publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Mano Barreto em:
A segunda edição do Encontro de Motociclistas de Brumado promete movimentar o município
 
 
Maria aparecida santos moreira em:
Kezinha Produções realizou Páscoa Solidária em Brumado
 
 
Bell em:
Veículo passa por cima de pé de transeunte na faixa de pedestre em Brumado
 
 
joaquim barbosa em:
Tiro e confusão em Maetinga após abordagem da polícia ao vereador Chicãozinho
 
 
 
curta nossa fanpage
02.09.2016 - REFLEXÃO
 
Justiça Federal no DF suspende "Lei do Farol Baixo"
 
Justiça Federal no DF suspende
Foto: Reprodução
 

A Justiça Federal no Distrito Federal decidiu hoje (2) suspender a Lei 13.290/2016, conhecida como “Lei do Farol Baixo”, que obrigava condutores de todo o país a acender o farol do veículo durante o dia em rodovias. Na decisão, o juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal em Brasília, entendeu que os condutores não podem ser penalizados pela falta de sinalização sobre a localização exata das rodovias. O juiz atendeu pedido liminar da Associação Nacional de Proteção Mútua aos Proprietários de Veículos Automotores (ADPVA). A associação citou o caso específico de Brasília, onde existem várias rodovias dentro do perímetro urbano. “Em cidades como Brasília, exemplificativamente, as ruas, avenidas, vias, estradas e rodovias penetram o perímetro urbano e se entrelaçam. Absolutamente impossível, mesmo para os que bem conhecem a capital da República, identificar quando começa uma via e termina uma rodovia estadual, de modo a se ter certeza quando exigível o farol acesso e quando dispensável", isse a entidade. 

A lei  foi sancionada pelo presidente interino Michel Temer no dia 24 de maio. A mudança teve origem em um projeto de lei apresentado pelo deputado federal Rubens Bueno (PPS-PR) e foi aprovada pelo Senado em abril.  A multa para quem descumprisse a regra, considerada infração média,  era de R$ 85,13, com a perda de quatro pontos na carteira de habilitação. O objetivo da medida foi aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), estudos indicam que a presença de luzes acesas reduz entre 5% e 10% o número de colisões entre veículos durante o dia.

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
25.Mai.2017 - Em encontro com governador, prefeita de Malhada de Pedras oficializa reivindicações
25.Mai.2017 - Prefeitura de Rio do Antônio divulga as atrações do São João de Ibitira
25.Mai.2017 - Brumadense fica no prejuízo de R$ 2.500,00 após anunciar venda de moto na internet
25.Mai.2017 - Ministério do Trabalho é evacuado após ameaça de bomba; PF está no local
25.Mai.2017 - Prefeitura de Rio do Antônio realizará audiência pública para prestar contas à população
25.Mai.2017 - Tricampeão! Bahia bate o Sport e volta a conquistar a Copa do Nordeste após 15 anos
25.Mai.2017 - ‘Ele escreveu que gritou muito, mas ninguém escutava’, diz mãe de espanhol que se perdeu na Chapada
25.Mai.2017 - MUDANÇAS: Major Jocevã deixará 34ª CIPM/Brumado para assumir o comando de Ipiaú
24.Mai.2017 - COMANDANTE GERAL DA POLÍCIA MILITAR VISITA A 34ª CIPM/ Brumado
24.Mai.2017 - Polícia recupera Smartphone roubado em posse de cigano em Aracatu
eventos
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
04.01.2017
Inauguração da sede própria da Câmara de Guajeru
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções