publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
regiana em:
Mais uma pessoa morre após ficar três dias no Hospital de Brumado aguardando vaga numa UTI em Conquista
 
 
Marcos Andre em:
Torre da Oi cai e serviços de internet e telefonia ficam prejudicados em Aracatu
 
 
Mano Barreto em:
A segunda edição do Encontro de Motociclistas de Brumado promete movimentar o município
 
 
Maria aparecida santos moreira em:
Kezinha Produções realizou Páscoa Solidária em Brumado
 
 
 
curta nossa fanpage
03.12.2015 - Tecnologia
 
Apple pagará indenização a homem que teve fotos de lua de mel apagadas
 
Apple pagará indenização a homem que teve fotos de lua de mel apagadas
 

Aposentado receberá £ 2 mil (R$ 11,4 mil), após lutar 12 meses na Justiça.
'Tendo lutado contra o câncer, eu não seria derrotado pela Apple', disse.


Um britânico de 68 anos foi à Justiça contra a Apple por ter as fotos de sua lua de mel apagadas por um funcionário da empresa sem o seu consentimento. Depois de 12 meses, o homem venceu a batalha contra a gigante, que terá de indenizá-lo, informou o jornal “Evening Standard”. “Tendo lutado contra o câncer, eu não seria derrotado pela Apple”, afirmou o aposentado Deric White, que mora em Londres.

Em dezembro de 2004, o pensionista levou seu iPhone a uma Apple Store. Ele só foi à loja depois de receber uma mensagem que informava haver um problema com o dispositivo. Após retirar o aparelho, White descobriu que os empregados da Apple haviam apagado todos os arquivos sem avisar. Isso incluía as imagens de sua lua de mel em Seychelles, realizadas naquele ano, de um safari na África e a de médicos que cuidaram dele por 10 meses durante o tratamento de um câncer de esôfago.
 

“Minha esposa foi reduzida a lágrimas quando eles limparam meu telefone. Todo mundo diz que isso aconteceu com eles ou com seus companheiros.”

Ele entrou com um processo contra a companhia. Nesta segunda (30), a Corte do Condado do Centro de Londres, deu ganho de causa à ele. Pedia indenização de £ 5 mil (R$ 28,5 mil), mas, o tribunal decidiu por baixar a compensação para £ 2 mil (R$ 11,4 mil).

“Não é muito dinheiro o que eu gahei, mas é uma vitória moral”, afirmou ao jornal. O aposentado não foi representado por nenhum advogado. Ele mesmo enfrentou o time jurídico da empresa. “Apple é um enorme conglomerado e todo mundo diz que você não pode vencê-la, eles dizem que você não pode bater a Apple”, disse.

“Eu fiz isso pelo homem comum. Eu diria a qualquer um que tenha um atrito com a Apple: não deixe que eles decidam sobre você e o ignorem.”

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
24.Jun.2017 - Quina de São João tem 12 apostas ganhadoras: cada uma leva R$ 11,6 milhões
24.Jun.2017 - São João de Barra da Estiva é marcado por vários fatores positivos que têm surpreendido o público
23.Jun.2017 - Com Temer, chanceler da Noruega cita Lava Jato e pede 'limpeza'
23.Jun.2017 - EUA se preparam para raro eclipse total do Sol
23.Jun.2017 - São João de Ituaçu tem reforço na segurança; Polícia Militar e Civil garantirão a paz durante os festejos
23.Jun.2017 - Polícia Civil prende homem com dinheiro falso e cocaína em Brumado
23.Jun.2017 - A tradição continua: São Pedro de Aracatu tem atrações confirmadas; confira a programação
22.Jun.2017 - Sete alunos de Medicina, Direito e Odontologia são expulsos de universidade por fraude em cotas quilombolas
22.Jun.2017 - A caminho do Paraguai, Cézar Paulo 'Cézar de Lim', acusado da morte de Camarão acaba de ser preso
22.Jun.2017 - Polícia elucida os dois últimos homicídios ocorridos em Brumado; Empresário César Paulo está foragido
eventos
30.05.2017
Transmissão de comando da 34ª CIPM
 
23.01.2017
Oggi Ciclo Tour 2017
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções