• PRF atende passageira ferida com arma de fogo e descobre que ela é foragida da justiça

    Foto: Divulgação PRF-BA

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na tarde de sexta-feira (23), uma foragida da justiça que possuía mandado de prisão em aberto pelo cometimento do crime de homicídio praticado na cidade de Planalto, no sudoeste da Bahia. Equipe fiscalizava em frente a unidade policial da PRF, em Jequié (Km 677 da BR 116), quando abordou um veículo VW/Novo Gol, com 03 ocupantes. Foram solicitados os documentos do veículo, do motorista e das passageiras. Na entrevista, os agentes perceberam informações desencontradas e todos os ocupantes apresentavam nervosismo e desconforto com a ação policial. Em consulta ao banco de dados e sistemas policiais utilizados pela PRF, foi constatado que a passageira de 20 anos, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime de homicídio, delito previsto no art. 121 do Código Penal. O mandado de prisão foi expedido pela Comarca de Planalto, referente a um crime praticado em 02/07/2020. Os policiais notaram que a mulher apresentava ferimentos no corpo condizentes a perfurações de arma de fogo. Inicialmente, ela relatou que as lesões foram decorrentes de um acidente de moto, porém, depois confessou que ‘sofreu’ uma tentativa de homicídio ocorrido há dois dias. Prontamente, a equipe encaminhou a mulher para atendimento médico no Hospital Prado Valadares que foi atendida e medicada por profissionais da saúde. O motorista informou que foi contratado pela outra passageira para realizar uma ‘corrida’ até a cidade de Iguaí a fim de resgatar a irmã dela que estava ferida e escondida. Disse ainda que cobrou 400 reais pelo serviço. Após alta médica, a foragida e os demais envolvidos na ocorrência foram apresentados à autoridade competente da Delegacia de Polícia Civil local, para as providências cabíveis.