valores
20.Ago.2017 - Bandido morre em confronto com Cipe Sudoeste em Barra da Estiva
18.Ago.2017 - Brumado: Polícias Civil e Militar agem rápido e recuperam motocicleta roubada
18.Ago.2017 - ​ Show do Rappa está confirmado no FIB 2017. Banda se apresenta mais cedo
18.Ago.2017 - Banco do Brasil atende solicitação do prefeito de Barra da Estiva e do presidente da Câmara e volta a ampliar o atendimento
18.Ago.2017 - Quatro suspeitos são presos com drogas em motel na cidade de Vitória da Conquista
18.Ago.2017 - Ao cumprir mandado de busca e apreensão, polícia de Brumado e Conquista acabam recuperando veículo e tv tomados de assalto em Tanhaçu
18.Ago.2017 - AGORA FICOU MUITO MAIS FÁCIL COMPRAR A SUA CHURRASQUEIRA, VASOS ORNAMENTAIS OU FOGÃO A LENHA COM FORNO
18.Ago.2017 - ‘Comida pouca, água de má qualidade e até sexo deve tá rolando’ dizem pais de alunos da escola de tempo integral do Idalina em Brumado
18.Ago.2017 - Polícia Federal cumpre 46 mandados em duas novas fases da Operação Lava Jato
eventos
31.07.2017
Aniversário de 55 anos de Rio do Antônio 2017
 
04.07.2017
São Pedro de Guajeru 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções