publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
ELISEU AURELIANO DA ROCHA em:
Um morre e outro fica gravemente ferido durante briga no município de Tanhaçu
 
 
Iana Lopes em:
Açougueiro vítima de acidente quando bandido empreendia fuga em Brumado, morre no hospital
 
 
Bernabe neto em:
Homem é morto pelo próprio sobrinho na zona rural de Aracatu; autor foi preso
 
 
José Silveira da Rocha em:
Governo do Estado publica edital de licitação para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Piabanha em Aracatu
 
 
 
curta nossa fanpage
09.05.2015 - RELIGIÃO
 
Feliciano pede abertura de inquérito contra queima de Bíblia
 
Feliciano pede abertura de inquérito contra queima de Bíblia
 
O deputado federal pastor Marco Feliciano (PSC-SP) se comprometeu a pedir a abertura de um inquérito para apurar a queima de um exemplar da Bíblia durante o 4º encontro de ateus da Universidade Federal do Acre (Ufac). Segundo jornais locais, um vocalista de uma banda queimou o Livro Sagrado dos cristãos como protesto e teve autorização do organizador do evento, o militante do PT Felipe Zanon que confirmou saber e autorizar a “performance” do músico. “Vou representar à Polícia Civil do Estado do Acre para que instaure Inquérito Policial para apurar responsabilidades e seus autores, para que fatos lamentáveis como esse não se repitam”, escreveu Feliciano em seu site e também em sua fanpage do Facebook. O deputado lembrou que a Constituição brasileira tem leis para punir que vilipendiar um símbolo religioso. Feliciano também questiona como um ato como esse pode acontecer em um espaço cultural como é a Ufac. Ele questionou ainda a fala de Zanon que autorizou o ato como liberdade de expressão ao cantor dizendo que “no dia em que um artista fosse censurado no palco, seu lugar de direito, seria melhor acabar com toda cultura e toda arte”. Sobre isso o deputado rebate: “Como pode um espaço cultural que é o de uma Universidade ser entregue a um boçal que faz tal afirmação se esquecendo que vilipendiar símbolo religioso é crime, portanto se sua teoria fosse aplicada de forma analógica, um artista no palco poderia cometer qualquer tipo de crime em nome de uma absurda ilimitada liberdade artística.” (Gospelprime)
 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
19.Nov.2017 - Dois acidentes envolvendo motocicletas deixam duas vítimas fatais em Brumado
19.Nov.2017 - Polícia apreende drogas na Urbis IV em Brumado; três pessoas foram presas
18.Nov.2017 - Aproveite o Black Friday da Taisan Auto e compre o seu veículo
18.Nov.2017 - Começou ontem (17) o pagamento do segundo lote do PIS/PASEP para idosos
17.Nov.2017 - Resultados de exames de laboratório apontam que bactérias presentes em fezes estavam em bolos servido por escola em Rio do Antônio; dezenas de crianças passaram mal
17.Nov.2017 - Adriano se oferece para jogar de graça no Flamengo em 2018
17.Nov.2017 - Preso há um ano, Cabral pode pegar pena de até três séculos em ações ajuizadas
17.Nov.2017 - Vídeo: Ourivesaria é assaltada no centro de Brumado e câmeras flagram a ação dos bandidos
17.Nov.2017 - Novo golpe no WhatsApp promete passagens aéreas para fim de ano
17.Nov.2017 - É o Tchan deixará de usar 'ordinárias' e 'inocentes' para identificar banheiros em ensaio
eventos
08.09.2017
Desfile de 7 de Setembro em Brumado 2017
 
29.08.2017
Cavalgada de Barra da Estiva - A Top da Chapada
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções