publicidade
 
publicidade
 
publicidade
 
comentários
Bernabe neto em:
Homem é morto pelo próprio sobrinho na zona rural de Aracatu; autor foi preso
 
 
José Silveira da Rocha em:
Governo do Estado publica edital de licitação para implantação do Sistema de Abastecimento de Água de Piabanha em Aracatu
 
 
Aliane Aguiar em:
Homem é preso com 9 kg de maconha em Guanambi, no Bairro Beija Flor II
 
 
Leandro Vieira de Andrade santos em:
GUANAMBI: CÂMARA APROVA CRIAÇÃO DE GUARDA CIVIL ARMADA
 
 
 
curta nossa fanpage
03.12.2015 - Tecnologia
 
Apple pagará indenização a homem que teve fotos de lua de mel apagadas
 
Apple pagará indenização a homem que teve fotos de lua de mel apagadas
 

Aposentado receberá £ 2 mil (R$ 11,4 mil), após lutar 12 meses na Justiça.
'Tendo lutado contra o câncer, eu não seria derrotado pela Apple', disse.


Um britânico de 68 anos foi à Justiça contra a Apple por ter as fotos de sua lua de mel apagadas por um funcionário da empresa sem o seu consentimento. Depois de 12 meses, o homem venceu a batalha contra a gigante, que terá de indenizá-lo, informou o jornal “Evening Standard”. “Tendo lutado contra o câncer, eu não seria derrotado pela Apple”, afirmou o aposentado Deric White, que mora em Londres.

Em dezembro de 2004, o pensionista levou seu iPhone a uma Apple Store. Ele só foi à loja depois de receber uma mensagem que informava haver um problema com o dispositivo. Após retirar o aparelho, White descobriu que os empregados da Apple haviam apagado todos os arquivos sem avisar. Isso incluía as imagens de sua lua de mel em Seychelles, realizadas naquele ano, de um safari na África e a de médicos que cuidaram dele por 10 meses durante o tratamento de um câncer de esôfago.
 

“Minha esposa foi reduzida a lágrimas quando eles limparam meu telefone. Todo mundo diz que isso aconteceu com eles ou com seus companheiros.”

Ele entrou com um processo contra a companhia. Nesta segunda (30), a Corte do Condado do Centro de Londres, deu ganho de causa à ele. Pedia indenização de £ 5 mil (R$ 28,5 mil), mas, o tribunal decidiu por baixar a compensação para £ 2 mil (R$ 11,4 mil).

“Não é muito dinheiro o que eu gahei, mas é uma vitória moral”, afirmou ao jornal. O aposentado não foi representado por nenhum advogado. Ele mesmo enfrentou o time jurídico da empresa. “Apple é um enorme conglomerado e todo mundo diz que você não pode vencê-la, eles dizem que você não pode bater a Apple”, disse.

“Eu fiz isso pelo homem comum. Eu diria a qualquer um que tenha um atrito com a Apple: não deixe que eles decidam sobre você e o ignorem.”

 
 
     
     
 
comentários
 

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.

 
  Escrever comentário:
 
Nome:
 
E-mail (não será divulgado):
 
 Mensagem:
 
Voltar
 
outras notícias
 
20.Out.2017 - Homem é preso por ameaçar atear fogo em outra creche em Janaúba
19.Out.2017 - Estudante de enfermagem é presa com munições com poder de fogo para derrubar aeronave e danificar carros-fortes; com ela, drogas também foram apreendidas
19.Out.2017 - Indivíduo é surpreendido no momento em que jogava drogas no teto da delegacia de Brumado; ao tentar fugir sofre grave acidente
19.Out.2017 - Compre o seu veículo na Taisan Auto e tenha sempre mais vantagens e melhores preços
19.Out.2017 - Representantes do SMTT esclarecem polêmica sobre sinalização em Brumado; placas estão sendo retiradas
19.Out.2017 - Moradores reclamam da desativação de fonte em Praça principal de Brumado
19.Out.2017 - Ibicoara: Polícia descobre plantação de maconha na Zona Rural; três pessoas foram detidas
19.Out.2017 - Homem morre após ser atingido por pedra em pedreira de Caturama
19.Out.2017 - Trânsito Confuso, conflito interno; SMTT continua em crise em Brumado
19.Out.2017 - Brasília fede, mas há algo de podre também no Dique do Tororó
eventos
08.09.2017
Desfile de 7 de Setembro em Brumado 2017
 
29.08.2017
Cavalgada de Barra da Estiva - A Top da Chapada
 
 
publicidade
 
publicidade
 
Entre Gospel Destaque Bahia © 2017 - Todos os direitos reservados. Hospedagem e Desenvolvimento: HD Soluções