• PRF frustra ações criminosas especializadas em fraudes veiculares no sudoeste baiano

    Foto: Divulgação /PRF-BA

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em trabalho conjunto com 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (4ª CIPM/BA), seguem combatendo os crimes relacionados a adulteração, a clonagem, a receptação, o roubo e demais ilícitos de fraudes veiculares. Atento a esta situação, a PRF desencadeou a Operação KAPRO I que contou com equipes de agentes federais e policiais militares. As atividades de fiscalização aconteceram, na terça-feira (29), em trechos dos municípios de Jequié, Apuarema e Jitaúna, localizados no sudoeste baiano. Ao todo, foram recuperadas 02 (duas) motocicletas e 02 (dois) automóveis. Nas diligências e nas abordagens, foram constatados os crimes de receptação (art. 180), uso documento falso (art.304) e adulteração sinal identificador de veículo automotor (art. 311), todos do Código Penal. No crime de adulteração, os criminosos trocam a identificação do veículo e seus documentos para que pareça ser um veículo regular, também conhecida como clonagem. Nesta modalidade o veículo recebe placas de outro veículo idêntico e o proprietário desse veículo, que se encontra em situação regular, torna-se a segunda vítima dos criminosos, pois passa muitas vezes, a receber multas de trânsito por infrações relacionadas ao veículo clonado. Esses veículos são vendidos bem abaixo do valor de mercado e são oferecidos em redes sociais da internet, multiplicando o lucro da associação e tornando rentável o negócio, alimentada pelo comércio ilegal desses veículos clonados.