publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Pedro Miguel em:
Jovem guajeruense de 18 anos morre após colidir moto contra trem em Malhada de Pedras
 
 
Carlos em:
Grave acidente deixa uma vítima fatal em estrada vicinal de Malhada de Pedras
 
 
Ana paula em:
A caminho do Paraguai, Cézar Paulo 'Cézar de Lim', acusado da morte de Camarão acaba de ser preso
 
 
regiana em:
Mais uma pessoa morre após ficar três dias no Hospital de Brumado aguardando vaga numa UTI em Conquista
 
 
 
curta nossa fanpage
26.06.2017 - POLÍTICA
 
Moro condena Palocci a doze anos de prisão na Lava Jato
 
Moro condena Palocci a doze anos de prisão na Lava Jato
(Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)
 

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1ª instância, condenou, na manhã desta segunda-feira, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci Filho a doze anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A decisão foi proferida em um processo que envolve a atuação da Odebrecht junto a Petrobras, favorecida em troca de repasses de propina ao PT. A sentença também condenou o empresário Marcelo Odebrecht, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari, os marqueteiros João Santana e Mônica Moura, ex-diretores da Petrobras e ex-executivos do grupo Odebrecht.

Na sentença, Moro ressalta que Palocci foi considerado sem antecedentes, uma vez que ainda não foi condenado em outros processos a que é acusado. O juiz ressalta, no entanto, que deve ser considerado negativamente o fato dos valores desviados terem envolvido pagamentos de serviços em campanhas eleitorais. “A contaminação com recursos do crime do processo político democrático é o elemento mais reprovável do esquema criminoso da Petrobras”, escreveu na sentença o magistrado.

De acordo com as delações do grupo Odebrecht, que o juiz avalia terem sido corroboradas por provas, o ex-ministro interferiu nas decisões do governo federal em favor da empresa, em troca de recursos para as campanhas do PT. Seria ele o “Italiano”, codinome ao qual são associados repasses de valores nas planilhas encontradas pela Polícia Federal durante ações na empresa, nas casas e escritórios de executivos.

Nas suas alegações finais, Palocci negou as acusações e pediu a absolvição. Ele está preso preventivamente desde setembro de 2016 e continuará detido após a condenação, mesmo que recorra da decisão. O tempo cumprido agora será debitado da pena que lhe for imputada ao final do processo. O ex-ministro negocia acordo de delação premiada, com a expectativa de que possa comprometer ainda mais a situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), cujo processo entra agora no radar de Moro, uma vez que também já foram cumpridas todas as etapas processuais, faltando a sentença.(Veja.com)

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
23.Jul.2017 - CIPRRv Brumado/ TOR Prende indivíduos acusados de tentativa de estupro
23.Jul.2017 - Festival de Inverno Bahia tem novos preços a partir deste domingo, 23
22.Jul.2017 - Homem é encontrado morto com sinais de apedrejamento e parte do corpo queimado próximo a entrada de Umburanas, em Brumado
22.Jul.2017 - Menina de 4 anos morre em Guanambi após ser picada por escorpião em Sebastião Laranjeiras
21.Jul.2017 - Caso Noé Galvão: após 10 anos, ex-policial é preso e cumprirá pena em presídio de Vitória da Conquista
21.Jul.2017 - Prefeitos de Brumado, Malhada de Pedras e Aracatu assinam convênio com o TRE-BA
21.Jul.2017 - Acessibilidade na Alba torna-se realidade. Mais uma iniciativa de Luciano Ribeiro
21.Jul.2017 - Em Barra da Estiva prefeitura faz grande investimento para solucionar a crise hídrica
21.Jul.2017 - CARTÃO REFORMA DEVE BENEFICIAR MAIS DE DUZENTAS FAMÍLIAS EM GUANAMBI
21.Jul.2017 - Homem é detido em Brumado após dirigir embriagado, promover direção perigosa e ameaçar pessoas
eventos
04.07.2017
São Pedro de Guajeru 2017
 
30.05.2017
Transmissão de comando da 34ª CIPM
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções